Publicidade

Publicidade
03/04/2013 - 08:23

Não acredite em tudo que lê no Facebook: O Paracetamol

Compartilhe: Twitter

A partir de agora, vamos iniciar uma nova série de posts no Buteco, o “Não acredite em tudo que lê no Facebook“. A ideia é bem parecida com o que meu amigo Gilmar já faz no eFarsas, mas voltado exclusivamente para os textos compartilhados no Facebook, sem que as pessoas atestem a veracidade do que está escrito.

Neste primeiro, vamos falar sobre um texto que fala do uso do paracetamol.


Há algum tempo, vem circulando no Facebook um texto que afirma que o paracetamol, mais especificamente o Tylenol, pode levar uma pessoa à morte.

Nele, o autor afirma que a dengue nunca matou e que este quadro começou a mudar quando o Ministério da Saúde iniciou o tratamento com paracetamol.

Veja o texto.

Pessoal… Deem uma lida na Enciclopédia Wikipédia e confirmarão esta notícia
Segundo o Prof. Dr. RENAN MARINO, professor de Pediatria na FAMERP (FACULDADE DE MEDICINA DE S. J. RIO PRETO-SP), a dengue é uma doença virótica, parente da hepatite C, e sempre foi benigna, isto é, nunca matou. E NÃO MATA!

Isso até 1957, quando surgiu no mercado a droga chamada PARACETAMOL (TYLENOL).
Foi imediatamente indicada como tratamento para dengue pelo Ministério da Saúde Brasileiro, embora não exista nenhum trabalho NO MUNDO TODO que comprove a eficácia deste veneno no tratamento da dengue.

A partir de 1957, a dengue começou a matar.

O PARACETAMOL é uma droga que destrói o fígado do paciente.

O vírus da hepatite C já detona o fígado e, com o veneno do PARACETAMOL, esse fígado é destruído, o que leva o paciente à morte.

A dengue hemorrágica nada mais é que a reação do organismo, quando o fígado, destruído pelo PARACETAMOL, provoca a morte do doente.

Segundo ainda o Professor Doutor Renan, se o paciente NÃO TOMAR PARACETAMOL, ele terá todos os sintomas da dengue: mal estar, febre, dores nas juntas, vômitos, coceiras e dor nos fundos dos olhos, mas, após uma ou no máximo duas semanas, estará VIVO e bem.
MAS, SE TOMAR PARACETAMOL, corre o risco de morrer.

Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, esse veneno é proibido.

Na Grã-Bretanha, é usado como forma de suicídio.

Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias seu fígado é destruído e se, não fizer transplante, morre.

Por isso, se você ama alguém, informe-o disso.

Segundo o médico Prof. Dr. RENAN MARINO, pode-se tomar Dipirona e seus derivados, pois não são metabolizados no fígado.

FIQUEM DE OLHO!

COMPARTILHEM…

_________________________

A VERDADE

Assim como quase todo texto alarmista no Facebook, ele não faz referência à nenhuma fonte e as pessoas repassam a informação sem confirmar sua veracidade. No entanto, buscando um pouco na internet, é possível encontrar uma curta matéria do próprio Dr. Renan Marino, na qual afirma que ele não é o autor do texto.

Entretanto, faz uma ressalva sobre seu conteúdo, afirmando que o uso sistemático e prolongado desta droga resulta em inflamação e alteração da função hepática. Veja na íntegra.

Este e-mail contém uma série de impropriedades, e também é claro que não foi escrito por mim. Porém, o que pode ser afirmado é que de fato o uso sistemático e prolongado desta droga já resulta em inflamação e alteração da função hepática.

A própria bula do paracetamol no medicamento de referência adverte que o mesmo não pode ser usado por mais de dez dias consecutivos, porque já passa a afetar a função hepática e sobrecarregar a função renal. Na dengue, por exemplo, deve ser totalmente evitado, pois seu metabolismo inadequado nestas condições pode levar a graves lesões hepáticas.

Mais informações podem ser obtidas nos textos e vídeos do blog, em especial a Representação ao Ministério da Saúde na seção “Leia Também…”

Dr. Renan Marino

_________________________

CONCLUSÃO

O texto só é real em um aspecto: deve-se tomar o medicamento com moderação, mas é alarmista e não foi escrito pelo médico citado.

Apesar de óbvio, não custa lembra que nenhum medicamento deve ser tomado sem o devido acompanhamento médico. As consequências podem ser fatais.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Não acredite em tudo que lê no Facebook Tags: ,

Ver todas as notas

57 comentários para “Não acredite em tudo que lê no Facebook: O Paracetamol”

  1. Diogo Avila says:

    Muito bacana a sua iniciativa. Certamente acompanharei.
    Só lamento que você e a população esclarecida em geral tenham que ficar desmentindo estas asneiras que são escritas por anônimos. Anomimato é uma M#$&@!
    Se papel aceita qualquer coisa… Imagina a internet?!?!?

  2. Excelente essa iniciativa da série “Não acredite em tudo que lê no Facebook“. Tá ficando cada vez mais complicado ver a timeline lotada desse tipo de post compartilhado, sem contar os que prometem sortear prêmios. Como cartunista que sou, não pude deixar de fazer uma charge sobre o assunto: http://tinyurl.com/cl2wffm Espero que gostem!

  3. Vampira Dea says:

    Perfeito! As pessoas compartem sem verificar a procedencia e coerencia da noticia

  4. Edu says:

    Boa iniciativa mas o título do seu post se contradiz. “Não acreditar em tudo que lê no facebook” deveria falar sobre algo que postam e é MENTIRA, no entanto, não é o que pode ser visto no exemplo citado.

  5. Ramon says:

    Faltou a fonte, pois senão pode virar “mentiras” do butecodanet! (criando um paradoxo heushueahesa)

  6. FEX says:

    È simplesmente ridículo esse povo que compartilha essas mensagens idiotas no facebook.
    A melhor coisa a se fazer é deletar o facebook e viver na vida real e não na virtual.

  7. Pablo says:

    Boa, tem muitas aí para desvendar. A ridiculise das caixas de leite que falam que a numeração na embalagem embaixo e da quantidade de vezes que o leite e reciclado, as campanhas dizendo que a coca cola mata (inclusive dos qu explodiram ao beber coca cola e mentos), assim que lembrar de outras ridiculises do tipo informo para procurar!

  8. Liah says:

    Adorava o site e-farsas! Muito legal a ideia de fazer uma postagem assim.

  9. Andre says:

    Beto, só uma correção, o link do site do e-farsa está com um errinho, faltou um “-” no link: http://www.e-farsas.com/

    absss

  10. teDim says:

    A questão é: todo e qualquer medicamento é um elaborado de drogas, nenhum não possui efeito colateral, o paracetamol é utilizado para combater a febre e dores que a dengue causa no corpo, qualquer remédio tem seu efeito colateral, não apenas o paracetamol em si, mas TODOS. Vale lembrar, quem pegar dengue, veja lá se consegue aguentar 2 semanas sem tomar absolutamente NADA.

  11. Igor says:

    Pios é, quando vi já sabia que era mais um texto exagerado. E até onde eu saiba o Paracetamol não é proibido nos EUA, mas sim a Dipirona, esta sim é proibida por lá. A Dipirona tem uma pequena probabilidade de causar Agranulocitose, podendo levar o indivíduo a morte, mas ainda assim é uma chance muito pequena. Em suma, todo medicamento tem um porém e devemos recorrer a eles apenas em última instância e é claro com recomendação médica.

  12. Jean Karlo says:

    Mano o cara no texto falou que na Gra-bretanha o medicamento eh proibido kkkkkkk. Aqui na Inglaterra paracetamol eh o que mais tem.

  13. eron says:

    È um bom alerta para todos nós.

  14. Luciano says:

    Esse texto já começa errado,ler a enciclopédia livre que todos podem editar pra confirmar o que?

  15. Renan Marino says:

    Infelizmente a sua tentativa de corrigir algo, está fazendo mais mal que o próprio remédio… Este texto é verdadeiro, escrito por mim sim. Esta pequena ressalva que vc encontrou no meu blog é apenas para os casos das pessoas que repassam o texto sem passar por mim… Deveria ter lido todo o blog, onde em inúmeras matérias científicas, tem o processo que entrei no Ministério Público Federal contra o uso do paracetamol na dengue, etc… com tantas postagens absurdas, você não teve o cuidado de passar para as pessoas informações mais seguras. Tantas mortes por uso do paracetamol e vc usa este canal como um desserviço à população. Que pena, tantas pessoas colaborando e fazendo o que é certo. Para conhecimento de quem navega neste espaço, seguem artigos de pesquisadores renomados, como o Prof. Dr. Anthony Wong, um dos maiores toxicologistas do país, o relatório do FDA sobre o paracetamol, o artigo que fala que o paracetamol diminui o efeito da vacina se tomado no mesmo dia e que causa ainda asma brônquica em crianças. Deveria ter mais cuidado com o que publica, pessoas estão morrendo:

    http://www.renanmarino.com/search?q=vacina
    http://www.renanmarino.com/2013/03/guia-de-sobrevivencia-em-tempos-de.html
    http://www.renanmarino.com/2010/08/denuncia_1593.html
    http://www.renanmarino.com/search?q=jama
    http://edimilson.com.br/dengue/
    http://www.fda.gov/ForConsumers/ConsumerUpdates/ucm239747.htm
    http://www.istoe.com.br/reportagens/179642_AS+ARMADILHAS+DOS+ANALGESICOS
    http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2012/01/03/estudos-sugerem-associacao-entre-uso-de-paracetamol-e-asma-em-criancas.htm
    http://veja.abril.com.br/noticia/saude/casos-de-dengue-crescem-190-no-brasil-em-um-ano
    http://www.istoe.com.br/assuntos/entrevista/detalhe/38153_O+RISCO+DOS+ANALGESICOS
    http://drauziovarella.com.br/clinica-geral/automedicacao-e-autoprescricao/
    http://noticias.uol.com.br/uolnews/saude/entrevistas/2005/12/08/ult2748u82.jhtm

    Vamos ver se publicará esta resposta.
    Boa sorte.

    • ONEberto says:

      Pera. Deixa ver se eu entendi. Vc faz um texto no seu blog onde afirma com todas as letras que sao “impropriedades, e também é claro que não foi escrito por mim” e agora diz que foi vc quem escreveu? Desculpa, mas o confuso aqui não sou eu. Apenas reportei o que constatei, obviamente confrontando as informações. Inclusive, reproduzi na integra o que esta escrito no seu blog, fazendo referencia ao ponto principal que é a mensagem.

      Bom, já que se expressou, ainda que de maneira indelicada, a apuração dos fatos depende dos leitores. Boa sorte.

  16. Eu nunca vou entender essa gurizada que sai repostando tudo o que vê na net… custa pesquisa antes, pra não pagar de babaca?

    Se essas pessoas que repassam esses links, ao menos entrasse, por exemplo, no site do Tylenol, veria que há um link destacada falando sobre a doença e explicando…

    Tá aqui: http://www.tylenol.com.br/dengue

    Enfim… 🙂

  17. galliard says:

    Quem está há mais tempo nas Internetchas sabe que bullshit é a regra. Portanto, a galerinha antenada com ensino superior sabe filtrar informação e facilmente desmente qualquer boataria que surge na rede. O problema é a desgraça da inclusão digital, que encheu de semianalfabeto um meio que outrora fora povoado por indivíduos dotados de alguma capacidade de discernimento. O grande problema é que o novo usuário da rede não está aqui atrás de conhecimento. Seu único objetivo é galinhar sem rumo nas redes sociais, acreditando em tudo o que lê, visto que seu senso crítico é limitado. É como uma criança em uma mesa de bar. Quando o Seu Moura começar a falar que come 3 ninfetas todo dia, o queixo do menino vai cair se ninguém falar que é lorota. Acho que a ideia é: galerinha, vamos deixar de preguiça mental e confirmar as porcarias que lemos antes de sair por aí compartilhando com outras mentes incautas. Parabéns pela iniciativa do buteco. =D

  18. Renan Marino says:

    teDim: concordo, todos os medicamentos tem algum tipo de efeito colateral, porém, o que torna o paracetamol absolutamente incompatível de ser administrado em casos de dengue, deve-se a uma particularidade metabólica do paracetamol gerar metabólitos reativos tipo paraaminobenzoquinonaimino que causam necrose hepática, se não forem imediatamente bloqueados por uma substância chamada glutation que o fígado deixa de produzir quando está acometido pela dengue. Logo, o paracetamol causa nestes casos, uma hepatite medicamentosa e hoje sabemos que em 100% dos casos de dengue têm hepatite viral. A sobreposição destas duas hepatites (viral e medicamentosa) é que determina os quadros graves e fatais. Já enviei alguns artigos para consulta. Abraço, Renan

  19. Barbara says:

    Mas afinal, pode ou não tomar tylenol com suspeita de dengue?

  20. Renan Marino says:

    Igor, realmente a dipirona é proibida nos EUA sim, mas o paracetamol já é contra-indicado pelo FDA para uso pediátrico e representa a principal causa de insuficiência hepática aguda e transplante de fígado nos EUA, há pelo menos uma década.
    Existe o ibuprofeno ainda como opção para dor e febre, porém, apenas em doses analgésicas e antitérmicas na dengue.
    Segue link para seu conhecimento (Dr. Anthony Wong, maior autoridade brasileira em toxicologia, chefe do CEATOX – USP):
    http://noticias.uol.com.br/uolnews/saude/entrevistas/2005/12/08/ult2748u82.jhtm

  21. Guto Ferreira says:

    Bom, eu li o texto no Facebook, e procurei saber a respeito. Bom, sobre a postagem, em nenhum momento no texto é dito que o autor é o Dr. Renan Marino, ele apenas o cita na publicação. Eu li no blog do médico, e realmente ele não recomenda a uso do Paracetamol, e diz que ele influencia quase que diretamente nas mortes por dengue. Então a publicação não totalmente falsa, nem totalmente verdadeira, porque traz dados que não procurei saber a verdade, porém não me importa.

  22. Renan Marino says:

    Jean Karlo, por isto que publiquei no blog aquela nota falando sobre o texto que circulava na internet. A maior parte é tirada de entrevistas mesmo, mas tem algumas impropriedades, como esta por exemplo que diz que é proibido quando na verdade, no texto original, diz que é controlado, uma vez que hoje representa a principal causa de overdose intencional (suicídio), seguida de morte no Reino Unido. Segue links para seu conhecimento:
    http://www.istoe.com.br/assuntos/entrevista/detalhe/38153_O+RISCO+DOS+ANALGESICOS
    http://www.istoe.com.br/reportagens/179642_AS+ARMADILHAS+DOS+ANALGESICOS
    Abraço, Renan

  23. pedro nolasco says:

    levar a morte já é demais mas moro numa região (Grande Vitoria/ ES) que há grande infestação de mosquitos da dengue, não tomo paracetamol e nunca peguei dengue. acho que deve ter alguma ligação sim

  24. Nathy says:

    Sabe pq o paracetamol é proibido nos Estados Unidos? Pq quando começou-se a pensar em falência hepática causada por este medicamento, a patente do medicamento estava quase vencendo. Ou seja, logo poderiam fazer vários medicamentos genéricos contendo o paracetamol e a empresa que possuia a patente já não lucraria tanto. Logo, para eles não era interessante investir em pesquisas que esclarecessem isso, e o principio ativo acabou sendo deixado de lado, já que haviam muitos outros para explorar e utilizar.

  25. Renan Marino says:

    ONEberto, não quis ser indelicado, apenas não concordo com a forma que expôs o assunto, quando diz que “não faz referência à nenhuma fonte”. Vc teve acesso ao Blog onde tem muitos artigos e referências e publicou apenas uma ressalva que fiz por perceber que alguns textos repassados tinham algumas impropriedades como a metabolização do paracetamol no fígado ou dizer que o medicamento é proibido na Grã-Bretanha quando na verdade ele é “controlado”. Esta ressalva foi com a mesma intenção que vc fez está página: que as pessoas tivessem senso crítico na hora de repassar alguma coisa. Não me referi especificamente a este texto que vc publicou. É um alerta, respondo a todas as perguntas e e-mails, a melhor fonte de informação é o blog. Em todo o caso, deixei alguns artigos para que as pessoas tirem suas próprias conclusões. É uma advertência séria e que evita o risco de morte, por isto me dedico a esta causa. Abraço, Renan

  26. Fabio says:

    Engraçado que no eua em qualquer farmácia você encontra váááários tipos de tylenol. Não sei de onde tiraram que é proibido nos eua.

  27. Ricardo says:

    Quem disse que paracetamol é proibido nos EUA??
    Lá é vendido em potes com mais de 1.000 cápsulas!!
    É o único analgésico não-opóide e não antiinflamatório disponível, diferente da situação brasileira, em que dispomos também da dipirona.
    Esta última, por sua vez, tem uma segurança quanto ao seu uso colocada em xeque pelo FDA pelo risco de uma condição grave e potencialmente fatal, a aplasia medular.
    A dose tóxica do paracetamol é MUITO maior do que a dose terapêutica e é a droga recomendada pelo Ministério da Saúde para o controle dos sintomas associados à dengue.
    O paracetamol não trata a dengue e nem nunca foi esse o objetivo de sua prescrição em casos de dengue.
    Além disso, comparar o vírus da dengue com o da hepatite C é forçar a barra…existem outros vírus com características muito mais próximas…

    O paracetamol é um analgésico e antipirético para alívio sintomático, inclusive possui antídoto específico, em casos de intoxicação. Use com moderação, respeite as orientações do seu médico, nunca se auto-medique e tudo correrá bem.

  28. Renan Marino says:

    Barbara, paracetamol na dengue não pode. A dengue é uma hepatite viral e o paracetamol afeta o fígado causando hepatite medicamentosa porque o fígado já está sendo agredido. Apenas dipirona ou ibuprofeno em doses analgésicas e antitérmicas. Algumas pessoas são alérgicas à dipirona, neste caso só o ibuprofeno, porém, nunca tome nenhum medicamento sem consultar o seu médico sobre dosagens, etc.

  29. Vários medicamentos não são indicados em casa de suspeita de dengue, inclusive o paracetamol, mas não é só ele, se tiver com suspeita de dengue, medicamentos que contenham na formula o acido acetilsalicidrico pode agravar hemorragias (devido ao seu efeito anti coagulante sanguíneo), e não causá las! isso não é culpa do medicamento, é do uso indiscriminado do mesmo.

  30. rodrigov8ao says:

    minha esposa teve dengue hemorrágica e só não morreu porque o médico não diagnosticou dengue e ela fez uso de dipirona e ibuprofeno e sarou sem usar esse medicamento.

  31. Wellington says:

    Como assim dengue hemorrágica não existe?! AUSHAUSHAUSHAUH fala sério, o tipo 4 da dengue que é hemorrágica chega na célula das veias, e injeta seu DNA, pq a capsula não consegue atravessar a membrana plasmática, quando o DNA entra na célula ele produz mais DNA do vírus e capsulas, como as capsulas não conseguem atravessar a membrana plasmática ele fica presa dentro da célula, a célula fica cheia de capsulas incha e explode, causando a hemorragia, pfvr basta estudar pra saber disso u.u

  32. Erick Vaz says:

    O profissional mais qualificado para abordar esse tema são os FARMACÊUTICOS. Afinal de contas, foram eles que passaram ANOS pesquisando e estudando esse medicamento antes de colocá-lo no mercado. O que acontece é que a maioria das pessoas acham que as Drogarias são como lojas de roupa, onde você escolhe o que quer e sai comprando o que “der na telha” por conta própria. Tenham como exemplo os ANTIBIÓTICOS, que passaram a ser controlados com receita médica devido aos usos absurdos dessas drogas sem necessidade alguma. Fiquem atentos… o remédio que cura é o mesmo que mata, só depende de você.

  33. Andre says:

    Agora nao sei mais se dá pra tomar paracetamol ou não… e ai doutor?

  34. Márcio says:

    Discordo veementemente do não uso do paracetamol. Doses usuais não lesam o fígado, acho estranho e equivocado um médico ser envolvido em tal tipo de hoax. O pior é ele declarar que o hoax é, de certo modo, verdadeiro… A tendência hemorrágica no dengue fundalmentalmente se vincula a plaquetopenia, queda do número de plaquetas no sangue, e não a depleção de fatores de coagulação. Tal depleção até pode ocorrer se houver envolvimento hepático, mas aí ibuprofeno não poderia ser utilizado, droga também hepatotóxica e, o pior, um AINE!! Podem até falr que em doses baixas ele atue com analgésico/antitérmico, mas a superdosagem do mesmo é tão ruim ou pior que a superdosagem do paracetamol no contexto da dengue. Sendo um pouco teórico da conspiração acho que há interesses empresariais em propagar tais informações.

  35. Márcio says:

    Ao colega Ms. Renan
    O senhor poderia citar fontes científicas que endossem suas afirmações, preferencialemente com grau de impacto relevante? O paper do FDA não conta, ele endossa o que afirmei: que somente superdoses são danosas ao fígado (“The risk of liver injury primarily occurs when patients take multiple products containing acetaminophen at one time and exceed the current maximum dose of 4,000 milligrams within a 24-hour period”). De preferência fontes que associem falência hepática, dengue e paracetamol! Obrigado desde já!

  36. Renan Marino says:

    Ms. Márcio,
    Discordo veemente do USO do PARACETAMOL no dengue, já que desde 2006 o artigo que segue abaixo, publicado no JAMA desmistificou para sempre o argumento de que a toxicidade são dose-dependentes. A fisiopatologia do dengue decorre primordialmente dos fenômenos vaso-ativos e consequente extravazamento de plasma para intestícios e cavidades decorrentes da liberação de fatores de necrose tumoral e várias interleucinas devido as extensas áreas de necrose hepática causadas pela paraaminobenzoquinonaimina não neutralizadas em razão das baixas reservas de glutation já que na situação de dengue, o fígado encontra-se em vigência de hepatite viral, com ampla depleção desta substância que deveria estar mediando a via do citocromo oxidase p450 2E1. Em relação a plaquetopenia, ela é importante sim, porém, os mecanismos de sua baixa até hoje são discutidos, talvez até mesmo por direta ação viral, mas o que realmente vai desencadear as hemorragias e o choque cárdio-circulatório deve ser atribuído à baixa absoluta dos fatores de coagulação que deixam de ser sintetizados uma vez que a esta altura já nos encontramos em estado de insuficiência hepática aguda e caminhando também para múltipla falência de órgãos, como rins, supra-renais, etc. Segue o link:
    http://www.fileden.com//2012/12/22/3379035/JCSep06Article.pdf

  37. Laemol says:

    Bom agora ficou dificil……Tomo ou não o medicamento.
    Falaram muito tecnicamente e complicadamente, pelo menos para mim, um simples mortal com DENG.

  38. Márcio says:

    Prezado colega
    Não acho que o artigo da JAMA desmitifique coisa alguma. Ele só relata alterações de ALT com doses de paracetamol até 4g. Contudo o mesmo diz que a relevância clínica disso é incerta. A hemorragia do dengue decerto relaciona-se com a ativação de TNF alfa, interleucinas 2, 6, 8 e 10 além do interferon alfa, bem como a interrelação desses com alguma próteínas de adesão do endotélio vascular (só consigo me lembrar da VCAM, lamento…). Fisiopatologicamente o senhor está certissimo. Na prática clínica o que observamos? Plaquetopenia e hemoconcentração, não é mesmo? Depleção absoluta de fatores de coagulação, grosso modo, podemos encontrar em choque séptico qualquer, independente do agente etiológico que começou a bagunça, certo? Envolvimento visceral, fígado incluso, no dengue é dito forma atípica por ser… atípica! Nessas formas o paracetamol é arrolado como um dos personagens na disfunção hepática. Mas daí a propagar o não uso do mesmo vai uma distância enorme. Eu tyambé não concordo muito com o senhor em chamar dengue de hepatite, inúmeras doenças que sindromicamente se encaixam como síndrome ictero-hemorragica tem envolvimento hepático, mas ninguém as chamam de hepatite… A OMS, o CDC e o ministério da saúde do Brasil OMS endossam o uso do paracetamol no combate a sintomatologia do dengue.
    PS: Ainda aguardo o artigo relacionando dengue, disfunção hepática e paracetamol que conclua pelo não uso da droga…
    PS2: Também correlacionam disfunção hepática na dengue com o uso de anti-emeticos, mas não achei nada concluindo para não usar…

  39. Barbosinha says:

    E agora?

  40. Geraldo Custódio says:

    não sou medico, nem trabalho na área de saúde, mas neste link abaixo diz que fez um entrevista com o Dr Marino o qual confirmou as informações, alguém poderia me dizer quem esta falando a verdade?
    abraços.
    vivabem.band.uol.com.br/saude/noticia/?id…

  41. rueneas says:

    O que mata é a burrice e a desinformação.

    • Antenor says:

      ESSE ‘MITO’ DE QUE PARACETAMOL MATA,JÁ FOI DESMASCARADO PELO E-FARSAS.COM, HÁ TEMPOS!
      Uma rápida busca por “Dr Renan Marinho” n Google nos leva à página do próprio doutor, onde ele mesmo explica (em 2011!) que NÃO é de sua autoria o texto que circula pela web e atribuído a ele!
      Apesar de inúmeros estudos que estão sendo feitos a respeito do medicamento, seu uso ainda é liberado no mundo todo. O que é proibida nos Estados Unidos, desde a década de 1970, é a venda da dipirona sódica.
      Quanto ao parágrafo que diz que na Grã-Bretanha o Paracetamol é usado para suicídio, fica a dúvida de onde foi tirada tal informação. Há muitos relatos na internet de pessoas que tentaram suicídio se enchendo desses comprimidos e não obtiveram êxito.
      Outra dúvida que surge ao lermos o parágrafo é: Se o medicamento é proibido, nesses países,como que os suicidas conseguem compra-lo?
      O artigo intitulado “As Origens dos Mitos sobre a Segurança do Paracetamol” diz (em inglês) que dos casos de morte por uso de medicamentos na Grã-Bretanha, 5% foram em decorrência do uso do Paracetamol. Apesar disso, de 97 a 98% desses casos ocorreram por causa do uso exagerado (superdosagem) do produto.
      Outro trecho que chama a atenção no texto:
      “Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias seu fígado é destruído e se, não fizer transplante, morre.”
      Novamente, o autor não conseguiu explicar de onde foi tirada essa informação. Se eu tomar 10 comprimidos por dia? Se eu tomar 10 comprimidos em 5 dias? Meu fígado vai ser destruído se eu estiver com dengue?
      IMPORTANTE dizer aqui que, assim como todo medicamento, O consumo acima do recomendado na bula pode fazer muito mal a sua saúde!
      Um estudo feito entre 1992 e 2008, em Edimburgo (Reino Unido), mostrou que a overdose(excesso total) do Paracetamol pode causar problemas nos rins, fígado e cérebro.
      Fique esperto quanto a isso!
      Fique esperto também que o uso do Paracetamol não é indicado para uso em pacientes com suspeita de dengue. Também não é bom misturar medicamentos com álcool.
      ConclusãoFinal:
      A notícia é FALSA!! Talvez, a intenção de quem inventou o boato podia ter sido a melhor de todas, mas ao inventar trechos e dar o tom alarmista ao texto, o autor se perdeu e acabou criando uma lenda que dura há mais de uma década na web. O aviso não partiu do Dr. Renan Marinho, mas é importante não exagerar nas doses desse ou de qualquer outro medicamento! Em caso de dúvida, procure um médico (sei que é não e fácil marcar uma consulta, mas…).
      LEIA MAIS: http://www.e-farsas.com/paracetamol-tylenol-destroi-o-figado-verdade-ou-farsa.html#ixzz2URDPlLky
      Read more: http://www.e-farsas.com/paracetamol-tylenol-destroi-o-figado-verdade-ou-farsa.html#ixzz2URCtaNGK

  42. Renan Marino says:

    Caro Márcio,
    Estou encaminhando apelo público ao Ministro da Saúde onde constam as referências que vc solicita.
    PS. me encaminhe estudo duplo-cego, randomizado, placebo-controlado mostrando que é seguro o uso do paracetamol na dengue.
    Segue também recente artigo mostrando que a interferência da indústria farmacêutica nas políticas públicas e consensos médicos, longe de delírio ou fantasia, são de fato realidade.
    http://www.renanmarino.com/2013/04/mortes-na-dengue-apelo-publico.html
    http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/eci.12074/pdf
    Abraço, Renan

  43. Renan Marino says:

    Laemol e Barbosinha,
    Na dengue paracetamol nunca. Todas as evidências apontam para a suspensão imediata do uso do paracetamol na dengue, pelo menos até que sejam conduzidos estudos multicêntricos, randomizados,
    duplo-cegos e placebo-controlados para que se afastem todas as dúvidas quanto à temeridade do seu uso nestes casos.
    Até que se tenham conclusões definitivas a este respeito, o protocolo da dengue deve seguir com a indicação isolada da dipirona, até mesmo porque esta droga já faz parte da
    conduta adotada na atualidade. Seguir defendendo o uso do paracetamol na dengue como algo seguro e isento de riscos se administrado nas doses preconizadas, não convém, contraria o bom senso e a lógica terapêutica, não compensa o risco/benefício. Não passa de uma falácia que já custou demasiadas vidas…

  44. jjoao says:

    segunda esta reportagem da band o medica afirma a relação

    http://vivabem.band.uol.com.br/saude/noticia/?id=100000414093

  45. SOS FÍGADO X PARACETAMOL says:

    PAREM DE ACUSAR AS PESSOAS ,MÉDICOS E FABRICANTES!!!, SE VOCÊ TOMOU OU VEM TOMANDO O PARACETAMOL A ALGUM TEMPO DIARIAMENTE ,REALIZE UM EXAME DO FÍGADO E VENHA RELATAR O REZULTADO ,POIS ASSIM AJUDARIA A ESCLARECER DE VEZ ESTA DULVIDA,LEMBRANDO QUE VOCÊ É O ÚNICO REPONSÁVEL PELA INTEGRIDADE DA SUA SAÚDE.A SUA RESPOSTA É MUITO IMPORTANTE PARA TODOS.

  46. Luciane says:

    http://saude.terra.com.br/diminuicao-das-caixas-de-paracetamol-reduzem-mortes-por-overdose-no-runido,354bad2c5c7bc310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html
    leia atentamente e tire suas conclusões, sei que o facebook mentemuito e que exagera, mas sabe aquele ditado antigo que diz “onde há fumaça a fogo” ou “por tras de toda mentira a um fundo de verdade” ? pois é!

  47. Juliane da silva says:

    Minha tia….minha companheira faleceu em virtude do paracetamol…..vc n precisa tomar uma superdosagem para morrer…..o medico explicou que nosso figado n tem capacidade para filtrar o paracetamol….e por isso que vai acumulando dentro do orgão e um dia n se sabe quanto tempo depende muito da pessoa, isto vai t fazer mal e um dia vc tera problemas no figado..problemas graves ou leves….ela teve uma morte horrivel teve falencia em todos os orgãos de um a um a vids dela foi se esvaindo e ate entrar em coma profundo e morrer….lembrando que tudo isto desde as dores ate a morte foram so 15 dias….entao cada um da a importancia necessaria para a propria vida eu nao tomo mais e quem eu puder contar avisareii…mais que expor os fatos n posso fazer….cada um faz oque bem entender..a vida é sua….

  48. Mario de Brito Junior says:

    Gosto da polêmica desta página, mas apesar de rede sociais inventarem, aumentarem e induzirem as pessoas em muitas mentiras, não acho o caso do PARACETAMOL, seja tão ruim assim, e gosto que continuem seu pronunciamento nas redes sociais, pois os indícios aos males de fígado e rins são incontestáveis, e claro que já causou mortes de Dengue devido há seu uso!

  49. Daniel says:

    Paracetamol ou “Cara ocê tá mal!”?

  50. douglas says:

    É claro que não se deve acreditar no facebock isso é para crianças e retardados adultos.

  51. moretti says:

    Wikipédia?? Fail!!!

  52. Felipe says:

    Vale lembrar que o Dr. Citado, SIM, condena o uso de paracetamol e aponta o uso do mesmo como grande aliado no número de ÓBITOS nos casos de dengue. A única coisa que o doutor desmente, é que o texto citado tenha sido endossado por ele, mas ele SIM reforça a crítica contra o uso do paracetamol no caso de suspeita de dengue. O uso da dipirona ou se vc tiver problemas com dipirona, o mais recomendado é o ibuprofeno que é o mais indicado em caso de dengue (no caso de medicamento… claro que vale lembrar que VOCÊ TEM QUE SE ALIMENTAR , E TEM QUE SE SUPER HIDRATAR, COM PELO MENOS 3 LITROS/DIA, ESSE DE FATO É O GRANDE REMÉDIO!!).

  53. Oliver says:

    poisé, por isso nem compartilho muita coisa que acho nada ver. 🙂

  54. Clediomir says:

    É verdade sim!!!! Eu estou com problema grave no fígado a ponte de ter uma cirrose hepática depois de utilizar o paracetamol por pelo menos 3 vezes por semana e em meno de um ano.

    Eu achava que era mito até estar com o problema que é muito sério. Nunca mais bebo paracetamol pois amo a minha vida.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo