Publicidade

Publicidade
01/07/2011 - 00:03

Criador de cobras venenosas, que afirmava que nunca seria atacado, acabou morrendo após ser picado por uma delas

Compartilhe: Twitter

Um famoso criador de cobra morreu após ser picado por uma de suas 24 cobras-rei.

O inglês Luke Yeomans, de 46 anos, teve um ataque cardíaco quando foi mordido enquanto realizava manutenção na gaiola de vidro da cobra. Ele foi encontrado desacordado por sua esposa e não teve chance de ser atendido.

Curiosamente, exatamente um ano antes da sua morte, ele havia escrito um artigo em seu site explicando como sobreviver a uma picada de cobra.

Entretanto, parece que ele não teve tempo de colocar os ensinamentos em prática. Uma fonte ligada à família disse que Yeomans morreu apenas seis minutos depois de ser mordido. Normalmente, o veneno leva até 30 minutos para matar um adulto.

A vítima começa a sentir tonturas, desmaia e depois de cinco a dez minutos fica com a face paralisada e tem sua capacidade de respiração afetada.

Vários vídeos de Yeomans podem ser encontrados no Youtube. Normalmente ele manipulava as serpentes com as mãos nuas e costumava tirar fotos beijando suas cobras.

Segundo o Daily Mail, um especialista em répteis que não quis ser identificado, afirmou que Yeomans teve uma atitude “arrogante”, dizendo: “Se você lida com serpentes com as mãos nuas, com o tempo elas aprenderão que não são uma ameaça. No meu entendimento ele tinha recebido uma cobra nova. Pode ser que esta cobra nova não tenha reconhecido sua abordagem e acabou mordendo“.

Parece que Yeomans realmente confiava muito nos animais. Numa entrevista à BBC poucos dias atrás, ele revelou sua confiança nas cobras e recordou que havia sido mordido.

Estas cobras-rei sabem que eu forneço-lhes comida e água fresca.

Depois de ser mordido uma vez, no caminho para o hospital eu liguei para a escola de medicina e falei com os especialistas em anti-veneno. Então, quando saí do carro perdi completamente minhas pernas; caí para fora do carro, mas felizmente havia duas enfermeiras me esperando com o anti-veneno e me tranquilizaram.

As pessoas dizem que sou louco, mas é melhor do que as pessoas dizerem que sou mau, e eu acho que tudo isso que eu faço é bom. Minha vida é para a conservação das cobras-rei. Nossa colônia de criação é uma rede de segurança no caso de a cobra-rei ser extinta“, finalizou.

Só para você ter uma ideia do perigo de uma cobra-rei, quando elas mordem os 7 ml de veneno liberado são suficientes para matar 20 pessoas – ou até mesmo um elefante.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, fail, impressionante Tags: , , , , , ,

Ver todas as notas

26 comentários para “Criador de cobras venenosas, que afirmava que nunca seria atacado, acabou morrendo após ser picado por uma delas”

  1. Junior Sousa says:

    Casa de ferreiro, espeto de pau.
    http://ferinha.com/

  2. Leleco says:

    Sabe o que eu acho, acho é pouco quem manda brincar com a natureza!!!

  3. Alessandro Cruz says:

    Vai abraçar o capeta agora hahahaa!!!

  4. trololó says:

    Mais um trouxa que cavou a própria cova. Se fosse uma pessoa sensata estaria vivo, exercendo alguma profissão normal e cuidando de sua família. Agora está comendo terra e as cobras estão vivas, prontas pra matar mais um.

    • Eder says:

      Se não existissem pessoas que fizessem maldade com os animais no mundo como vc, eu aposto, não precisaria o ser humano ter de intervir no reino animal. Deveria ter sido vc no lugar dele. O cara morreu ajundo quem precisa de ajuda mesmo que no caso seja uma cobra …

  5. JJunior says:

    AGORA ELE VAI BEIJAR E OS CAPETASS KKK

  6. comentarista says:

    Que sirva de liçao a você que é chegado a beijar uma cobrinha 🙂

  7. Dr. Paulino says:

    A corbra endureceu com ele, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. xisto papa says:

    É como diz aquele velho deitado:
    Cobra não engravida, só pica.

  9. TOTAL ALIEN says:

    COBRAS SÃO ANIMAIS SELVAGENS, NÃO PODEM SEREM CRIADAS COMO ANIMAIS DOMESTICOS.
    MAIS UM NÓIA QUE MORREU DEVIDO A FALTA DE NOÇÃO !!!

  10. Eduard says:

    Candidato ao Darwin awards

  11. aqui no brasil temos as cobras muito mais venenosa que esta tal de cobra rei aqui tems os DEPUTADOS REIS matan milhares de brasileiro por anos a desgraça e que não tem um atidoto contra estas BESTA que assola o brasil cobra rei perto desta cobra brasileira e fichinha…

  12. Fabio M N C says:

    Se fode ai Nerdão

    uhuehuehuehueheh

  13. Papanicolaou says:

    Beijou a cobra, levou a picadura… nao aguentou e morreu.

  14. David says:

    Nego é sem noção. Não respeita a morte do cara e nem a intenção dele. Não sei o motivo das pessoas odiarem tanto as cobras desse jeito…

  15. Eu says:

    Isso me deixou com medo, pq eu moro com a minha sogra. Agora que eu não vou dormir, vai que ela me ataca…

  16. Polo says:

    ashuasuh Cara fera ein

  17. Luiz São Paulino do morumbi!! says:

    Eu adoroooooooo cobra, deixaria elas me picarem por tráz.

  18. Heloisa says:

    ele morreu pq não teve cuidado.
    mas vamos raciocinar pq se não fosse ele farias pessoas já tinham morrido porcausa do antiveneno q ele vende.
    ele ajudava os outros.
    eu acho que ele éra uma boa pessoa,queria ter conhecido ele!
    só para vcs saberem:a cura para a picada de cobras venenosas é feita com o veneno délas mesmas.
    não odeiem ele porque ele já havia salvado muitas pessoas.
    quem acha q estou certa de falar isso repita a mensagem por favor
    pois ele deveria receber mais respeito.
    obrigada

  19. larissa says:

    aaaafff agora ele va ver q com Deus nao se brinca q idiota ngm manda ser trouxa dãããã
    adooooooooooreeeeeeeeeeeeeeiiiiiiii

  20. Manoel Santos says:

    O ser humano tem que aprender de uma vez por todas que:
    Animal é animal, e ser humano é ser humano.
    Não adianta querer harmonizar a relação entre homem e animal, se o próprio homem que é provido de inteligência, não consegue harmonizar-se com a própria raça.

  21. moacir silva.corretor says:

    quem brinca com cobra, com cobras será ferido

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo