Publicidade

Publicidade
15/02/2011 - 10:57

Garotos quebram banheira de casa e pai obriga-os a colocar seus brinquedos à venda na internet

Compartilhe: Twitter

A foto que ilustra este post é no mínimo curiosa. Ela foi postada no site de leilões eBay no início deste mês, ilustrando a venda de alguns brinquedos.

Mas, o que realmente chama atenção, são as duas crianças nela. De acordo com a descrição do anúncio, o usuário explica que seus dois filhos tinham destruído a banheira da casa brincando nela. Como forma de punição, ele obrigou-os a vender os brinquedos para ajudar a pagar os danos. Na imagem, o filho mais velho parece estar chorando ao lado do irmão que segura um saco plástico com alguns brinquedos.

Tão rápido quanto a velocidade da luz, o anúncio tornou-se popular na internet e vários lances bizarros começaram a ser oferecidos. No dia 6 de fevereiro, alguém removeu o anúncio do leilão.

Enquanto isso, o site americano Know Your Meme investiga a história para saber se é real ou alguma brincadeira.

Via Brogui

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , , , ,

Ver todas as notas

65 comentários para “Garotos quebram banheira de casa e pai obriga-os a colocar seus brinquedos à venda na internet”

  1. douglas da rurgs says:

    o pai deveria vender os filhos, na internet. riariairairairia

  2. CJ says:

    Gostei da atitude do pai!
    Deste modo, além de punir os filhos pelas travessuras, ainda ensina que as coisas tem preço e custam caro, e que você tem que pagar pelo o que fez, ou trabalhando (que no caso fica dificil para as crianças) ou vendendo o que tem.
    Quando tiver meus filhos vou fazer isto.

  3. Champz says:

    Deveria dar umas boas cintadas neles

  4. […] This post was mentioned on Twitter by Humberto-O Buteco, Diego Della Senta, Blogopolis, Jovem Noticias, Bianca Angelo and others. Bianca Angelo said: Tá certo! RT @oButeco Garotos quebram banheira de casa e pai obriga-os a colocar seus brinquedos à venda na internet http://migre.me/3SGCt […]

  5. ops says:

    FFUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

  6. Ruan says:

    AAAHHHHH se fosse no Brasil. Com certeza o Ministério Público já teria retirado o anúncio, processado e prendido o pai por maus tratos.

    • Cunha says:

      Que maus tratos? As crianças devem, desde cedo, assumirem as responsabilidades por seus atos.

      • Guilherme says:

        Que maus tratos? nada de maus tratos, mas achei desnecessária a exposição das crianças num site de vendas.

        • Helena says:

          Entendo a opinião dele, afinal já defendi um pai que foi processado por exercício arbitrário das próprias razões só porque fez o filho dele limpar um muro que tinha pichado.

          Cabeça de juiz e bunda de bebê você não sabe o que sai, quado sai, qual a consistência e grau de incomôdo.

  7. Rodrigo says:

    HAHAHAHAH Da hora!!!

    AAAHHHHH se fosse no Brasil. Com certeza o Ministério Público já teria retirado o anúncio, processado e prendido o pai por maus tratos (2)

  8. Zezão says:

    Pode parecer fake, mas sei que existem pais que não passam a mão na cabeça das crianças na hora da cagada.

    Pelo menos eles não vão crescer para serem adolescentes mimados.

  9. BocsLuks says:

    assahsauhauhsa uma vez isso aconteceu comigo 🙁 mto tenso, chorei > pulei no chão > bati a cabeça > COMA… ae entra lá no meu blog? http://bloguedooitavao.blogspot.com

  10. Ace Dick says:

    Me pergunto se usar a internet para castigar filhos vai virar moda.

  11. DenPeter says:

    Vai vender por 69, é isso? Pais tarados.

  12. Brunão says:

    o moleque que ta segurando os brinquedos vai virar assasino quando crescer, kkkkkkkkkkkkkk

  13. marcia says:

    Eu não chorei, e aí?

  14. Antonio Nunes says:

    Gostei muito da atitude,
    minha namorada está grávida e acho que vou vender a criança no Mercado Livre.

  15. Jaca Paladino says:

    Se esse pai destruisse a banheira enquanto transava com a secretaria, queria ver se ia ter coragem de cortar e vender a jeba.

  16. william haddad says:

    vendia os brinquedos e pendurava os mlks pelo dedões das mãos

  17. Clap, clap, clap!

    Isso é EDUCAÇÃO, senhores. É assim que se formam cidadãos.

    Pena que tão poucos pais seguem o exemplo.

    • henrique says:

      q poha de exemplo q esse jumento ta dando???
      se isso é exemplo outro pais piores vao logo vender a cama do garoto pra pagar um vaso de planta!!!

  18. Stella Porto says:

    Bombástico!! Adorei!! Deveria ter colocado os filhos à venda!! Fala sério!! Criança só serve pra fazer M e atrapalhar a vida e a carreira da gente!! Só engodo!! Vila Velha – ES.

    • Eu disse!!! says:

      Nunca foi criança babaca? Vc deve ser uma daquelas rejeitadas que nem os pais gostavam ou é uma “seca” que não pode ter filhos. Os filhos realmente devem ser corrigidos, mas daí falar que só vem pra atrapalhar tá forçando a barra. Faça uma terapia para acabar com sua frustração!!!

  19. henrique says:

    po vender os brinkedos deles eu axei meio pesado
    pelo menos deixar de castigo, ou otra coisa

  20. henrique says:

    e que poha de exemplo o pai ta dando!!!!!!?????

  21. fer says:

    é cada uma né…hoje em dia educar e disciplinarr os filhos virou crime….

    • Sorvete de Chuchu says:

      O crime é expor as crianças. Corrigir é uma coisa, expor as crianças ao mundo é outra, bem diferente. É humilhante. Tenho um filho pequeno e me doeu o coração ver essa foto. Eu o corrijo, já esquentei o traseiro dele algumas vezes. Mas não o fiz com exagero. Meus pais diziam que se criança tem bumbum pra levar palmada mesmo. O que o idiota do pai desses garotos fez foi tortura psicológica, eles jamais vão esquecer essa palhaçada. Criança se traumatiza com isso. E não é assim que se corrije. Isso é judiar.

      • João e o Pé de Feijão says:

        Vc pratica tortura física e vai falar do queijo alheio?
        Você chama essa foto de palhaçada e eu chamo a sua palmada de palhaçada.
        Hipocrisia, a gente vê por aqui.

        • =) says:

          Tá bom João… educa seu filho conversando com ele como um terapeuta… se ele for um capeta, tu morre de tanto falar, e nao vai dar resultado. Vai por mim.

  22. Fabricio says:

    Se eu tivesse que vender meus brinquedos cada vez que eu aprontava, hoje teria que vender meu carro.

  23. Rubens says:

    Parabéns a este Pai.
    Mostrou aos filhos que somos responsáveis por nossos atos, pois é de menino que se torce o pepino, como diria me avô.
    Crescer sem limites e criar adultos sem respeito ao próximo.

  24. Deise Gomes says:

    Ai Gente! Cortou meu coração! Nem tanto pelo garoto que está chorando, mas pela carinha do outro…

  25. Bruno says:

    UHAUHUAHHUAHUAHUUHA

  26. leandro says:

    marketing

  27. wal says:

    Eu acho q não tem nada demais… apenas uma correção inusitada e ao contrário do que muita gente pensa, tem castigos q traumatizam bem mais… dá até pra scaniar a página e rir quando eles crescerem…

  28. flames says:

    aueheau a cara do q esta segurando é impagável!!!! mas concordo com o/a “sorvete de chuchu”

  29. amanda says:

    não tenha filhos.

  30. Amanda says:

    Não acho nada demais…. Acho q é uma forma de mostra desde pequeno que nossos atos sempre têm consequênciass…

  31. Bruno says:

    Deixem de frescura!! Quem comprou a merda dos brinquedos fora os pais, eles julgam o que devem fazer com eles!! Os que criticam devem ser um bando de filinho de papai, que mamãe passava a mão na cabeça pra tudo que fazia de errado. Falta de limites é o que leva jovens de hoje a achar que podem fazer o que quiser, como espancar gays, mendigos, beber e dirigir embriagado, etc. Se tivessem levado umas boas palmadas ou aprendido desde pequenos que somos responsáveis pelos nossos atos o mundo seria bem melhor!! E tenho dito!!!!

  32. Biscoito says:

    Sorvete de Chuchu….
    Se criança tem bumbum pra levar palmada………
    e os adultos tem o q??????bumbum pra que???????pra ficar.rebolando por aí???com calças e saias justas??????acho que vc deveria apanhar…..na verdade acho certo…..nao expor os filhos desse jeito…mas dar castigos pra que fiquem arrependidos , nao adianta bater logo esquece….entao aprenda a se mae depois vir falar merda no site……

  33. Biscoito says:

    nada mais justo do que “pagarem” pelo que foi qubrado…assim aprendem a lição……que toda vez que quebrarem algo ou estragarem vão ter que dar aquilo que ganharam,e da peoxima vez terao cuidado……

  34. EU MESMO says:

    Que se dane….ninguem é meu parente mesmo!!!! =P

  35. Kami says:

    Ah gente vamo combina que a foto é priceless!
    Deu dó rsss tadinhos

  36. Fer says:

    Bem feito pirralhada folgada!

  37. João Silva says:

    a foto em si não deixa de ser um belo apelo !!!

  38. says:

    se fosse filho meu, faria cola a banheira com super bonder
    aushauhsauhsahaasu

  39. cai otomazoni says:

    meldels
    acho q o cara tá certo mermo!!
    só devia ter passado um borrao na cara dos meninos, nao precisa expor assim a imagem deles.
    quanto a fazer vender os brinquedos que usaram pra destruir a banheira, TA MAIS DO QUE CERTO!

    outra coisa,
    educar uma criança é pior q educar um cachorro.
    pq elas ainda pensam q estão certas.
    se tu não mostrar quem manda, quem manda são elas.
    e o unico jeito é com palmadas sim.
    mas nao “tortura”.
    tortura é fazer tudo q o filho quer e mimá-lo a certo ponto que ele não saiba distinguir o real valor das coisas!
    mais facil precisar de terapeuta por nao levar palmadas do q por levar. eu mesmo levei muitas qd era pequeno. é só saber dosar!
    lembrem-se: dói, um tapinha não dói, um tapinha não dói huashuee

  40. Binho Silva says:

    Num mundo politicamente correto no qual dar uma palmada na bunda de uma criança é crime, nada melhor do que achar outros meios de disciplinar.

    Em outros tempos, bem além de meu nascimento, levaria-se uma surra com vara de bambu (sim nosso pais e avós ganhavam isso para disciplinar) e alguns dias sem poder brincar. Além de ocupar-se com afazeres em casa + comportamento impecavel, caso contrário, possivelmente, levaria-se mais algumas palmadas para mostrar quem mandava em casa.

    Então, caros amigos, não critiquem a atitude do tal pai. Ele achou um meio, não matou, não torturou, fez algo psicologicamente aplicável, como lição, nos tempos atuais. Sem falar que não houve dano físico, apenas emocional. Mas quem não teve um ou dois dias de castigo, que levante a mão. Por duvido que tenha havido alguém assim, a não ser filhos de pais ausentes. Isso sim é um trauma psicologico passível de terapia. Aliás, hoje em dia, nesse mundo “perfeito” que queremos chegar, onde não existe racismo, discriminação, maldade, mortes crueis, filhos matando pais cada dia mais, pais entregando seus filhos em delegacias etc… isso sim seria um crime! abs.

    “com meu filhinho eu nao faço isso” bla bla bla… até ele te vender pra comprar drogas… ¬¬”

  41. Augusto Luiz says:

    Uma forma bizarra, ridícula de se educar. Se queria educar, inúmeras maneiras para isso eram possíveis, não maltratar, expor e lesionar a imagem e o psicológico das crianças com uma ação tão estúpida. Lamentável!

    • Marcelo Araujo says:

      Esse Sr. Augusto pelo jeito, é a favor de progressão continuada nas escolas, do aumento da maioridade penal para 30 anos (sic), e de ofertar a outra face…Ô ‘menina’, acorda! Chega de conivência e ficar passando a mão na cabeça. Ninguem ‘morre’ com um corretivo não. Se tiver um tempinho, e curso superior, vá dar aulas numa escola pública como prof. eventual e descubra as ‘flores’ que são as crianças hoje em dia.

  42. Camillo says:

    Bem, pra muita gente que não sabe, aqui fora se você tocar no seu filho (palmadinhas educativas) e o seu filho reclamar pra um outro adulto ou ele mesmo prestar uma queixa (e olha que os pirralhos o fazem MEEESMO) vc além de pagar pelo crime pode perder a guarda dos filho.

    Só que como comentaram por aí: “Se seu filho for um capetinha…” Eu sou 100% a favor das palmadas. Cresci assim e hoje não sou nenhum adulto fora de controle ou traumatizado e muito menos psicopata. Vejo os adolescentes aqui no Canadá e um monte deles é alienado, cheio de direitos, boçais, sem limites pelo simples fato de que quando eram crianças eram INTOCÁVEIS e cresçeram como bem queriam.

    Acho que a atitude do pai desses dois aí vai fazer com que eles pensem muito bem antes de fazer alguma outra besteira. Ele não bateu, mas serviu de exemplo pra que pensem bem antes de aprontar novamente.

  43. Débora says:

    AHUHAUHUA tá certo, faria o mesmo. Isso que é pai, ao contrário de uns que deixam os filhos fazerem o que quer. Pelo menos as crianças vão entender desde novas que todos seus atos tem consequências e as responsabilidades tem que ser assumidas.

  44. Caio says:

    Camillo, sorte tua que não ficou traumatizado, de tanto eu levar surras e ser humilhado, hoje eu sou um psicopata, jurei que ia matar ele, mas antes de matar ele eu quero humilha lo, e depois dar um tiro de 38 bem na boca dele. E se mais alguém que eu conheço tentar me humilhar eu não terei outra alternativa a não ser mata-lo.

  45. celsocascavel says:

    Esperar o que de AMERICANO, eles ñ tem coração prá nada! CD.´.

  46. Ronaldo says:

    Caio, vc deve ser gay… no mínimo(Por ser exagerado e aparecido).
    O que o Camillo disse foi que ele levou palmadas educativas, e não que ele foi humilhado pelo pai dele. Vai se tratar seu trouxa!!

  47. Leandro BS says:

    Uma lição perfeita de causa e consequência… tudo na vida tem um preço.
    Uns dias atrás um rapaz de 22 anos bateu no meu carro estacionado, é vizinho da minha avó, R$ 2.000,00 de prejuizo… disse que simplesmente não iria pagar. Pra manter a integridade física do filhinho (porque eu ia arrancar todos os dentes do moleque na porrada), o pais dele está me pagando. Eu não acho certo, mas não sou eu que devo pagar pela falta de princípios do garoto, se alguém tem que pagar, que seja aquele que não soube educar.

  48. Josue says:

    algusto luiz ummmmmmm boiola

  49. ricardo says:

    Reforço positivo nunca vai mal… Sou contra palmada. Na realidade violência física não é educativo. O que é educativo é o esclarecimento realista que os adultos tentam tirar das crianças. Professores de escola pública no Brasil estão em péssima situação. Claro que a culpa não é das crianças que que o ensino vá mal. Acordem pessoal, essa medida educativa foi muito boa, não maculou em nada o psicológico desses dois irmãos, mas mostrou uma lição sobre educação financeira importante. Patrimônio não vem de graça. É bom sentir quanto custa as coisas para no futuro serem responsáveis com o recurso suado.
    Quem fala em palmada é violento e não deveria ter filhos. Se nossa geração levou palmada não quer dizer que a próxima tenha que levar só por que “deu tudo certo”. Na verdade não adiantou nada e só criou sentimentos violentos reprimidos em cada um de nós, a ponto de aplaudirmos coisas como “filmes de ação”.

  50. mary says:

    tá certissimo esse pai porq desde pequeno q se aprende a ter responsabilidade

  51. Antonella Dias says:

    HUAUAHUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHA

    ESSA FOTO NÃO TEM PREÇO! AHUAHUAHUAH

  52. infiltrado says:

    se este pai tivesse feito isso, com certeza o seu pai agiria de forma mais racional.Não se vulgariza filhos desta forma o cara?//////

  53. Marcos says:

    Criança é tudo DEMONIO só com punição pra aprender mesmo

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo