Publicidade

Publicidade
04/08/2010 - 00:02

"Who Killed Captain Alex?", a primeira produção cinematográfica… de Uganda

Compartilhe: Twitter

Segundo dizem, o vídeo abaixo mostra o trailer do filme “Who Killed Captain Alex?”, produção feita na Uganda. Repleto de lutas e efeitos especiais bizarros, dá a impressão que os cineastas de lá andaram vendo filmes demais de Bollywood.

Siga o Twitter do Buteco, para mais curiosidades. Clique aqui.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

10 comentários para “"Who Killed Captain Alex?", a primeira produção cinematográfica… de Uganda”

  1. Rocash says:

    Isso merece um oscar !!

  2. polinha says:

    sem graca e annoyed!

  3. joao says:

    uhauahuahuahauhuahuahauha
    as melhores cenas são as do helicoptero!
    Isso merece um oscar !![2]

  4. jaru says:

    Muito bacana, falem mal quem quiser…o cara tem coragem…e tempo…e a produção??? até arma arrumaram….mas ele nao conhece o site do Andrew Kramer senão sairia bem melhor usando os AEP que tem lá….é só procurar PROJETO DE FILME DE GUERRA..baixe aqui.

  5. […] This post was mentioned on Twitter by Humberto-O Buteco, Josiely Marchioli, Daniel Amorim, Poteusso, Cristina and others. Cristina said: RT @obuteco: Vc achava que só os indianos faziam filmes BIZARROS? Então veja isso: http://migre.me/12aLC […]

  6. Duvida says:

    Como será que eles gravam as cenas a noite?

  7. Atoa says:

    Sem duvida um dos melhores filmes de ação que já vi em minha vida! Espero que os produtores de Hollywood aprendam alguma coisa com quem realmente entende de filmes!!

  8. Michel says:

    Isso é serio ?

  9. fernando says:

    lalalalalala…….ACTION!!!!

  10. Carolina says:

    Mistura de Bollywood+Vietnã+Favela da Rocinha+Um bêbado com uma câmera na mão dá nisso!
    Aliás, alguém entendeu alguma coisa da história? O quê aquela pessoa com voz de menininha tava falando?

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo