Publicidade

Publicidade
13/03/2012 - 00:04

Ajude a tornar conhecido e prender Joseph Kony. Saiba como!

Compartilhe: Twitter

Provavelmente você não deve conhecer o Joseph Kony, assim como eu também não conhecia.

O Joseph Kony é o líder de um exército de resistência chamado LRA, em Uganda. Para resumir a história, que você pode conhecer no vídeo a seguir, o Kony é acusado de assassinar, sequestrar e usar mais de 30 mil crianças no seu exército. Basicamente, Kony rouba as crianças e transforma as garotas em escravas sexuais e os meninos em soldados. O problema, é que quase ninguém conhece o Kony.

O vídeo a seguir, que eu gostaria muito que você assistisse e compartilhasse, foi criado pela organização A Invisible Children, que tem o objetivo de tornar Kony conhecido e com isso fazer com que as autoridades mundiais insistam em capturá-lo e devolver as crianças aos pais.

Clicando aqui, você acessa o Facebook do projeto e pode divulgar à vontade.

Vi no Sedentário

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , ,

Ver todas as notas

43 comentários para “Ajude a tornar conhecido e prender Joseph Kony. Saiba como!”

  1. Rodrigo says:

    cara … sabado a tarde eu olhei o filme Machine Gun Preacher, que conta a historia real de Sam Childers(http://www.youtube.com/watch?v=eddnloOFjwY) um ex viciado que acabou na Africa, mais especificamente em Uganda, e construiu um orfanato para salvar essas crianças, um mo9nte de gente critica os metodos dele de conseguir a liberdade dessas crianças( enquanto uns levam as ONGs e pedem com educação, ele com arma em punho e um exercito de resistencia parte pra guerra contra Joseph Kony, que acabou por colocar a cabeça de Sam a premio), recomendo muito o filme, esse Joseph Kony, realmente, eh desconhecido, de rosto, mas por lá todos o conhecem e tem medo, todos os anos mais de 30,000 crianças sao sequestradas naquela regiao, e todos sabem quem o faz, mesmo estando longe todos podemos ajudar !!! parabéns pelo post !!!!

    • RESOL - 5011CREW says:

      Esse vídeo é uma farsa, Joseph Kony Sumiu do mapa há pelo menos 5 anos, essa instituição invisible children repassa somente 30% do q recebe para os devidos fins, e pq vc acha q tem tanto famoso apoiando a causa antes de todo mundo saber da existência desse vídeo? Pq Uganda descobriu uma das maiores reservas de petróleo do mundo em seu terrítório em 2010, aí vc quer apoiar um vídeo super apelativo, q implora por doações e a compra de um “kit revolucionário” e todo mundo tem q compartilhar até o final de 2012 (urgente) para q os estados unidos mande um exército para matar o exército de crianças de Kony, o mesmo exército q ele deveria salvar? Procure se informar melhor, não seja mais uma ovelha q por ter assistido um vídeo de 30min mto bem elaborado q explora demais o lado emocional com o filhinho do cara falando quem são os caras maus. Procure se informar primeiro, procure vídeos no youtube (KONY BULLSHIT) e depois tome partido! Não creio q o Humberto caiu nessa baboseira, pura propaganda pros EUA terem uma desculpa para invadirem Uganda!

  2. Jack Noir says:

    Óbviamente tem coisa por traz de tudo isso, tem que ser idiota pra não perceber.

    Mas foda-se, se pegar esse cara valeu a pena.

  3. fabin says:

    video enrolado do caramba.
    assim como o comentário do cara que escreveu um livro ai em cima.
    fuja loko, meu tempo vale mais que isso, fui.

  4. Rodrigo says:

    LEGAL!!! Se em NOSSO PAÍS tivesse essa consciência de mostrar a verdade (fazer filmes, documentários) sobre políticos, seríamos uma nação bem melhor, ao invés de ajudar OUTROS PAÍSES a capturar seus marginais…

    • Márcio Jap says:

      Rodrigo, nós estamos fazendo melhor que isso. A Dilma enviou R$400mi pra dar assistência aos refugiados haitianos que entram ilegalmente pelo estado do Acre pois estes não têm onde ficar. Agora pergunto: E os Acreanos?
      Fora que do Haiti só deve estar vindo a nata daquele país. Eu chuto de estuprador pra baixo…

  5. furia says:

    OU vc assiste ao filme REDENÇÃO (Machine Gun Preacher) com Gerard Butler (o eterno rei Leonidas) e passa também a conhecer esse cara ae.

  6. Real says:

    É que é muito mais épico salvar crianças na África do que ajudar o mendigo que você passa todo dia no caminho do trabalho e não tá nem aí… como as pessoas são hipócritas…

    No final do vídeo ainda o cara fala : ” se você quiser ajudar compre o nosso kit kony 2012 “, porra, você só pode estar de sacanagem.

    Dos $8,676,614 dólares de rendimento que a Invisible Children teve ano passado só 32% foram pra serviços diretos, o resto foi salário da staff deles, produção de filmes, etc.

    Aqui uma foto dos seus defensores de crianças : http://www.scarlettlion.com/blog/wp-content/uploads/2012/03/GlennaGordon_InvisibleChildrenA.jpg

    Essa foto aí mostra os defensores de crianças inocentes portando armas com o Exército da Uganda que também tem acusações de estupro e roubo, mas a Invisible Children defende eles, falando que eles são os mais equipados capaz de prender o Kony, mesmo ele não estando ativo e não ser ativo na Uganda desde 2006.

    Seria interessante você pesquisar um pouco antes de colocar um vídeo desse, com uma opinião formada empurrando garganta abaixo de quem não tem cérebro suficiente pra formar uma opinião.

    RETARDADOS

  7. Senna says:

    A falta de informação é foda , só pq o vídeo é bem feito pessoas passam a acreditar.

    http://www.gizmodo.com.br/conteudo/kony-2012-e-o-video-mais-viral-de-todos-os-tempos-mas-quem-e-kony/

  8. Blumenau says:

    Ótimo vídeo, agora os políticos só vão fazer alguma coisa porque tem muita gente se mobilizando, antes eles estavam andando e c*g*ndo pra isto ai.

    No Brasil deveria ser feito isto ai, mas colocando a “cabeça” dos políticos ladrões a premio, queria ver esta cambada ficar usufruindo do dinheiro publico em beneficio próprio.

  9. Alloc says:

    E a boiada vai toda junta tocando a mesma música….
    Vídeo extremamente exagerado, feito por uma empresa que investe APENAS 37% (Já foi 31% a uns 2 anos atrás) do arrecadado em programas que realmente ajudam alguém em Uganda. Sem contar que esse cara sumiu já faz uns 6 anos de Uganda e os problemas de lá já são outros.
    Mas pros Che Guevara de Facebook, esse cara é o maior problema do mundo….

  10. Diego says:

    Espero que esse movimento se dê não somente para prender Kony, pois muitos outros Konys virão e cometerão atrocidades se não houver uma mudança mais profunda.
    A situação da África e de outros lugares no mundo (inclusive aqui no Brasil) requer mudanças consistentes para que realmente dêem efeitos.
    Vale a pena ajudar, pois realmente este momento pode significar uma outra tomada de consciência de uma parcela significativa da população mundial, agora unida através da tecnologia.
    Vamos divulgar!

  11. The Boss says:

    Esse video é só uma propaganda barata do Ocidente. Kony esta offline desde 2006. Ja se provou isso

  12. Raphael says:

    Foi descoberto petróleo em Uganda em 2010. Os estadunidenses lançaram essa bosta de campanha um tempo depois… Então né… Antes do petróleo as criancinhas do kony que se explodam, mas agora que eles tem petróleo lá é outra história…

  13. Nina says:

    Muito bom Humberto! Esse monstro tem que ser cassado! Filho de uma puta! GALERAAAAAA VAMOS DIVULGAR!

  14. Antonio says:

    Quanto comentário infeliz… acho que até o meu vai terminar sendo, mas…
    Independente se os EUA têm interesses ou não, se Kony tá offline ou não, se a instituição é corrupta ou não, as crianças estão lá, fato. Acredito que no fim, é com elas, crianças e pessoas que merecem a liberdade, merecem viver em paz que devemos nos preocupar. Como Sam Childers disse: “Eu faço a paz do meu jeito, no fim do dia, o importante é que minhas crianças estejam a salvo…” E não é pk virou “hit” que deixa de ser menos importante.

  15. Nina says:

    Entao volta para o seu mundinho besta, fabin.

  16. Ramon says:

    Antonio vc disse tudo quanto comentário estúpido, pouco importa se a instituiçãp é corrupta ou não, se esse cara está off ou bão, o que importa é que iniciativas como essa servem ao menos que o mundo possa v um pouco da realidade desses países e assim alguém possa se interessar em ajudar essas crianças!

  17. Dafne Clume says:

    http://9gag.com/gag/3278374 revejam seus conceitos

  18. Este homem é mostrado e um pouco das barbaridades que ele comete é contada em novo filme do ator Gerard Butler(Machine Gun Preacher -Redenção), que conta a historia real do Pastor Sam Childers, que luta pelas crianças do Sul do Sud”ao. E detalhe, ele usa homens destemedios que buscam as crianças raptadas pelo monstro do Joseph Kony . .

  19. Nath says:

    Grande golpe de marketing sentimentalóide. Só

    Esse vídeo está recheado de discursos problemáticos. É o mesmo discurso do “fardo branco” que arrasou a África e vai continuar arrasando. Os africanos não podem se tornar o novo oriente. O que eles querem? levar a democracia, iniciando uma nova guerra, desestabilizando o sistema, tal qual no Iraque? nossa, quanta boandade….

    Aliás, quais são os ugandenses que ocupam cargos importantes na IC???

    Nenhum

    ” vamos tornar o mundo mais seguro para que o meu filho – pequeno ciadadão americano – possa continuar consumindo a american way of life”

    Eles não estão pedindo a queda de um homem, mas de um regime. Eles querem uma guerra contra o “kony”, só mais um fantasma de uma região em guerra civil, mesmo que para isso tenha que apoiar um governo com sangue nas mãos, corrupto e tão devastador quanto a LRA.

    Lamento informar, mas só estamos piorando a situação com essa ‘ coisa toda linda’ de movimento pelo Face. E sabe por quê? É muito cômodo para o governo de Uganda ter essa ajuda “humanitária”. Com tanto apoio internacional, as verdadeiras entidades que estão nesse campo, não irão atuar na área, Essas crianças continuarão vivendo na miséria. Estaremos legitimando um governo assassino, por interesses mesquinhos norte-americanos

    Aliás, porquê compartilhamos esse vídeo??? O que sabemos de lá? Será essa a verdade, ou só queremos parecer altruístas para nossos faceamigos???

    Lembrai-vos que esse ano é eleitoral na terra do tio Sam

  20. Yuri Murakami says:

    tudo isso porque acharam reservas de aproximadamente 2,5 bilhões de barrís..
    http://allafrica.com/stories/201009030052.html

  21. Gee says:

    Fico impressionada como as coisas se espalham pela internet, sem que as pessoas tenham a mínima curiosidade de pesqusiar um pouco antes.
    A divulgação dessa campanha só está somando mais dinheiro para a organização Invisible Children, que, apesar da sua conta bancária gigantesca, nunca fez nenhuma ação efetiva em favor das crianças ameaçadas em todo o planeta.

  22. willian says:

    no DETAILS

  23. Tiago says:

    Este cara é citado no filme Machine Gun Preacher (em português ganhou o título de Redenção). Realmente a história é horripilante, nos moldes dos massacres em Serra Leoa e Huanda.

  24. Darkc0de says:

    vejam esse filme que é recente e conta a historia desse grande bandido que ao olhos quase todo mundo é desconheçido o filme é brutal mesmo um dos melhores que vi esse ano o seu nome é “Machine Gun Preacher (2011)”

  25. Vanessa says:

    Como se os EUA se importassem com essas crianças, né?
    Faz me favor, a guerra do Afeganistão e Iraque não teve sentido nenhum, ambas baseadas em mentiras e até hoje, o povo acha que foi uma guerra contra o terrorismo e o uso de armamentos nucleares. Cadê as provas?
    O ataque as torres gêmeas se tornou um tabu, o assunto não foi discutido com familiares das vítimas até hoje, e pesquisadores acreditam que foi um ato planejado internamente. Claro, mas tudo isso é abafado e todo mundo repete que foi terrorismo, Osama que derrubou…
    O objetivo sempre foi o Petróleo, precisava-se de uma desculpa para invadir um outro país.
    Kony e Uganda, por quê do interesse?
    Porque é um país instável, fácil de dominar e curiosamente, tem petróleo. Não é uma coincidência?
    Os americanos não fazem caridade. O foco não é salvar as crianças e sim, arrumar uma desculpa para a invasão.
    Vê se os americanos se preocuparam com o genócidio em Ruanda em 1994, eles podiam interferir mas, como vários países não fizeram, se Ruanda tivesse petróleo ou riquezas, certamente estariam lá? E o Haiti devastado após o grande terremoto, cadê essas pessoas bondosas? Estariam lá, desesperadas em ajudar, se o Haiti tivesse algo a oferecer, mas não tendo para quê, não é mesmo?
    Até quando, o público será ludibriado com uma propaganda dessas, sem se questionar as intenções por trás das coisas?

    1) Analisá-se o potencial do país, petróleo, minério, fontes de riquezas.
    2) O país deve estar envolvido em conflitos internos, para que possa ser facilmente dominado. Se não houverem conflitos ou revoltas, eles as criarão de algum modo. Para que pareça uma exigência popular de mudança.
    3) Cria-se um homem do mal, ele será um “bode espiatório”, uma pessoa para se culpar por seus crimes monstruosos e portanto, pegá-lo será o objetivo da ação. Osama, Sadam, Kony, não importa a pessoa, o importante é que opinião pública ache que o objetivo é pegar esse monstro e não invadir um país…
    4) Pessoas ficarão contra o governo porque, compreenderão que se trata de uma invasão para tirar vantagem. Mas, as mídias de massa vão repetir quantas vezes, forem necessárias, que os militares estão lá para trazer a ordem e melhorias ao país. Que logo que o “monstro” for capturado, haverá eleições e o povo terá sua soberania reconstituída… Eles são os “mocinhos” da história.
    5) Embora, cívis inocentes morram, trata-se de um objetivo maior, a paz. “Guerreamos e matamos para a Paz”.

  26. Jeferson Carlos says:

    O nome dessa Organização não é o IRA?
    No Filme chamado REDENÇÃO com o ator Gerrard Butler , mostra essa situação, isso é realmente triste

  27. Ayahuaska says:

    Saiu no Yahoo
    .
    “Criador da campanha ‘Kony 2012’ é preso por masturbar-se em público”
    http://br.noticias.yahoo.com/criador-campanha-kony-2012-%C3%A9-preso-masturbar-se-235212859.html
    .
    “(…) analistas criticaram a ONG por considerar que sua mensagem simplifica e manipula o problema e inclusive a acusaram de utilizá-la como uma cortina de fumaça para os supostos relatórios sobre irregularidades em suas atividades.”

  28. Guilherme GC says:

    Engraçado que em Ruanda, quando a situação era bem mais crítica que em Uganda hoje, os EUA não só não fez nada, como mandou retirarem as poucas tropas da ONU lá presentes.

    Acho que faltava petróleo em Ruanda né?!?! Então, Kony não atua mais em Uganda faz alguns anos. Mudou de país, mas como acharam petróleo em Uganda, lá vem os EUA fazendo propagandinha de ‘vamos salvar o mundo’.

    Uma aluna do meu professor de geografia conseguiu, pelo facebook, encontrar pessoas de Uganda e discutir sobre o assunto. No país, Kony já é tratado como passado. Mas se isso fosse falado no vídeo, provavelmente ninguém iria aderir à causa.

    Abre o olho galera!!!!

  29. Guilherme GC says:

    Querem saber exatamente o motivo das guerras, assistam 2 documentários:

    1 – ‘Iraque à venda – Os Lucros Da Guerra’. Assisti ontem.
    2 – ‘Why We Fight’. Esse é da BBC. Ainda não assisti.

    O primeiro é extremamente entediante, mas não deixa de ser interessante.
    O segundo, pelo que li, trata de todas as guerras em que os EUA participaram desde a 2ª GM. Por ser da BBC, deve ser muito mais bem elaborado que o primeiro

  30. Bock96 says:

    Pro bando de trouxa que não sabe pesquisar:
    Os EUA já enviaram 100 CONSULTORES, ou seja, os soldados não estão lá pra lutar, mas pra ensinar a os soldados do ditador de uganda a lutar contra o Kony (que não tem um exército de 30.000 faz tempo).

    Não tem nada de petróleo no meio, e se quiserem saber minhas fontes toma no ** e pesquisa por 5 minutos que tu acha.

  31. ask says:

    Tremenda farsa… Veja este vídeo sobre a verdade…

    http://www.youtube.com/watch?v=bR2xAyxpoCw

    Ou continuem enchendo a bunda desses ordinários de grana e espalhando esta fraude…

  32. mariane says:

    oque faço para ajudar quero muito ajudar meus irmaos na africa a se livrar desse cruel inimigo

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo