Publicidade

Publicidade
07/12/2011 - 00:03

Fotos jornalísticas que marcaram o ano de 2011

Compartilhe: Twitter

Diversos meios de comunicação trabalharam arduamente para conseguirem documentar fatos importantes este ano. Neste post, você confere algumas fotos jornalísticas que marcaram 2011.

Foto que mostra o antes e depois da passagem do Joplin, Missouri, em 22 de maio.


Manifestante mostra suas partes intimas para a polícia de choque durante um protesto de trabalhadores europeus e representantes sindicais para exigir maior proteção nos empregos dos países da União Europeia, em Bruxelas, no 24 de maio.


Polícia de Uganda usa spray com água colorida em líderes partidários de oposição. Em 10 de maio.


Cão permanece ao lado do caixão do seu dono, soldado Jon Tumilson, um dos 30 soldados mortos no Afeganistão. Em 6 de agosto.


Furacão Irene se aproxima da costa leste dos EUA.


Robert Peraza, que perdeu seu filho Robert David Peraza, no 11/09. Ele fez um minuto de silência sobre o nome do filho, na piscina da Memorial.


Este barco de turismo, o Yuri Hama, foi levado pelo tsunami no Japão.


Mãe conforta filho em Concord, Alabama, próximo a sua casa, completamente destruída por um tornado em abril.


Uma mulher dispara um rifle AK-47 enquanto reage à notícia da retirada das forças do líder Muammar Gaddafi de Benghazi, em 19 de março.


Rebelde líbio segura arma dourada que pertenceu a Gadhafi.


Uma mulher salta de prédio em chamas durante motins em Londres, em agosto.


Dorli Rainey, de 84 anos, foi atingida por spray de pimenta durante marcha pacífica em Seattle, Washington. Ela teria sido jogada ao chão e pisoteada, mas felizmente um manifestante conseguiu salvá-la.


Manifestante é pulverizada no rosto por spray de pimenta em protesto em Portland.


Membros da equipe de segurança nacional recebem notícias sobre a missão que encontrou o Osama bin Laden. Em 01 de maio.


Vulcão Puyehue, no Chile, entra em erupção, causando cancelamentos de voos na América do Sul, Nova Zelândia, Austrália e forçando mais de 3000 pessoas a fugirem.


Uma vista aérea de danos causados pelo tsunami japonês.


Uma garota isolada, em triagem por conta da radiação em Nihonmatsu, Japão, brica com seu cão. Em 14 de março.


Mihag Gedi Farah, uma criança de 7 meses, é atendida em um hospital de campanha do Comitê Internacional de Resgate, na cidade de Dadaad, no Quênia. O bebê recuperou-se completamente.


Carros são abandonados em Shore Chicago Lake Drive durante a “Snowpocalypse”, em fevereiro.


Duas luzes brilham onde ficava o antigo World Trade Center em memória ao 10º aniversário do 11/09.


Uma tempestade de areia monstruosa chega a Phoenix, Arizona, em julho.


Mulher segura-se em um poste numa das ruas alagadas de Bangkok, em 24 de outubro.


Noiva angustiada tenta suicídio na China após seu noivo abruptamente cancelar o casamento. Ainda com seu vestido de casamento, ela tentou se matar pulando da janela do sétimo andar de um edifício. Antes de cair, um homem conseguiu segurá-la.


Policial acerta soco no rosto de um estudante no Chile. Os estudantes exigiam um novo quadro para a educação.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos, impressionante Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

19 comentários para “Fotos jornalísticas que marcaram o ano de 2011”

  1. Xing Ling says:

    É impressão minha ou os policiais nas fotos não parecem mais “os mocinhos”?

  2. Robott says:

    Viva 2011, o ano de crescimento 0%.

    • Olavo says:

      talvez os reacinhas não saibam distinguir crescimento zero de crescimento 3,2%. Isso em plena maior crise mundial. Em outras épocas, por muito menos, bem menos, qualquer peidinho que alguém dava no Europa ou nos EUA, aqui no Brasil já se entrava em crise…

  3. PampaGuria says:

    Não suporto olhar a imagem de uma criança nessa situação como o bebê do Quênia. Causa muita dor e revolta. Como é possível ainda hoje existir essa mazela no mundo?

  4. Lucas Melo says:

    Viva 2011, o ano de crescimento 0%. +1

  5. Lucas says:

    Na foto das luzes no lugar das torres gemêas tá escrito “Comemoração do 11/09” O.O Comemoração ??

  6. Wlad says:

    Fotos tristes que mostram violência, fome ,catástrofes e alguns absurdos provocados pelo dito ¨mundo civilizado¨.

  7. fernando says:

    Repararam que é só coisa ruim?

  8. Felipe says:

    Chicago Blizzard 2011 – EU FUI!!

  9. Tapioca says:

    Fim do mundo.

  10. Netto says:

    As fotos, em sua maioria, retratam a violência do homem contra seu semelhante e violações dos direitos humanos, Ou alguém consideraria normal pisotear e espirrar spray de pimenta numa pobre senhora de 84 anos, ou dar um soco no rosto de um adolescente? Estas imagens nos envergonharam em 2011. Tomara que ao fim de 2012 não tenhamos que relembrar episódios tão lamentáveis.

  11. Luisoa o fodao says:

    Eu gostei do soco do policial no pivete. Tinha que fazer isso com os maconheiros da USP

  12. Pedro says:

    Chile: exemplo

  13. Bruna says:

    Caramba! poxa, eu fiquei morrendo de dó do cachorro nao poder brincar direito com a dona…

  14. andre says:

    como uma pessoa tem coragem de coloca um filho no mundo pra sofre daquele jeito tinha q ser preso o fdp q faz isso a criança é responsabilidade dos pais se nao tem como cuidar nao faz!

    • Luciano says:

      André,
      Como você pode dizer uma bobagem desta? No mínimo você tem a sorte de ter casa, comida, internet, educação, videogame e acesso a preservativos.
      No Quênia, as pessoas não tem nem comida, muito menos preservativos. Como você pode falar sobre controle de natalidade a uma pessoa que não tem acesso a necessidade básica, que é um alimento.
      Ao invés de ficar “revoltadinho” com os pais que geraram essa criança, porque o Sr não se levanta e vai fazer o bem a alguém?

      Fica a dica!

  15. Marcela says:

    Realmente vivemos no paraíso chamado Brasil.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo