Publicidade

Publicidade
29/05/2013 - 00:04

Imagem do Dia: Sobrevivendo

Compartilhe: Twitter


Consideramos como “imagem do dia”, mas a história que a envolve ocorreu há 13 anos. Nela, é possível ver a movimentação de várias pessoas durante uma operação militar no Morro do Jacarezinho, no Rio de Janeiro.

A foto, tirada por Zulmair Rocha, mostra um policial caminhando de costas enquanto tenta salvar a vida de uma criança que ficou sem ar após o uso de gás lacrimogêneo no confronto.

Zulmair ficou em primeiro lugar no Prêmio Shell.

Via Imagens Históricas

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Imagem do dia Tags: , ,

Ver todas as notas

9 comentários para “Imagem do Dia: Sobrevivendo”

  1. SaitoJr says:

    E o que aconteceu com a criança?

  2. rodspeed says:

    Agora pergunta pro vermelhinho moderno e revolucionário dos Direitos Humanos se o traficante dele faria isso pela criança????

    • william haddad says:

      se o traficante fizesse esta ação seria para ela sobreviver para depois ele vender drogas para ela, sabe tipo investimento

  3. Jão says:

    ”No dia 21 de maio de 2000 os traficantes da favela do Jacarezinho entraram em confronto com policiais militares com troca de tiros e bombas de gás lacrimogêneo lançadas pelos policiais , onde uma criança foi atingida e socorrida pelos familiares e posteriormente um policial, com gesto de humanidade, salvou a vida dela fazendo respiração boca a boca e levando-a em seguida numa viatura da PM para um hospital próximo ao local.
    Esta cena foi fotografada por mim e publicada na primeira página do jornal Folha de S. Paulo no dia 22 de maio do mesmo ano. Esta foto foi adquirida pela Polícia Militar para uma campanha de publicidade em Defesa da Vida em outdoor pela empresa Novelle e distribuído nos principais pontos da cidade entre os meses de julho e agosto. Esta campanha gerou uma grande indignação entre todos os fotógrafos pela alteração das cores, mutilação e a falta de respeito por não dar o crédito ao autor da obra, o que é obrigatório por lei. O crédito foi dado à empresa Folha de S. Paulo e não a mim. No dia 24 de agosto eu me dirigi ao gabinete de Relações de Públicas da PM e falei com o Major Frederico e o Coronel Newton Loureiro, chefe da seção, para questionar principalmente a falta de crédito na foto e disse-lhes que caso não fosse reparado o erro, eu acionaria judicialmente a Polícia Militar. Em seguida o coronel me apresentou o layout aprovado pela por ele, onde constava o meu crédito na foto, afirmando que o erro foi da agência de publicidade Novelle, que por sua vez não tomou nenhuma providência para reparar o dano a mim causado.”

    fonte:http://www.photosynt.net/ano2/03pe/trombone/32_pm/

  4. Eduardo says:

    Pensei que fosse o Théo de Salve Jorge rss

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo