Publicidade

Publicidade
16/08/2012 - 00:04

Jornalista americano critica comportamento da torcida brasileira e das jogadoras do vôlei na Olimpíada de Londres

Compartilhe: Twitter

O jornalista americano Reid Fordgrave, do Fox Sports, criticou o comportamento da torcida brasileira e da seleção feminina de vôlei, campeã olímpica, durante a final do torneio.

Na sua coluna, Fordgrave afirma que jamais desprezou tanto um time olímpico quanto aquele do Brasil.

No início da matéria, ele faz elogios ao incentivo oferecido pelo País ao voleibol profissional, dizendo que não há nada igual em nenhum outro país e que o ouro olímpico foi muito bem merecido, pois as americanas foram dominadas pelas nossas meninas.

Entretanto, Fordgrave descreveu a torcida brasileira de uma forma bastante particular. “Ao longo da vitória por 3-1 do Brasil, os torcedores brasileiros barulhentos vaiaram todos os serviços das americanas. Foi a primeira vez que vi um atleta sendo vaiado nos Jogos Olímpicos de Londres. Os torcedores apitavam e corriam para cima e para baixo as escadas enrolados na bandeira brasileira. Quando as medalhas de bronze eram entregues às japonesas e as de prata para as norte-americanas, as medalhas de ouro dançavam e se sacudiam. Elas bateram as mãos no pódio. Enquanto as americanas tinham seu momento no pódio, as brasileiras apontavam para sua torcida e faziam um movimento de câmera lenta, como em ‘Carruagens de Fogo’“, escreveu ele.

Foi uma falta de classe, antidesportiva, contra o espírito olímpico – e, talvez, também uma prévia do que o mundo experimentará durante os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro“, complementou.

Fordgrave também cita um depoimento da jogadora norte-americana Logan Tom. “Muitas delas são minhas amigas. Eles celebram um pouco diferente dos americanos. Disse para elas algo como ‘tirem seus traseiros do pódio’ antes de comemorar. É uma questão de respeito. É a cultura delas, elas podem celebrar do jeito que quiserem“, disse a jogadora.

Mas voltando ao jornalista norte-americano, ele defende-se dizendo que não se trata de uma acusação contra a exuberância do Brasil. “Eles são conhecidos por caipirinhas e carnaval, pelo samba e pelas festas na praia durante toda a noite. Eles são conhecidos por se divertir e viver a vida como ela deve ser vivida“.

No final do texto, Fordgrave comenta o mundo deve se acostumar aos hábitos brasileiros, pelo bem da boa convivência. “Quanto à torcida brasileira vaindo cada vez que uma americana iria para o serviço? Jornalistas norte-americanos (como eu) que estavam twittando indignados não sabiam disso, mas é simplesmente uma prática comum em jogos de voleibol no Brasil. Os Jogos Olímpicos, afinal de contas, servem para estar lado a lado e conviver com as diferenças culturais por algumas semanas. Nem todos se vestem da mesma maneira. Nós todos não falamos da mesma forma“, concluiu.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , , ,

Ver todas as notas

164 comentários para “Jornalista americano critica comportamento da torcida brasileira e das jogadoras do vôlei na Olimpíada de Londres”

  1. Esse FordGrave não assistiu outra coisa pelo jeito, a torcida vaiou veemente a seleção brasileira de futebol contra Honduras, para que Honduras cruzasse com Reino Unido, mas eles perderam o jogo também. Torcida quieta só no Tênis mesmo, e olha lá…

  2. Manoel Guedes says:

    O título da reportagem é “Diferenças culturais expostas na premiação do Voleyball” – acho que mostra bem o sentimento do jornalista: Ele não estava acostumado com uma torcida tão barulhenta. Mas é engraçado porque é comum vaiar o time adversário em lances livres na NBA e no baseball.
    Ele também esqueceu de citar que as brasileiras aplaudiram e gritaram USA quando o time americano foi anunciado para receber as medalhas.

  3. fabin says:

    quem vai ler tudo isso dai Oneberto, se tá é loko cara…

  4. Fábio says:

    Ah sim, a Fox, a rede de notícias considerada como uma das mais sensacionalistas e manipuladoras dos EUA. Esperar o quê, né?

  5. Brasilll says:

    Eles falam a mesma coisa de Usain Bolt, só pq faz aquelas presepadas antes de correr. Falaram tb da chinesa da natação Shiwen Ye pondo em dúvida da sua capacidade de quebra de recorde aos 17 anos. Então isso tb não seria uma falta de respeito??

  6. daniel says:

    Em partes concordo com o cara. A questão da torcida vaiando isso é algo cultural nosso, errado ou não, chato ou não, não irá mudar tão cedo e sinceramente, acredito que esse é o papel da torcida.

    Agora sobre o pódio eu concordo com ele, não vi o jogo, mas me baseando que o repórter disse que a seleção brasileira já tava pulando em cima do pódio em meio as premiações, bem, isso é um tanto quanto chato né? custa manter um pouco e compostura e ter paciência? só esperar alguns instantes para finalizar o protocolo e ae bora comemorar ué!

  7. Minhocão says:

    Assisti e concordo com o jornalista. O comportamento das atletas durante a premiação realmente soou como desrespeito às demais.
    Logo após o final do jogo, ainda na quadra, elas se reuniram com a comissão técnica em um círculo e ajoelhados rezaram o pai nosso. Além de uma atitude brega, aquela era uma transmissão mundial para muçulmanos, judeus, budistas, ateus e etc., se queriam expressar sua religiosidade que fizessem isso no vestiário, não na frente das câmeras.

    • Brasill says:

      Qual o problema em rezar e extravasar?? Esse conceito de regras e etiquetas que é brega e fora de moda, além de chato praca… todos somos livres para pensar e agir da maneira que bem entender.

      • Sandra Lustosa says:

        Ok, então. Em 2016 vai ter gente ofertando galinha morta em plena quadra e ninguém vai poder dizer nada porque é apenas manifestação religiosa!

  8. Maurício says:

    CHUPA AMERICANO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  9. roocash says:

    Que se fo… Somos os melhores no vôlei no mundo !!! tem q pular mesmo comemorar q se fodas que achar ruim somos o Pais da festa mesmo se tá incomodado vai morar em outro Pais !!! CHUPA EUA !!!

    • Ricardão says:

      OOOOO… líder no volei feminino… os americanos deve estar taaaaaaao chateados com isso, afinal, eles foram só os maiores medalhistas desta olimpíada…

      Aliás eles ganharam mais medalhas nesta olimpíada do que o Brasil em TODA HISTÓRIA DOS JOGOS…

      éééé… Chuuupa USA. Viva o Brasil do bronze!

  10. Mumia says:

    Concordo com tudo o que ele falou! Somos barulhentos, não somos muito educados mesmo. É a cultura, fazer o que?

  11. César Leall says:

    Na boa ? Eu tbm tava achando feio a toricida vaia toda hora ! mas ta td bem. Mas na hora da medalha as meninas abusaram viu. Tudo bem que estavam felizes mas pow, poderia esperar primeiro entregaras medalhas… Ja foi, até o Rio

  12. aline says:

    Assisti o jogo e foi muito emocionante essa vitória,sobre as vaias sinceramente ñ percebi,mas na hora da entrega das medalhas fiquei um pouco impaciente com as brasucas pareciam q tavam com formigas lá kkkk Ficar batendo com as mãos no pódio(brega e desnecessario)enquanto as outras finalistas recebiam as medalhas, esqueceram de mencionar q tbm tiraram várias fotos com o cel toda hora,teve uma q só na hora q foi receber a medalha q abaixou e guardou o celular,então eu conclui.. vão falar merda,vão colocar todos os brasucas no mesmo saco(cultural?)ser contrário a boa e velha educação agora é questão cultural?ganharam SIM! com louvor mas poderia ter ficado sem esse finalzinho ai…..valeu gente um abraço

  13. Citando o jornalista: “Eles são conhecidos por caipirinhas e carnaval, pelo samba e pelas festas na praia durante toda a noite. Eles são conhecidos por se divertir e viver a vida como ela deve ser vivida“ – GENTE, me fala onde tá essa vida boa por aí que eu TAMBÉM QUERO, TÁ?

  14. Ricardo Pipo says:

    Vamos ao significado de torcer: Demonstrar (o apreciador de prélios esportivos) com entusiasmo, gesticulando e gritando, o desejo de que vença o clube ou equipe de sua simpatia.

    Tênis nunca teve torcida, mas testemunhas =)

  15. Naldo says:

    Realmente elas mereceram e muito a medalha e estou orgulhoso deste time! Porém, realmente as vaias nas olimpíadas é uma coisa muito feia pq todos estão ali pra praticar o laço que é o propósito dos jogos… todos se tornarem uma nação só e qdo acontece essas vaias quer dizer: foda-se o outro… não cai bem nas olimpíadas mas como o amigo disse acima, isso faz parte do hábito do brasileiro… fazer o quê!? E quanto a comemoração das meninas no pódio realmente foi muito desagradável… além de parecerem um monte de criança que nunca ganhou um pirulito foi extremamente desagradável o desrespeito aos demais jogadores. Mas como o Brasil tudo é uma farra… fazer o quê de novo… depois não sabem pq temos a fama de índios e macacos lá fora!

  16. Jarzombek says:

    Que cara mais chato. O papel da torcida é ajudar o time, e isso inclui o ato de tentar desestabilizar o time adversário. Se ele assistisse um jogo de futebol aqui no Brasil, ia ficar horrorizado, afinal ele é um fresco. E cada um comemora como quiser e ninguém tem nada a ver com isso. Se ele é tão frescurento assim, é melhor não assistir as Olimpíadas de 2016.

  17. Brasileiro says:

    Ah vá a merda… a gente tem que ser como os americanos? cada um comemora do seu jeito e torce do seu jeito… se eles não tem censo de humor, problema desses gordos comedores de hambúrguer…
    Até parece que se fosse ao contrário, elas ou a torcida delas iriam fazer diferente… tenha paciência e saiba perder seu otário!

  18. Manolow says:

    É…. esse comportamento do torcedor brasileiro é vergonhoso. Bem tipico da falta de classe e de respeito do brasileiro.

    • Daniele Mondego says:

      Minhocão, acho que você está errado quanto a criticar a “breguice” das atletas no ato de orar..quer dizer que temos que respeitar a religião dos outros escondendo a nossa? não concordo com elas terem feito aquela algazarra toda na premiação, achei mesmo falta de consideração para com as outras atletas, mas quanto a você dizer que elas ão poderiam orar, já com isso não concordo. Cada tem tem sua religião..e se havia mulçumanos, judeus e etc assistindo deveriam se preparar para ver de tudo, já que era uma mistura de culturas…ok?

  19. Nina says:

    Kkk”tênis tem testemunhas” 🙂

  20. Le says:

    Ele esqueceu de citar que somos conhecidos pelo desmatamento da Amazônia (Diga-se de passagem um bem da humanidade que estamos destruindo), conhecidos pelo turismo sexual, pela prostituição infantil, pela corrupção, pela falta de educação, por sujarmos nosso transporte público, ruas, pichar nossos imóveis etc…… Não o recrimino já que nós falamos mal dos argentinos, americanos e muitos outros povos aliás o que ele diz não é nem 0,0000001% das verdades que estamos sujeitos a ouvir.
    Isso aqui sempre foi e sempre será o País da baderna e da desordem um país onde o povo faz o que quer.
    2016 está ai e vai ser vexame atrás de vexame se eu tivesse condição me mudava daqui pra não participar disso.

    • Tatiane says:

      O cara ta falando de volei e voce vem falando dos problemas do país ? Voce tem problema ? Por favor, cara, se mude mesmo, porque brasileiro igual a voce não precisamos aqui não . Por causa de uma comemoração voce faz esse texto de merda ? Sinto vergonha alheia de pessoas como voce .

  21. Jonas Alberto says:

    E a ginasta americana McKayla Maroney, que, ao levar um tombo na sua apresentação e levar a prata, sequer cumprimentou a medalhista de ouro no pódio??

  22. Talita says:

    Deve concordar com ele em relação às vaias. É muita falta de educação e de espírito esportivo vaiar o time adversário qdo está em posse da bola….. Muito feio!

  23. isso ai says:

    Quanto as vais, coisa que alguns locutores chamam de participação da torcida, sinceramente acho ridiculo.

  24. Humberto says:

    Concordo com o jornalista nos seguintes ítens:

    Eu vi todo o jogo e a premiação.
    O pódio foi vergonhoso, as brasileiras não pararam 1 minuto, tinha a premiação de bronze e prata, todo um cerimonial em cada entrega de medalha e as brasileiras ficavam chamando a atenção para elas, batendo no chão, gesticulando, fazendo caretas, dançando e ao mesmo tempo ao lado estava acontecendo a entrega de medalhas e elas nem aí…total falta de educação, um mínimo de respeito, fiquei com vergonha, tenho certeza que muita gente ficou envergonhado como eu, Parabéns pelo outro, porem cagou tudo no final…

  25. Marcelo says:

    Eu vi o jogo e o pódio!

    Parabéns as jogadoras de vôlei brasileira, porém a educação, respeito faltou e envergonhou muita gente.

    Total selvageria por partes das jogadoras! perderam o controle, só pode ter sido isso, quem não viu e não concorda com o jornalista, busque o vídeo na internet e sinta-se mal…

  26. Daniele Mondego says:

    Minhocão, acho que você está errado quanto a criticar a “breguice” das atletas no ato de orar..quer dizer que temos que respeitar a religião dos outros escondendo a nossa? não concordo com elas terem feito aquela algazarra toda na premiação, achei mesmo falta de consideração para com as outras atletas, mas quanto a você dizer que elas ão poderiam orar, já com isso não concordo. Cada tem tem sua religião..e se havia mulçumanos, judeus e etc assistindo deveriam se preparar para ver de tudo, já que era uma mistura de culturas…ok?

  27. jair Ribeiro says:

    Na Africa so sul foi a mesma coisa esses americanos chatos reclamando do barulho das Vuvuzelas…e nós vimos bem no que deu..as vuvuzelas uivaram por toda copa do mundo kkkkkk A bola da vez somos nós vão falar mal de tudo que puderem ,pois eles são chatos demais Na copa do Mundo e nas Olimpíadas vamos vaiar, gritar, chorar. reclamar,E eles mais uma vez terão que nos engolir,e se não conseguirem vão tomar nossa cachaça pra esquecer….kkkk

    • Thiago says:

      Os americanos chatos reclamaram das vuvuzelas??? HAHAHA O mundo inteiro reclamou daquelas porcarias. Não conheci ninguém que suportava ouvi-las pela TV. A maioria dos jornalistas e locutores esportivos brasileiros reclamou do som daquilo. Ninguém gostou de ouvi-las na Europa e no Oriente e vc está falando dos americanos?

  28. Bruno says:

    As brasileiras foram ridiculas… foi completamente desnecessário as papagaiadas delas durante o podio… falta de respeito com as americanas e com as japonesas

  29. Daniel says:

    Sim, a gente faz da vida uma festa. Vocês aprenderão isso aqui!

  30. Marcello says:

    Cuidado com o que você lê na internet, quando se coloca a palavra crítica é no sentido de dar conotação desfavorável ao que foi escrito pelo jornalista. Cabe lembrar que o comportamento dele ou da toricida foi dimensionado pelo momento do jogo. Somos diferentes sim e graças a Deus, sabemos nos divertir e muito bem, o que falta é ter coragem de cobrar resultados em outros seguimentos, tão quanto cobramos de nossos atletas. Em 2016 teremos êxito na execução das olimpíadas e faremos algo diferente, inclusive receberemos jornalistas que possam fazer seus cometários da forma como cada um senti o jogo.

    • ONEberto says:

      Marcelo, eis o significado de crítica:
      1 Discussão para elucidar fatos e textos. 2 Exame do valor dos documentos. 3 Arte ou faculdade de julgar o mérito das obras científicas, literárias e artísticas. 3 Juízo fundamentado acerca de obra científica, literária ou artística.

  31. guy says:

    concordo, foi uma vergonha alheia desde a entrada delas para recebimento das medalhas, parecia que estavam entrando numa boate

    e realmente, quero so ver em 2016 brasil anfitrião dos jogos vaiando os outros países…

  32. Hugo says:

    Os americanos sempre querendo ser os donos da verdade e fazer o mundo pensar como eles. Agora que estão vendo que as coisas não funcionam assim, está tendo um pouco de mudança… mas infelizmente ainda tem pessoas que estão na era antiga e continuam achando que o pensamento nos EUA tem que prevalecer…

    Dale CHINA!!

  33. Douglas de Assis says:

    Concordo com o lance das vaias. Achei bem desnecessário e desrespeitoso. Mas discordo totalmente em relação ao comportamento das meninas no pódio. Elas tinham mais que comemorar mesmo, foi uma caminhada difícil pra chegar até ali, elas mereciam extravasar. Sem contar que, ao contrário do que ele falou, quando foi a vez das japonesas e das americanas receberem as medalhas elas, as brasileiras, humildemente aplaudiram e puxaram aplausos para as outras duas seleções. E quanto a elas rezarem não tem nada de absurdo nisso. Estavam expressando gratidão dentro da crença delas, sem fazer insultos às demais religiões. Enfim, só tive orgulho dessas meninas do vôlei que, ao contrário da seleção masculina de futebol, deram o sangue e sua alma por essa conquista.

  34. nasrz says:

    Keep calm…. O prato principal ainda estar para vir em 2016, isso só foi um aperitivo.

  35. Israel MOX says:

    Valeu Meninas do Volei! O link para quem não viu a premiação: http://www.youtube.com/watch?v=nu80W-SvC9Q

  36. Anne says:

    Americaninhos concordo com as vais desnecessárias, fora isso não vi nada demais na comemoração das meninas, se fosse gringo pulando que nem macaco no pódio, brasileiro ainda iam aplaudir esses vira-latas. Estou com as meninas do vôlei, é isso aí.

    • bruno says:

      soh q tem uma coisa ….”SE fosse gringos q nem macaco pulando etc..” falou bem ..SE ..mas isso nao acontece

  37. Isabel says:

    O barulho durante os jogos realmente é uma coisa cultural, tem que saber respeitar, mesmo que não goste. Torcida tem em todo canto. A questão do pódio também me incomodou um pouco, acho que elas poderiam, por respeito aos outros medalhistas, ter ficado paradas 5 minutinhos…sobre a reza na quadra, acho que não é o lugar, imagina se cada grupo religioso de cada país fosse ficar na piscina, pista de atletismo, quadra, etc realizando rituais das suas religiões? Vamos pensar, abre precedente para se um fulano quiser matar uma galinha em homenagem a alguma divindade, sei lá.

  38. kaoe says:

    chupa EUA !!!

  39. MARK says:

    CALMA PESSOAL,O QUE ELAS ESTAVAM FAZENDO É O QUE A MAIORIA DAS BRASILEIRAS QUE ESTÃO EM OUTROS PAISES FAZEM: REBOLAR E CHAMAR A ATENÇÃO DE ALGUM TROUXA RICO PARA SUSTENTÁ-LAS EM TROCA DE SEXO.

  40. Rico Dias says:

    Acho uma puta tempestade num copo dágua.
    Todo mundo sabe que o intuito das vaias não é desmerecer o adversário, mas sim desconcentrá-lo.
    Assim como a galera ergue aqueles bastõezinhos na NBA pra atrapalhar o cara no lance livre.

    Sobre o comportamento delas no pódio, não vi e não posso opinar.

  41. Z3hr0_C00l says:

    No jogo nego vaia, na vida real nego se cumprimenta… não vejo problema algum, frescos! Qual falta de respeito nisso? QUero que meu time ganhe, tenho que colocar pressão psicologica no adversario, se forem fracas psicologicamente perdem.

  42. Lulu Coelho says:

    Quanto #classemediasofre, quanta síndrome de vira lata! Imbecis que se acham alguma coisa criticando as meninas do vôlei, nunca ganharam nem medalha de lata em porcaria nenhuma.
    Cada um comemora com quer, nossa cultura é essa, caiam fora se tem vergonha ou não gostam, boçais.

  43. Monogo says:

    Não vi nada demais com as vaias e nem ao receber as medalhas.
    Agora qnd elas falaram que o tema da vitoria era “Quero Tchu Tcha!” ai eu peguei ar.

  44. totti says:

    CHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUPAAA DESPEITADO!

  45. Lena says:

    fora a parte da vaia que é realmente chata e desconcentra, não vi nada demais no resto da comemoração; esse detalhamentozinho que ele fez do comportamento das meninas, parece mais despeito que outra coisa…

  46. Fernando says:

    dor de cotovelo.

  47. ANImus est says:

    Então empatamos: do lado deles teve aquele Chael Sonnen que, durante estes anos todos, falou o que quis e só tomou uma reprimenda qdo enfrentou o A.S

  48. Larissa says:

    Eu amo os EUA mas os americanos são uns babacas as vezes ¬¬ ainda lembro quando o Brasil ganhou deles no masculino e falaram que tavam com o time reserva! toma no cu cara, não aceitam perder pro Brasil..mas que caralho..fico muito brava com isso! Só porque o Brasil não O país! Me desculpe, mas temos as duas melhores seleções de Vôlei do MUNDO, como foi falado em algum canal (não me lembro, faz tempo) e provamos isso ganhando a Liga masculina e feminina! Quanto ao comportamento, falta de respeito é eles julgarem a felicidade alheia só porque eles perderam…é o jeito do brasileiro, se os americanos são fechadões, a culpa não é nossa ¬¬ bando de babaca!

  49. Gi says:

    Já assisti a várias competições esportivos em que a torcida brasileira fica vaiando os outros competidores e acho isso repugnante, uma total falta de respeito.

  50. Marcelo says:

    CHUPA, GRINGO!

  51. Soraia says:

    EM BOM PORTUGUES (E GRITADO) SR. FORDGRAVES:
    VAI DAR BANHO NA GALINHA!!!!!!
    (Sujeito chato, seu…)

  52. Karen says:

    Quanto às vaias na hora do saque, acho que é só uma catiçazinha do Brasil e não vejo problema. Mas achei um tanto desrespeitoso, sim, a comemoração na hora da medalha. As meninas poderiam fazer a festa que quisessem. Contudo, achei que elas deveriam ter esperado o momento de pódio das adversárias, pelo respeito e pelo espírito olímpico.

  53. kelvin says:

    As torcidas brasileiras nunca soube se comportar. E nunca saberá, são selvagens e ignorantes por natureza. As jogadoras são consequência disto.

  54. Salomão says:

    Esse cara por acaso já assistiu jogos da NBA em que os torcedores só faltam ficar pelados para o adversário errar lances livres?

  55. luisa says:

    Para quem não gosta das dancinhas do Neymar, elas foram bem piores, pareciam retardadas, olhando pra câmera e mandando pessoas calarem a boca.

  56. xenia says:

    hooooo dor de cotovelo danada hem?chuuuuupaaaaaa americanas.kkkkkkkkkkk

  57. xenia says:

    pois é colega!por essa nossa selvageria e ignorancia nossa q trouxemos para casa a medalha de ouro.e as jogadoras foram ótimas.vai lá e faz melhor!!!!!vc por acaso já ganhou alguma medalha para estar criticando a seleção feminina de volei?nao né?entao chuuuupaaaa essa tbem com as americanas!kkkkkkkkkk.ve se aprende a ser brasileiro!!!!

  58. Alessandro says:

    veio de boa, teve uns 15 atletas que foram ridiculamente racistas entre americanos e europeus de forma geral, tanto com pessoal da ameriza do sul quanto da africa quanto da asia, de boa VAO SE FODEREM como ja bem diz aquele antigo Meme, pois quase ninnhum jornalista reconhecido falou desse fato neh ? mas sendo o Brasil qlqr coisa seria motivo de depreciação entao, foda-se viadinho de merda, respeito Brasileiro sabe ter, mas apenas com que merece e tem honra propria.

  59. renato says:

    o jornalista nao falou nada de mais, e nenhum momento desrespeitou o povo brasileiro.

    assim como o blogueiro que comentou a materia de maneira bastante imparcial, parabens.

    é só ler a noticia toda para perceber que nao tem motivo pra reclamacao alguma..

  60. Breno Lemos says:

    Primeira vez que ve alguém vaiar nas Olimpiadas de Londres, ta precisando assistir o futebol fera, porque sempre que a torcida achava que o jogador estava fazendo cera ou algo do tipo a torcida britanica vaiava

  61. Stephanie says:

    Não entendi o “auê” todo que fizeram pela notícia do cara. “Chupa gringo” ? Que porcaria é essa?!

    O cara apenas expressou sua opinião, que por sinal, no final na entrevista, ainda fala que cada povo tem sua cultura, e que todos temos que aprender a ser tolerante. Sem contar que foi a opinião de UM jornalista, que só por ser americano, é taxado e xingado pelos brasileiros.

    Brasileiro geralmente é hipócrita nessa hora. Sempre os primeiros a taxarem americanos de frios e grossos quando têm um choque cultural. Só que deixa um americano fazer um comentário que não agrada… já pode esperar a indignação do povo! aiaiai…. !

    • Robott says:

      Brs os trolls do mundo.
      Vejo isso pelos meus alunos do ensino médio, um bando de hipócritas que só sabem reclamar.

      Vivemos em uma época em que quanto mais barraco fizeres mais será ouvido.

      Disciplina nunca fez mal a ninguém essas meninas precisam sim de um puxão de orelha, principalmente porque estavam na “casa” dos outros.

      • Gomes says:

        Pra quem não tem controle de seus alunos em sua sala de aula, não deve falar do comportamento de outros.

        Casa de “outros” a festa era nossa, cada um é cada um.

    • Márcio Jap says:

      Exatamente Stephanie. O brasileiro rí da cara de todo mundo, se acha o espertão. Faz piada de argentino, de portuga, mas quando vai um ator e faz uma piada com o povo brasileiro (no caso Robin Williams) , sai de baixo.

    • Eduardo says:

      Concordo em partes porque também acho que o jornalista tem o direito de ter sua opinião, mas também acho uma falta grave essa mania de criticar o brasileiro assim de uma forma generalizada como vi no seu comentario e vejo em tantos outros.

  62. wilson gazarro says:

    SR. FORDGRAVE, é simples, em 2016 não venha pro Brasil, é um grande favor que você nos faz. Quando os americanos desprezam o Brasil pode? Acho melhor rever seus conceitos por daqui a alguns anos o primeiro mundo seremos nós.

    • Márcio Jap says:

      UHAUHAUHAUHAUHAUAH….

      Ganhei meu dia depois dessa. Te digo que daqui a outros 500 anos vai continuar a mesma coisa. A anedota que diz que Deus caprichou no povo que colocaria nesse lugar é mais que verdadeira.

  63. Siedler says:

    Disse tudo!

  64. diego says:

    se fossem eles ganhando e a mesma coisa fosse feita pelos americanos. Naum teria problema algum. EUA num é mais o centro do mundo ou pelo menos esta deixando de ser

  65. eduardo says:

    Onde que o jornalista disse “Muitas delas são minhas amigas (…)”? Não vi isso no texto..

    Ele disse “like I said” ou “Como eu citei antes” / “como eu disse antes”.

  66. says:

    “…é a cultura delas, elas podem celebrar do jeito que quiserem“

  67. Marcos de Vincenzo says:

    Eu entendo que o povo brasileiro tem dificuldades de seguir protocolos em momentos como esse, mas essa é a cultura popular brasileira. Nem todos os brasileiros são adeptos, mas a grande massa se comporta assim e não se pode ter vergonha, como tenho certeza que teve gente que sentiu.
    Ser frio e desempolgado e bater palminhas por respeito não é necessariamente melhor do que gritar e comemorar com muita empolgação.
    Não é a toa que as bandas de rock britânicas adoram vir para o Brasil. O público aqui é muito mais animado.
    Na Inglaterra houve um Tabu enorme com a chegada do rock, até que os duros britânicos começaram a sacudir os quadris.
    Acho que os britânicos deveriam tentar extravasar um pouco nas olimpíadas do Rio, quem sabe eles também não tomam gosto, como tomaram pelo Rock.

  68. william haddad says:

    arrãaaaaaaaa quem perdeu a medalha?????

  69. hacrn says:

    passam a vida a gozar com todo mundo, quando são criticados mudam completamente o pensamento… respeitem se querem ser respeitados

  70. Paulo says:

    Acho que é a opnião dele, e querendo ou não, ele ta certo, que vergonha isso, acho que primeiramente tem que demonstrar respeito pela outra equipe, outra vergonha brasileira foi a seleçao feminina de futebol, que perde o jogo e vai pra boate comemorar.

  71. Joao says:

    Num guenta bebe leite, isso pra mim é dor de cutuvelo –‘

  72. Roberto says:

    Eu concordo com a Stephanie..Não entendo essa falação devido a um jornalista. Protocolo de receber a medalha acredito que exista, mas também não precisa ser um velório. São anos de trabalho para conseguir uma medalha e na hora de receber tem que ficar enfileirado e mudo? Lembrado que as atletas bateram no pódio no momento das adversárias como forma de respeito e isso já aconteceu antes. É apenas um jornalista que não aceitou que o time dos E.U.A. cotado como o favorito perdeu, e bonito para um time que ninguém estava acreditando.

  73. Carlo says:

    Ah velho se liguem q mané vergonha oq … tem mais é q zuar mesmo

    a cultura nossa é essa e não temos q ter vergonha de PORRA nenhuma… quem tem q ter vergonha são esses paga pau de americano e os proprios americanos por serem maus perdedores…

    qto a esse povinho q diz amém pra tudo q os EUA falam, esses sim são dignos de vergonha… eu sinto VERGONHA de ser compatriota desses paga pau ridiculos…

  74. Rodrigo says:

    Sinceramente acho q as gurias foram simplesmente sensacionais na competição, MAS na hora da premiação tb achei uma falta de respeito, com as outras equipes, enquanto elas eram premiadas, as brasileiras ficaram fazendo poses e tal.Mas apesar de tudo elas são demais.

  75. clodomiro says:

    o cara ta magoado que perderam não sabe aceita a derrota

  76. Will says:

    E esses são os brasileiros.
    Costumam chamar estrangeiros em geral de frios, metidos e intolerantes, mas quando UM crítico, apenas um, faz uma crítica que não tem nada a ver com o povo, mas com a torcida nas Olimpíadas e com as jogadoras, a grande maioria chama o cara de boçal e idiota.
    Ao que parece, a copa de 2014 será uma das piores da história.

  77. Maurício says:

    Como é? O cara estranhando a vaia da torcida durante o saque das adversárias????? Será que esse cara nunca tinha assistido uma partida de volei na vida???? Que crítica tão sem sentido!

  78. Fabio says:

    Se ganhou tem que comemorar, não é nada de mais. Sou só eu que acho tosco essas Olimpíadas? Ainda me vem com essa de espirito jogos Olímpicos ..aff FUCK YOU USA!

  79. Luiz Claudio says:

    Nós também não entendemos quando um americano atira em alguém em legítima defesa ou o seu país invade um outro utilizando argumentos espúrios.

  80. Aristides says:

    Isso não aconteceu apenas no volei, e muito menos em 2012. No ultimo Pan que foi no Brasil, na ginastica olimpica, MUITOS vaiaram enquanto um atleta americano competia. Lembro de ver o Diego Hypolito pedindo para a plateia parar, pois é pura falta de respeito. E ao meu ver é dor de cotovelo dos Brasileiros. O que é mais engraçado é que quem foi lá para Londres assistir aos jogos, teoricamente, não é gente com pouca grana, logo, deveriam ter um pouco mais de educação. Sinceramente, o brasil merece o titulo que tem fora do pais devido a essas e outras coisas.

  81. Made says:

    Não foi vergonha n, brasil vaio o japão a maior parte da partida e no pódio quando elas ganharam a medalha o que o brasil gritou?? Nippon! sua opinião mais a maior parte dos atletas americanos n sabe respeitar seu adversário prova disso são as meninas do futebol

  82. matheus says:

    quando o EUA era o centro do mundo,ninguem falava nada
    agora que a china ta pisotiando eles(até o japão ta melhor em economia e desenvolvimento)

    eles saem criticando os outros
    e as guerras que eles tramaram é bem pior q isso

  83. Lorena says:

    Que dor de cotovelo…

  84. Marco says:

    Chamar brasileiro de macaco, puta, ladrão, etc… é bonito né!?

  85. Talyta says:

    “Os Jogos Olímpicos, afinal de contas, servem para estar lado a lado e conviver com as diferenças culturais por algumas semanas. Nem todos se vestem da mesma maneira. Nós todos não falamos da mesma forma.”

    O cara se contradiz na própria entrevista. Primeiro ele critica, depois fala que temos que respeitar. Quem respeita os outros, a cultura de cada país, não fica criticando em uma matéria. Isso é nada mais nada menos que ter ficado ofendido por ter perdido, percebe-se pelo modo que ele expressa sua opinião.

  86. FLAVIO says:

    MANDA ESSE AMERICANO TOMAR PRA P.Q.P BABACA

  87. O Cazuza disse numa de suas magistrais canções: O Brasil vai ensinar ao mundo!

  88. amanda millan bento says:

    Entendo que o Brasil fez a maior festa na hora da entrega das medalhas mais isso faz parte da nosa cultura.Pra min esse americano esta com inveja

  89. felipe liddel says:

    mimimimimimimimimimim

  90. Anderson says:

    Se ele soubesse o mínimo necessário de esportes não sairia por aí falando merda. Isso acontece em vários esportes, vários países e várias competições. Agora se ele tá com dor de cotovelo e nunca ouviu falar em imparcialidade, aí é um problema dele

  91. Luana says:

    Nao aguentam perder….aqui é BRASIL seu americano de merdaaaaa invejosooo…

    • bruno says:

      AMERICANO COM INVEJA DE BRASILEIRO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ELES TEM PENA DA GENTE …” NINGUEM TEM RAIVA DOS FRACOS, DOS FRACOS TEMOS PENA” ..EH POR ISSO Q VC SENTE RAIVA

  92. Marcos says:

    Q cara chato!

  93. kim says:

    Realmente, o quesito educação passa longe do brasil, ja somos mal vistos la fora, e nossa seleção faz uma dessas, isso por que ganhamos so 3 medalhas!!!

  94. markim says:

    Eles são conhecidos por caipirinhas e carnaval, pelo samba e pelas festas na praia durante toda a noite. Eles são conhecidos por se divertir e viver a vida como ela deve ser vivida“.

    HAHAHAHAHA festas na praia durante toda a noite

  95. O Cara says:

    Pelo menos no final do texto ele entende e diz q essa forma de comemoração é NORMAL no Brasil…
    Quem ñ tiver acostumado q se acostume, pois a próx. Olimpíada é aqui msm meu filho… Imagina soh a bagaça q vai ser!!!

  96. José do Patrocinio de Oliveira says:

    Take care of your business, and sucks!

  97. Fernando says:

    Só tenho uma coisa pra dizer a este jornalista americano: CHUUUPPPPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA… TOMARAM MAIS UMA LAVADA NA FINAL, TROUXA!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • bruno says:

      bom vc pode ateh mandar “UM” (1) chupa pra eles …mas eles te mandam chupar 46 (QUARENTA E SEIS) vezes ! ! !

  98. Tai says:

    Pensei exatamente nisso nas olimpíadas. Achei um desrespeito na hora da entrega das medalhas ao time japonês. Não acho que desrespeito e falta de educação devam ser tratados como cultura.

  99. re says:

    Não é só brasileiro que vaia não. Na liga mundial de volei masculina, que teve a final disputada na Bulgaria, quando um time jogava em casa, seus torcedores vaiavam o time rival na hora do saque, sempre foi assim.

  100. Vinicius Garcia says:

    O dono do casarão está se remoendo com a festa da senzala. Esse “jornalista” deveria é criticar as ações sangrentas de seu governo contra os povos do oriente por conta de barris de petróleo. Hipocrisia pura.

  101. Giovanni says:

    Que tradução meio boca, “service” não é serviço nesse caso e sim “jogada” ou “saque”

  102. MARCELO RIBEIRO says:

    CONCORDO PLENAMENTE.

    Em relação à torcida sabemos que é a cultura de assistir volei no Brasil, é assim mesmo. Foi adaptado do futebol, ao contrário dos estrangeiros que assistem como se estivessem numa partida de tênis.

    Agora em relação às jogadoras, QUE VERGONHA.
    Nunca vi uma delegação tão mal educada, mal comportada e sem modos em toda minha vida.
    Parecia um bando de alunas do colegial, sem educação, diga-se de passagem.

    Podem falar que é hipocrisia e tal, mas há um limite em tudo na vida. E essas “mulekes” passaram e muito do limite.

    Tive vergonha por elas, aliás quando revejo essas imagens me dá vergonha até hoje só por lembrar.

    Parabéns ao time, merecia muita comemoração e tal, mas peraí, onde está o Fair Play?

  103. Concordo com ele. Vi o jogo e sem ufanismo barato! Fiquei estupefato com a algazarra. OK. Era um momento de felicidade, mas há de se conter em respeito às colegas que estavam recebendo sua premiação.

  104. thais says:

    Também concordo com o jornalista. Até onde eu sei a premiação de medalhas é uma sonelidade. Eu assisti a premiação ao vivo, e isso me chamou atenção.Sim, ganhamos o ouro, e merecemos ganhá-lo, mas ficar dançando e fazendo palhaçadas enquanto as outras equipes recebem suas medalhas eu considero sim desrespeitoso. Eu iria achar um absurdo se a alguém estiverem fazendo brincadeirinhas durante a execução do hino brasileiro. Porque demostrar respeito durante a entrega de medalhas? Acho sim que devemos festejar e curtir do nosso jeito, mas isso não deve quebrar protocolos olímpicos.

    • marcia says:

      Concordo em parte, pois me passou uma idéia (por parte do jornalista) de dor de cotovelo. E acho também que foi infeliz a idéia preconceituosa de se achar que brasileiro vive a vida sambando e indo à praia ficando lá a noite toda, como se nós (a maioria) não trabalhássemos enfrentando condução demorada e cheia pra ganhar um salário miserável.

  105. Michel says:

    Bla Bla Bla. Na derrota dos meninos do vôlei, a Rússia fez a mesma coisa.

  106. Hellen says:

    Concordo com o jornalista. Assisti ao jogo no dia e cheguei a ficar constrangida com a atitude das atletas. Obviamente elas estavam muito felizes e empolgadas, mas precisa agir daquela forma animalesca? Foi falta de respeito, sim. Afinal, elas estavam em uma cerimônia séria, não numa balada. Ficavam gritando, dançando e tirando fotos enquanto as outras atletas recebiam suas medalhas. Soou como “não estamos nem aí pra isso, ganhamos e foda-se”. Poderiam ter ficado mais calmas ao menos no momento da cerimônia e deixado para comemorar entre elas depois. Ficpu feio e desrespeitoso. Comemorar é uma coisa, agir de maneira vergonhosa é outra… E com relação às vaias eu não gosto, mas é “normal” nos jogos, bem como nos jogos de basquete nos EUA.

  107. diva says:

    SINTO MUITO HEM…..

  108. tolito says:

    dor de cotovelo de quem perde é sempre assim ,seja americano ,brasileiro ,são paulino ou corinthiano

  109. Emanuelle says:

    So tenho a dizer que se esse jornalista e outras pessoas da mesma opiniao vierem ao nosso pais, serao bem recebidos. Ate porque somos muito calorosos e educados com nossos turistas. Trata-los bem e como dar um tapa sem mao mas com luvas.

  110. Sergio says:

    Está certo o americano. Os brasileiro são muito mau educados vão passar vergonha na Copa do Mundo e Olimpíadas, por causa da essência mau educada e barraqueira do povão brasileiro. Povo sem noção de bom senso.

  111. Camila says:

    Claro, claro… como se o publico não tivesse vaiado o Neymar toda vez que ele pegava a bola.

  112. Diego says:

    Que venham os gringos para a cidade mais perigosa do brasil serem assaltados, de uma forma cruel isso enriquece nosso pib e é um castigo por pensar que o Brasil é só Rio de janeiro e carnaval.

    • marcia says:

      Cidade mais perigosa? Vc acredita muito nos noticiários! Deve ver muito o Cidade Alerta! Brasileiro que tem preconceito de brasileiro não tem nem direito de criticar os estrangeiros que têm a mesma idéia preconceituosa! Moro na cidade do Rio de Janeiro, já estive em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e BH e em todas elas fui roubada ou assaltada, numa delas tive quase um dedo decepado. E no Rio de Janeiro, nunca fui! Por favor, no BR todo há violência! conheça primeiro para depois criticar!

  113. Arthur says:

    “Foi a primeira vez que vi um atleta sendo vaiado nos Jogos Olímpicos de Londres.”

    Foi mesmo? E o que o senhor me diz da própria torcida do “REINO UNIDO” vaiando Neymar o jogo todo? Cagou pela boca esse otário

  114. blabla says:

    Nos EUA eu não seria censurado como fui aqui. Pode espernear à vontade, mas você (dono do blog) não tem cultura e civilidade suficientes para fazer parte de um país civilizado tendo atitudes de gente tão arcaica e de pouco caráter.

  115. Eduardo says:

    Nunca vi ninguém fazendo festa na praia a noite inteira, na boa. HAHAHA. Um jornalista com uma visão completamente estereotipada.

  116. Breno Alves says:

    “Quanto à torcida brasileira vaindo cada vez que uma americana iria para o serviço? Jornalistas norte-americanos (como eu) que estavam twittando indignados não sabiam disso, mas é simplesmente uma prática comum em jogos de voleibol no Brasil. Os Jogos Olímpicos, afinal de contas, servem para estar lado a lado e conviver com as diferenças culturais por algumas semanas. Nem todos se vestem da mesma maneira. Nós todos não falamos da mesma forma“

    O cara não sabe nem se expressar… Muito divergente. O que ele fala, não é o que ele faz… Ponto

    Agora, olhando para o lado pratico, esse jornalista deve ser muito frustrado, tentando criar argumentos para denegrir a imagem do nosso povo por sermos mais divertidos, alegres e tão ou mais patriotas que eles.

    Cada um oferece o que tem… E festa, alegria, guarra e muita energia é mesmo com brasileiro. Simples rancor amargo do ouro pela prata.

  117. VERDADES says:

    Eu ri muito lendo isso tudo.

    Quando chega uma pessoa e diz que ODEIA essa merda de país chamada brasil, vem todo mundo pra cima dizer que temos samba, bunda e prosti….

    Mais na hora de respeitar os outros países la fora e fazer bonito, eles não fazem, quando o brasil ganhou suas pratas e bronzes por exemplo, vocês viram americanos, chineses e etc rindo da cara dos brasileiros e despespeitando o mesmos, além da torcida vaiar ?

    “VIVER A VIDA ITENSAMENTE” virou sinonimo de falta de educação e espirito esportivo.

    Se eles tivesse dado a desculpa do Vento, teria colado.

  118. Gomes says:

    Ao meu ver não houve falta de respeito, somos o que somos e comemoramos a nossa maneira, não é qualquer seleção que conquista um Bi Olimpico ainda mais com uma campanha delicada da 1ª Fase, pelo contrario em que premiação você uma Equipe clamando o nome do País adversario.
    Só temos que dar os Parabéns a Seleção Feminin Brasileira por mais essa conquista Olimpica.
    E a opinião desse jornalistasinho e de mais alguns que adora puxar o saco do pessoal de fora é muito pequena e sem noção ao se comparar com o Orgulho da Nação Brasileira que temos dessas meninas, e que venha 2016 com muita cambalhota, batucada, dancinha e o samba no podio.

  119. Lk says:

    Jornalista invejoso detected

  120. enny says:

    a opinião dele não importa -‘- pros americanos.

  121. Flavia says:

    Também achei excessiva a comemoração das atletas brasileiras no pódio. Acho que não havia necessidade de tanta zoeira. Acho que elas mesmas hoje devem estar arrependidas, pois garanto que não fizeram com a intenção de desrespeitar ninguém. Mas aconteceu. O pódio olímpico é um lugar de mais moderação, respeito, é um momento especial para com elas mesmas e principalmente com as adversárias. Há outros lugares para comemorar de forma mais excedida. Porém, nada que possa nos caracterizar como baderneiros, ou algo do gênero, pois no final das contas, tudo se resume a uma questão cultural. Americana de comemorações mais contidas e a brasileira mais extrovertida.

    • marcia says:

      Também acho! Mas achei muito preconceituoso o comentário do dito cujo. Dizer que vivemos a vida no carnaval e na praia a noite toda é típico de estrangeiros que desconhecem a realidade do Brasil! Mesmo quem vive aqui no Rio de Janeiro, apesar das belezas naturais, não são todos que usufluem delas. A maioria é trabalhadora que perde quase seu tempo de lazer numa condução ou trem e trabalha muito para ganhar um salário de miséria. E tenho certeza que isso é no país inteiro. E, em tempo, quero lembrar que os expectadores dos jogos de Londres não eram pobres! A falta de educação é da classe média pra cima! E nas Olimpíadas aqui no RJ, nos, pobres, vamos continuar ralando, e os privilegiados vão continuar indo aos estádios para nos envergonhar, passando para o mundo que “todo” o povo brasileiro é vagabundo e mal educação!

    • marcia says:

      Se vc assistir a um jogo de futebol americano ou da NBA, vc fica admirado com a mesma falta de educação mencionada pelo repórter ou jornalista, que por sinal é preconceituoso e invejoso! Mas acho também que moderação ao comemorar não faz mal a ninguém!

  122. Bruno says:

    .I. Aqui pra ele oh.

  123. Renan says:

    Pau no rabo dele

  124. loreno says:

    FAZER OQUE N VEYY
    SIMPLISMENTE INVEJA

  125. CLAUDETE MARINS REEVE says:

    Também comentei este comportamento exagerado das jogadoras e achei inadequado ao podium. Um pouco de classe ,não faz mal a ninguém.Aliás caracterizar o brasileiro como irreverente, excêntrico , informal é uma forma de chamá-lo de mal educado e sem civilidade.Não me orgulho dessas características, muito pelo contrário.

  126. JP says:

    Alguem ai tem o link do video ::::????Vlw.

  127. hingrid says:

    eu achei falta de respeito,moro no japao e nao e so nas olimpiadas que vemos esse comportamento..as vezes da vergonha de ser brasileiro.. vandalismo.e por causa de alguns ,somos todos rotulados ..

  128. Lucas says:

    Recalque.

  129. Ninguem says:

    Pra começar, eles nem são americanos, NÓS é que é, todos que moram na america, pra min eles são norte americanos, hoje em dia o mundo foca apenas a eles, e acreditam em tudo que eles falam, não estou falando da população, e sim dos politicos.

  130. Larissa says:

    Os comentários dele podem até ser preconceituosos em certos pontos, mas tenho que concordar em uma coisa: o comportamento da torcida. Se não me engano, nos jogos Panamericanos, por exemplo, a torcida vaiava todo e qualquer atleta estrangeiro que estivesse atuando, desde os esportes coletivos até o atletismo e as ginastas. Incenticar os atletas do Brasil, com certeza, mas o atleta brasileiro é tratado com respeito no exterior, acho que devemos ser melhores anfitriões e tratar bem quem vem à nossa casa.

  131. Marcelo says:

    MEU PAÍS NÃO INVADE OS DEMAIS POVOS E MATA INOCENTES PRA ROUBAR PETRÓLEO, NEM SOMOS CONHECIDOS POR SERMOS TERRORISTAS MUNDIAIS, MELHOR VOCÊ SE PREOCUPAR COM ISTO AMIGO ISTO SIM É GRAVE.

  132. Bruno says:

    As brasileiras não faltaram com respeito ninguém ! Os americanos é um povo invejoso e maus perdedores ! Aquela ginasta McKayla Maroney desprezou a prata no salto e os FDP não falaram do comportamento dela, no basquete eles podem gritar e invadir a quadra antes do termino da final e são educados ? Americanos são um bando de invejosos que não tem nada para fazer e critica os outros, é um país que na minha opinião os brasileiros tinham que desprezar. Em 2016 sou a favor de que vaiem eles com gosto é só para completar meu país não invadem e mata inocentes de outros países como eles.

  133. paulo says:

    só lembrando a este jornalista norte americano quando afirma que é o país da caipirinha e carnaval, qualquer tipo de generalização, torna-se arriscado.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo