Publicidade

Publicidade
04/03/2013 - 00:02

E se o Homem Aranha realmente fosse baseado no animal?

Compartilhe: Twitter

Você já parou para pensar que, levando-se em consideração o animal na vida real, o Homem Aranha não deveria ser como é mostrado nos quadrinhos e cinema? Não? Mas alguém pensou e fez um vídeo mostrando de maneira bem humorada como deveria ser o herói.

Achou que era tudo invenção? Não, alguns fatos são comprovados:

– Aranhas são cobertas em pelo, suas patas tem 624,000 pelos para escalarem (A. Martin, Institute for Technical Zoology and Bionics in Bremen, Germany.)

– Aranhas têm quatro pares de olhos, (Ruppert, E. E., Fox, R. S., and Barnes, R. D. (2004). Invertebrate Zoology (7 ed.)

– A teia de uma aranha sai de algo conhecido como “spinnerets”. Estas quatro projeções em forma de cone estão próximas a ponta doabdomem, perto do ânus. (Craig, C. L. (1997).

– Interações macho-macho foi observado em várias aranhas das famílias Salticidae e Lycosidae (Bristowe, 1929)

– Uma média de 250 aranhas são encontradas durante uma autópsia humana vivendo no sistema endócrino (Chicago, IL; East Coast autopsies reveal more spiders)

– Aranhas e produção de leite: (Fun Facts About Spiders, see also The Elaborate Structure of Spider Silk; Lin Römer and Thomas Scheibel)

– Pênis das aranhas se soltam durante o acasalamento (Welsh, Huffington Post, 2012)

– O estômago das aranhas é muito fino para ingerirem sólidos e elas liquefazem sua comida molhando com suco digestivo enzimático (Wikipedia)

Via Sedentário

Autor: - Categoria(s): Hilário, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

3 comentários para “E se o Homem Aranha realmente fosse baseado no animal?”

  1. fabin says:

    lançar teia pelo (*) foi phoda.

  2. Maurício says:

    Aranhas encontradas durante uma autópsia??? Essa frase não faz sentido. Encontradas durante uma “autópsia” ou “exumação”?

  3. YO says:

    uma palavra: NOJENTO

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo