Publicidade

Publicidade
18/06/2014 - 00:02

População tenta linchar chinês após ele bater em sua mulher no meio da rua

Compartilhe: Twitter

agressao_mulher
Um homem chinês acabou agredindo a própria esposa enquanto discutiam em plena rua. A cena foi gravada por um dos vizinhos. Nela, é possível ver que o homem não só agride covardemente a esposa, como também ameaça quem tenta encerrar o espancamento. O episódio só tem fim quando um grupo de pessoas se junta para lincha-lo. Curiosamente, a mulher ainda tenta defender o agressor.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas, Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

15 comentários para “População tenta linchar chinês após ele bater em sua mulher no meio da rua”

  1. Paulo M.S. says:

    Medo da China! Uma coisa errada que você faz e aparece 1 bilhão e meio de pessoas pra te bater!

  2. Thiago says:

    Cara, quando a galera vai pra cima dele, a mulher tenta impedir… já vi muito disso, não estou dizendo que ela merece apanhar, mas que gosta, gosta…

  3. Robbot says:

    “Street justice”, nunca falha.

    Pior é a agredida defendendo o vagabundo.

  4. wagner says:

    É claro q ela defende, os agressores nao vao salvar ela qd ela for pra casa e o marido querer dar em triplo o tanto que ele apanhar na rua

  5. Famscrow says:

    Lembrei da TV Macho (TV Pirata)

    http://youtu.be/2uaH0wH4Ojs?t=11s

  6. Jorge says:

    Quando tiver em casa?!?
    Só se ela for muito idiota de voltar pra casa com ele!!!

  7. Pavel Pavê says:

    Bruce Ling de bosta. Devia ter apanhado mais.

  8. Debora says:

    Todo mundo na china tem um pouco do Bruce Lee dentro de si !!

  9. Pessoa says:

    Mulher de malandro é igual no mundo inteiro mesmo né…….reparem que ela após tomar um rala do sujeito; Ainda tenta impedir as pessoas de ajuda-la. Tem mais é que APANHAR MESMO !

  10. Manu says:

    Mas que bostica de mulher hein? Nem tenta se defender das agressões e quando tentam ajudá-la vai lá impedir. o.O

  11. gush says:

    troque os sexos, veja a reação.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo