Publicidade

Publicidade
13/08/2014 - 00:03

A família onde a mãe era homem e o pai era mulher

Compartilhe: Twitter

casal_trans_05
Nick Bowser e Bianca são um casal nada convencional. Nick, o marido, é, na verdade, mãe de dois garotos, e Bianca, a esposa, é o pai deles.

Ficou difícil de entender? É que Nick e Bianca formam um casal transexual, mas ainda preservam seus órgãos sexuais originais, porque não podem pagar por uma cirurgia íntima.

Apesar de parecer confuso, eles afirmam que não têm nenhuma preocupação com o entendimento das crianças.

“Não sabemos quando contaremos, talvez, quando Kai complete uns seis anos, mas eles terão que ter idade suficiente para entender. Mas não nos preocupamos como eles irão reagir. Nós não vamos tratar isso como uma coisa ruim”, disse Bianca ao Mirror.

casal_trans_01

casal_trans_02

casal_trans_03

casal_trans_04

casal_trans_06

casal_trans_07

casal_trans_08

casal_trans_09

casal_trans_10

casal_trans_11

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , , , ,

Ver todas as notas

23 comentários para “A família onde a mãe era homem e o pai era mulher”

  1. Theo says:

    Isso é bug! O mundo precisa de formatação.

  2. Junior says:

    Sem querer julgar, mas estranho que eles se apaixonaram por alguém do sexo oposto, como qualquer heterossexual.

  3. Firmo says:

    O Cara é gay, mas não é… confuso…

    • Duda Saturno says:

      Aí é que reside a grande confusão: o cara não é gay, ele é transexual. Ele não se entende como um homem que gosta de outro homem, mas como uma mulher. O mesmo acontece com ela.

      Nesse sentido, e levando em conta que ambos compreenem a necessidade de manter seus orgãos genitais (em razão da falta de recursos financeiros), fica fácil compreender as “adaptações” que eles precisaram fazer…

      Mais que julgá-los, é importante a gente tentar compreendê-los… Daí a gente não vai mais ver a necessidade de “formatar o mundo”…

      • Danilo says:

        Parabéns, Duda!
        Quando, definitivamente, as pessoas pararem de pensar em rótulos e, mais ainda, pararem de dizer que não pensam (pois é sinal de que ainda pensam), a humanidade ficará melhor..

  4. Vander says:

    Só uma bomba atômica pode salvar esse mundo

  5. Ayahuaska says:

    Casal bonito.

  6. Rodrigo says:

    É como o órgão genital fosse trocado, praticamente isso… a mulher que penetra o homem que engravida!

    kkkkkkkkk

  7. comentarista says:

    Continuam sendo um casal, macho , fêmea e descendência.

  8. Batera says:

    Imagina o trauma da criança, ela entra no quarto dos pais e vê a mãe comendo o pai. Ahah.

  9. Amanda says:

    Maneiro!

  10. Fábio says:

    A mãe que come o pai com o pênis dela? Eita bug doido!

  11. Enzo says:

    Falha na Matrix!

  12. Diogo says:

    Nada de mais… Só uma mulher vestida de homem e um homem vestido de mulher…

  13. Paulo says:

    O problema não é as pessoas entenderem. O problema é as pessoas não QUERER, TER O DESEJO de entender.

    E o casal é bonito.

  14. Mothafucka says:

    Pode isso Arnaldo ?

    • Arnaldo César Coelho says:

      Pode!
      A regra é clara: cada um deve buscar a felicidade e o prazer como bem entender!

      • cintia says:

        WOLOLO, Arnaldo marcou presença!
        OIUSAOUSOIUSOUA

        Totalmente apoiado, sou mulher e gay, e casada com uma menina linda, queremos ter nossos filhos de sangue, mas é complicado… A situação citada seria bem vinda de alguma forma…

  15. ROLANDRO says:

    COMO OS DOIS

  16. Bauer says:

    Uma mulher que gosta de mulher com um homem que gosta de homem com uma mulher?

  17. Alisson Malone says:

    Só tenho uma conclusão: o pai do Nick Bowser é fã de Mario.

  18. joao says:

    cara os comentario é mt foda kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  19. Aline says:

    Eu sou mulher mas me visto de homem e adoro mandar no meu namorado que se veste de menina.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo