Publicidade

Publicidade
22/11/2013 - 00:03

Mulher dorme ao lado do marido morto durante quase um ano

Compartilhe: Twitter

morto_01
Uma mulher em Bruxelas, Bélgica, foi descoberta pela polícia após manter o corpo do marido morto há quase um ano na sua própria cama.

Os restos mumificados de Marcel H, de 79 anos, estava em seu apartamento.

Acredita-se que ele morreu de ataque de asma, em novembro do ano passado, mas sua esposa, que tem 69 anos, manteve o corpo ao seu lado, apesar do cheiro de decomposição.

As imagens podem ser fortes para algumas pessoas.

O mais bizarro é que os vizinhos afirmam que não sentiram nenhum cheiro ruim e as autoridades belgas só desconfiaram do caso porque o proprietário do apartamento informou que o casal não tinha pago o aluguel desde 2012.

Philippe Boxho, patologista do Centro Forense de Liege, explicou ao Daily Mail o que pode ter ocorrido: “Um corpo pode mumificar em um ambiente seco e quente. É preciso pelo menos uma semana para chegar a tal estado. Neste caso, o corpo apodreceu em cima da cama e os órgãos internos acabaram derretendo e virando líquido”, explicou.

morto_02

morto_03

morto_04

morto_05

“Mesmo o cheiro da decomposição humana ser bastante específico, muitas pessoas o relacionam com cheiro de lixo.”

Curiosamente, esta não é a primeira vez que ele investiga algo do tipo. “Eu já encontrei duas ou três situações onde as pessoas continuaram a dormir com o corpo de seu parceiro”, finalizou.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Curiosidade, Fotos, impressionante Tags: , , , ,

Ver todas as notas

17 comentários para “Mulher dorme ao lado do marido morto durante quase um ano”

  1. Vô Maza says:

    Já, já, alguém vai falar que isso é amor. Não é; é demência.

  2. Miguel Castro says:

    Detalhe, o veterano ta sem as calças… eu acho que esse senhor bodio numa posição favorável pra permanecer presente na cama dessa distinta Senhora!!

  3. Barbaridade says:

    Parece um morcego

  4. Liah says:

    “…o corpo apodreceu em cima da cama e os órgãos internos acabaram derretendo e virando líquido”. Nossa que nojento isso!

    Tenho pena da senhora viúva… talvez tenha medo de ficar sozinha pra cometer uma loucura dessas.

  5. will says:

    Parece com josé Gesuino!

  6. William Haddad says:

    DEMÊNCIA NÃO. a perda de um ente amado, a partida é dolorosa, e muitas pessoas não tem preparo para tal, diria ato de desespero para manter o elo com alguém muito querido, para não sentir a perda e tb uma forma de se perpetuar, pois se ELE se FOI EU TB IREI…. e infelizmente a falta de um preparo ….entenda-se da maneira que quiserem leva o ser humano em cometer atos extremos para não sentir a perda e sentir-se só…..de resto a única certeza….um dia todos iremos….e ai? vc esta preparado?

  7. Andrea says:

    A solidão e falta de solidariedade é muito triste. Bem se vê que para esse senhor morrer e, depois de quase um ano, continuar a ser a única companhia da senhorinha é que as únicas pessoas que eles tinham era realmente só um ao outro. Nesse tempo não apareceu um familiar, um amigo? Fiquei triste por eles dois.

  8. Bob esponja says:

    SIM CAPITÃO!

  9. eddy says:

    uma delicia isso….quero o mesmo com minha esposa….possui-la junto com este cheiro maravilhoso da putrefração….

  10. vanda says:

    muito trite essa cena . imagino que essa senhora não filhos nem familia talvez seria essa a única pessoa da vida dela, por isso conviveu tanto tempo com ele assim , a solidão e isso ai

  11. dan says:

    O ser humano tem umas culturas bem doidas, algumas velam seus ente queridos por mais de uma semana, tiram fotos e fazem festas levando seus mortos nos braços pelas vizinhanças, essa senhora endoidou, coitada.

  12. Val says:

    Genuino vai ficar assim, o PT vai mandar embalsama-lo,e coloca-lo num vitral na sede do partido!

  13. Pericles says:

    Chuta que é macumba….taca fogo porra !

  14. josemar says:

    puta merda, e o que ela fez com o cadaver esse tempo todo??? lol

  15. Cristiane Vianna says:

    Coisa mais triste…

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo