Publicidade

Publicidade
14/02/2011 - 01:02

Vídeo mostra inusitado embarque de passageiros em trem de Myanmar

Compartilhe: Twitter

Myanmar é um país asiático, considerado um mais pobres do Sudeste da Ásia, que sofre há décadas de estagnação econômica, má administração e isolamento. Talvez por este motivo, os habitantes de lá estejam habituados a passar por situações inusitadas, como por exemplo, um simples embarque em um trem.

Certamente você lembrará deste vídeo na próxima vez que pegar o metrô.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, impressionante, Inusitadas Tags: , , ,

Ver todas as notas

9 comentários para “Vídeo mostra inusitado embarque de passageiros em trem de Myanmar”

  1. Pedro says:

    Caramba… imagina se escorrega e cai de baixo desse negócio aí…

  2. Luiz says:

    Nota 10 em acessibilidade!
    Nota 10 em conforto para os passageiros!

    Só ficou uma dúvida: será que ali é realmente uma estação de trem, ou eles entraram de penetra?
    Não vi ninguém descendo, e só eles entrando.

    Outra possibilidade é que o trem já estava saindo, e eles estavam atrasados.

    • Ace Dick says:

      Um carinha que mora la comento no video que o trem não para naquele lugar.
      Eles estavam com o espirito brasileiro, mesmo.

  3. Marciel Leite says:

    “LARGA ESSE TRASTE E VEM MYANMAR.”

  4. BIG BENGA says:

    Ditado famoso “Pobre é uma merda”

  5. professor pija. says:

    Chauu Ronaaallldooooooooooooooooo …JÁ era foi abraço.

  6. […] This post was mentioned on Twitter by eder werneck, Sócrates Gonçalves . Sócrates Gonçalves said: Vídeo mostra inusitado embarque de passageiros em trem de Myanmar http://t.co/nZNsxvp via @ig […]

  7. WELLINGTON says:

    EU TIVE A OPURTUNIDADE DE CONHECER UMAS PESSOAS DE MYANMAR …E UMA COISA EU DIGO ELES SÃO BEM SIMPÁTICOS ,BEM HUMILDES …TEM UM CORAÇÃO GRANDE.

  8. DenPeter says:

    No começo achei que o cara estava despachando a sogra.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo