Publicidade

Publicidade
26/06/2013 - 00:03

Imagem do dia: O bebê que não sabia que já havia nascido

Compartilhe: Twitter

Aris Tsigris, um médico grego, publicou a foto de um recém-nascido em sua página no Facebook após realizar uma cesariana.

A imagem chama atenção porque o bebê aparece ainda dentro do saco amniótico, onde desenvolve-se até o nascimento. O bebê sequer percebeu que já tinha nascido.

Apesar do fato inusitado, a criança nasceu saudável.

Via

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Imagem do dia Tags: , , ,

Ver todas as notas

39 comentários para “Imagem do dia: O bebê que não sabia que já havia nascido”

  1. fabin says:

    Put$@#% Mer@% hein OneBerto, acabou com meu café da manhã…!

  2. TOTAL ALIEN says:

    ESSE TOQUINHO NÃO SE TOCOU QUE HAVIA NASCIDO……..

  3. luci says:

    eu so imagino o tamanho do corte na barriga da mãe, pra sair esse bebe nessa posição.

  4. Robott says:

    Bem vindo a matrix

  5. Gui says:

    E agora, Freud?

  6. Julia says:

    Isso acontece quando a mãe é portadora do vírus HIV e para que ela não passe o vírus para a criança basta o saco amniótico não estourar!

    • nathy says:

      noooooooossa…. essa pode ter certeza que eh evangelica facebook.
      isso eh uma sindrome muuuuuuuito rara, se fosse facil assim, nao existiria criança com aids…
      vejo cada coisa que tenho vontade de arrancar meus olhos…

  7. BruceLindo says:

    Lula também nasceu assim… ELE NÃO SABIA DE NADA!!!

  8. LUIZ says:

    Pode isso Arnaldo?

  9. Seis says:

    Eu só não vomitei porque o café da manhã é a refeição mais importante do dia.

  10. clarindo says:

    Faísca atrasada.

  11. birujuice says:

    Parece uma linguiça, só que maior

  12. Anonymus says:

    É saímos de um saco e vamos pra outro…

  13. Muito legal, espero que ele fique bem !

  14. João P. says:

    cheater!!!

  15. Vampire says:

    Foto fantástica.

  16. ANJA says:

    Pelo visto aqui todo mundo nasceu do ovo né?
    Que pessoal besta.
    Linda foto.

  17. Wlad says:

    Me lembrou o filme Aliens!!

  18. suzane von richtofen says:

    vontade de botar pra frigideira e fritar 😛

  19. potafiskia!!! says:

    esse líquido deve ser gostoso, se bem geladinho.

  20. Rafael says:

    Como se recém nascido tivesse noção do nascimento.. kkk

  21. Marcelo Dias says:

    Algumas informações: o parto não pode ter sido cesárea, nascer com o saco do líquido amniótico intacto é sinal de uma gravidez saudável e em nada prejudica o bebê. Se tivesse nascido de parto cesárea o saco teria sido rompido pelo bisturi já que a incisão para tirar o bebê e pequena para evitar cicatrizes maiores. Outro fato para corroborar com a informação são os índices de parto normais na Europa, muito acima dos registrados no país onde os médicos obstetras estão mais preocupados com o seu tempo do que com a saúde da mãe e do bebê.

  22. Henrique says:

    Tem certeza que não foi na Bahia isso?

  23. Maria Gomes da Silveira says:

    Por que Bahia ???? por causa da Ivete Sangalo ????

  24. Henrique says:

    Flw medico de plantão kkk, como vc pode contestar um fato desses, se fosse parto normal tbem n teria a bolsa kkk, agora explica?

  25. Fernanda says:

    BAHIA é pq os baianos tem fama de serem meio preguiçosos, fazerem tudo de vagar, deixar tudo pra depois.

  26. JULIA says:

    kkkkkkkk “não pode ter sido cesária” e como um saco amniótico ia passar intacto pela canal vaginal gênio??!!! Eu fiz 2 cesárias e sei que é impossível ter sido parto normal. o médico é quem rompe o saco na hora da cirurgia, este, optou por não romper pq pelo que li desta história em outro lugar, a mãe, é portadora de HIV e o bebe não tem o vírus, logo não poderia entrar em contato com o sangue da mãe na cirurgia.

  27. coiahot says:

    Estao postando por ai,que a mae era HIV positiva e que foi um milagre a bolsa nao ter rompido.

  28. Fabio says:

    Com a minha filha foi EXATAMENTE a mesma coisa. Não tem nada de mais isso aí!

  29. Eu says:

    da uma procurada ai gente sobre uma criança em que os medicos fiseram uma cesaria “especial” para nao romper a “bolsa” da mulher pois ela era contaminada pela AIDS e , sendo assim, fizeram essa cesaria em que ele fica envolto pela “preservam o saco aminiótico” para que o bebe nao seja contaminado pelo sangue da gestante

  30. Anderosn Ramos says:

    Da pra ver que o Marcelo entende tudo de medicina, nunca ouvi dizer que uma deu a luz uma criança com a bolsa intacta, ia ter que ter uma chavasca enorme, pois a bolsa se rompe para a criança se ajeitar para o nascimento.

  31. Marcelo Dias says:

    Resposta especial para a Julia e o gênio Anderosn Ramos (já viu alguém que consegue errar o próprio nome?)

    https://www.youtube.com/watch?v=8JHsyLcbYF0

  32. silver price says:

    O número real é provavelmente muito mais elevado e tende a aumentar no futuro, porque em cada ano há um maior número de raparigas que entra no período reprodutivo. Não é preciso ser-se um génio da matemática para se chegar à conclusão de que nas próximas décadas irão morrer mais de 4 milhões de mães devido a hemorragias pós-parto e ainda mais crianças (recém-nascidos e os seus irmãos e irmãs mais velhos) vão tornar-se órfãos.

  33. joana soares de arruda says:

    este tipo de parto é mais comum que pensa o imaginário e se denomina parto empelicado, realizado em paciente portadoras do virus hiv htlv e até hepatite, pois diminui muito a possibilidade de contaminação. eu mesma ja realizei alguns partos assim, inclusive parto vaginal.

  34. Luciano Correia says:

    Bom dia! Acredito que haja um grande equívoco aqui… Está foto fui eu que tirei. Sou médico Anestesiologista e esta cesariana foi realizada em Itaguai-RJ. Postei essa foto no grupo fechado de Anestesistas do Facebook. Tirei essa foto do meu Smartphone e tenho todos os dados que comprovem.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo