Publicidade

Publicidade
13/06/2014 - 11:42

Taxista encontra 40 ingressos para a Copa deixados por turistas mexicanos

Compartilhe: Twitter

ingressos_mexicanos
Um grupo de mexicanos pediu que um taxista em São Paulo os levasse para conhecer a cidade. Entre um gole e outro, os turistas acabaram esquecendo uma bolsa com – nada mais, nada menos – quarenta ingressos para jogos da Copa do Mundo aqui do Brasil.

Sem pensar muito, Adilson Luiz da Cruz, o taxista, voltou até o hotel para tentar entregar.

Autor: - Categoria(s): Uncategorized Tags:

Ver todas as notas

7 comentários para “Taxista encontra 40 ingressos para a Copa deixados por turistas mexicanos”

  1. Carlos says:

    Claro que ele ia devolver. cada ingresso da Copa é único e numerado. Se você preder é só avisar e se alguém tentar entrar com o seu ingresso será preso na hora.

  2. Carlos Schneider says:

    Parabéns ao taxista por ter cumprido sua obrigação, infelizmente por aqui um ato de honestidade vira matéria.

  3. Robbot says:

    Esse é o Brasil que dá orgulho.

  4. sílvia says:

    Pelo Código Penal, art.169 inc.II, a pessoa tem até 15 dias pra devolver a coisa ao dono ou entregar às autoridades competentes. Pelo Cód.Civil, art.1234, ela tem direito à uma restituição de 5% sobre o valor da coisa achada, mais despesas com a guarda e o zelo.
    Espero que a honestidade deste homem seja recompensada, conforme a Lei.

  5. mula says:

    globo no meio.. não acredito!

  6. Zo says:

    Então o cara acha os 40 ingressos, entra em contato com a globo pra agendar a visita de uma equipe de reportagem pra filmar ele devolvendo os ingressos?!
    Matéria FAKE!!!!

  7. List Cool says:

    Eita sorte que eu não tenho

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo