Publicidade

Publicidade
23/04/2014 - 09:43

Policial Militar dá lição de moral em família de jovem problemático

Compartilhe: Twitter

policial_pagando
Um Policial Militar foi chamado para resolver um problema envolvendo um jovem de 24 anos e seus pais. O mais curioso, foi a maneira como ele encontrou para tentar resolver o caso. As imagens são do programa Polícia 24h, da Band.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Flagra, Video Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

32 comentários para “Policial Militar dá lição de moral em família de jovem problemático”

  1. Robbot says:

    Policiais como este trazem esperanças de uma sociedade melhorada.

    Merece uma promoção
    Cabo —-> 3º Sargento

  2. cloc says:

    Entendo o policial. É tanta encheção de saco, picuinha, mesquinharia etc, que uma hora o cara estoura mesmo.

  3. Daya says:

    Tem toda a razão. Se tivesse educado quando era criança, não crescia torto desse jeito…Mas nossos jovens não podem trabalhar, né? Ai fica pra rua, fazendo o que não deve. Como eu sempre digo, cabeça fazia, oficina do diabo!!

    • Tiago Celestino says:

      “Jovem” de 24 anos. Comecei a trabalhar aos 13 anos e nunca mais parei. Isso se chama falta de educação e moral dos pais e do país.

  4. Peterson Felipe says:

    Pior que o Cabo Santos tem razão, criança sem limites em casa fica sem limites quando adulto.

  5. Antonio says:

    Concordo com todos os comments acima, o problema é que ser for de menor tem o ECA, que além de ser sinônimo de algo nojento e asqueroso, também é a sigla para Estatuto da Criança e do Adolescente, precisa dizer o que mais?
    Se os país derem amor e carinho e mesmo assim o(a) jovem não mudar de atitude resta fazer o que???
    Abandonar???
    As leis precisam ser revistas e atualizadas à nossa realidade com urgência, principalmente na questão do pátrio poder e dos direitos e deveres dos “menores” de idade.

  6. Carlos Schneider says:

    Tá certíssimo o Policial, só queria saber se ele tb daria essa lição de moral em Playboy que é pego bêbado dirigindo ou nos pais de delinquentes de poder aquisitivo maior.

  7. OCriativo says:

    O policial não tinha como fazer melhor!! Show !

  8. Geyson Monte says:

    O policial está com toda a razão!!! Deu uma lição de moral extraordinária!!! Promoção para ele seria pouco. Eu com 19 anos entrei numa empresa, hoje estou com 53 e 34 anos de carteira assinada ininterruptamente. Vale lembrar que foi meu primeiro emprego. Isso é exemplo para este vagabundo.

  9. Cap troz says:

    Eu que tenho muita experiência de vida (tenho mais de 30) posso dizerm que o policial falou, e tinha que falar, mas e a sociedade? Seria o caso do parlamentalismo? Voltar a monarquia? Ou votar direito? Tem que ver essas paradas aí …

  10. Paulo says:

    Entrou por um ouvido e saiu pelo outro.

    E esse tipo de situação NÃO É para um policial. Deveria haver assistentes sociais para esse caso.

    Chegar gritando e c4g4ando regra qualquer um faz. Estão ai os blogs da internet com milhares e milhares de comentários com as soluções de todos os problemas do mundio. Mas passar o dia a dia acompanhando a família, ninguém vai.

    • Rocket says:

      “Passar o dia acompanhando a família”.

      Que mais? “São vulneráveis socialmente”? Ah, vá…!!!! Trabalhe honestamente, eduque seus filhos e cobre disciplina, como qualquer pessoa “mais favorecida”.

      Falta de escola pública, de incentivo do governo e de agências de empregos é que não é!!!

      • Paulo says:

        Trabalhar honestamente, educar os filhos e cobrar disciplina, como você diz, não meras palavras. Há toda uma história por trás de CADA ser humano. Todos nós passamos dificuldades durante a vida, mas isso NÃO significa que está tudo certo.

        TODO DIA vemos notícias de problemas em escolas públicas, incentivos do governo e agências de emprego que são usados como moeda política. Há aqueles que mesmo com muita dificuldade se dão bem na vida, CLARO que existem. Mas, novamente, isso não significa que é assim e pronto.

        Essa família, como exemplo, nitidamente é toda desestruturada. Eles deveriam ter tido uma ajuda no SOCIAL no início do planejamento familiar. EU SEI que há aqueles que conseguem vencer na mesma situação. Mas e quanto aqueles que não conseguem? Ficam recebendo esporro de um policial?

        E quando ao policial, ele deveria ter preparo e apoio psicológico, pois no trabalho dele ele vai encarar e lidar com situações PIORES que essa? E o que eles faz? Desconta o stress na família que, novamente, está desestruturada. Essas pessoas PRECISAM de ajuda. E deixo claro que uso a palavra ajuda não como sinônimo de “passar a mão na cabeça, Mas procurar os erros e consertá-los. Por isso que falei que a família precisa de acompanhamento diário.

        Uma situação dessas não se resolve de uma hora pra outra com um ser humano despreparado, ou também desestruturado, como esse policial.

        E ai? Quem vai parar de c4g4ar regra e botar a mão na massa?

  11. Felipe says:

    “POR ENQUANTO AS PARTES FORAM ORIENTADAS” XD

  12. adriana says:

    Esse cara é 1000. Parabéns………………………

  13. william haddad says:

    esse é o problema, pessoas se unem para construírem uma família, mas infelizmente essas pessoas não tem uma formação para educarem seus filhos dentro de casa, esperando que o mundo os eduque fora do lar, o mundo nunca vai dar a educação correta para os jovens ou vem de uma forma distorcida de como procederem ou completamente distorcida, policia é para manter a ordem e servir a população combater o crime, professores tem somente a obrigação de transmitirem conhecimentos acadêmicos pertinentes ao curriculum escolar. EDUCAÇÃO BONS MODOS COMPORTAMENTAIS VEM DE CASA….DE CASA ……..

  14. Anchieta says:

    Esta cena é muito comum, ocorre todos os dias, é que ninguém observa.

  15. Jonas says:

    O cara tá de parabéns!
    Mandou muito bem… deu uma bela lição de moral, sem abaixar o nível, e deixou todos sem resposta…

  16. Valter Melchiotti says:

    “pai é o seguinte, ele tem compromisso com você até 17 anos, 11 meses, e 29 dias, cabo cabo véio”… hahaha, gostei!

  17. Lixodesociedade says:

    Cara, a mulher não tem nada a ver com isso. A culpa não é só deles. Policial não tem direito de chegar e falar tudo isso na cara de uma pessoa sem saber da real situação em que se encontra a família. Psicologia dessa maneira só vai piorar a situação.

  18. Alex says:

    é o que ta faltando mesmo em 95% da população brasileira

    VERGONHA NA CARA…

  19. Alex says:

    E só pra completar…

    não venham falar que o cara é assim porque é filho de pobre e mora na periferia.

    A diferença é que rico o pai que se Fudeu a vida toda pra ser alguém na vida, “acoita” as presepadas do filho, mas tem muito filhinho de papai que é tão vagabundo, mal carater quanto esse cidadão do video.

  20. alexandre says:

    é qe niguem numca tomo enquadro no tatico na madruga ai seis vao ver qem realmente nao os policias longe da camera

  21. Rodrigio Stw says:

    QUEEEEEEEEEEE MIJADAAAAAA!!!

    Mas aew, foi TOP em.

  22. Jefferson says:

    Ainda não vi ninguém falando mal do policial, estranho não? Sempre tem um FDP do contra.

  23. Johnatan says:

    Programa até que é interessante mas esses sons de deboche faz com que ridicularize as situações e as vezes até os policiais dando a entender que esses problemas sociais são idiotas e normais fato que não é.
    Essa família com pais trabalhadores criam em ambiente que não é saudável para a criança e que quando cresce vira vagabundo, a culpa não é só dos pais e do próprio filho e sim da sociedade que permite políticos comer lagosta em Miami com o dinheiro suado desse povo trabalhador!

  24. Marcel says:

    Paulo, o policial não se propôs a c4g4r regra nenhuma, ele se propôs a resolver uma situação conversando e chamando as partes à razão, porque ele foi CHAMADO AO LOCAL para resolver uma situação de conflito, se o cara é maior de idade, não quer trabalhar e fica em casa bebendo e incomodando o pai e a mãe e o policial é chamado para intervir e busca fazer isso através da palavra, então ele esta errado? Você perguntou quem é que vai parar de c4g4r regra e botar a mão na massa, e eu acho que você é a pessoa certa para fazer isso Paulo, leve o bebum, vagabundo e brigão para a sua casa e cuide desse pobre menino!

    • Paulo says:

      O policial foi chamado para resolver o problema, não para dar lição de moral. NENHUM policial tem preparo psicológico para entender E AJUDAR situações como essa.

      Você diz para eu levar pessoas como essa para minha cara… já que você acha que essa é a melhor solução, quantas pessoas como essa tem na sua casa? Pesquise, e veja que há outras soluções para a população resolver problemas como esse.

      As pessoas adoaram exemplificar problemas onde a solução certa é a delas ou nenhuma…

      Problemas vem e vão. Mas todo mundo quer uma solução rápida. E soluções rápidas não existem.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo