Publicidade

Publicidade
28/08/2014 - 00:01

Menino comete suicídio por causa de bullying, e pais divulgam fotos dele sem vida

Compartilhe: Twitter

dylan_01
Os pais de um menino que se matou liberou fotos dele sem vida, para, segundo eles, “atormentar os valentões”.

As imagens comoventes mostram Dylan Stewart inconsciente em uma cama de hospital. Os médicos foram incapazes de salvar a vida do menino de 12 anos depois que ele se enforcou em seu quarto.

Sua mãe, Amanda, contou ao Daily Mail que o bullying começou no início do ano por Dylan ser novo na escola e por ter vindo de outra cidade. Ela disse que ele havia sido atacado várias vezes por valentões que o chamavam de “Downey” – um referência à Síndrome de Down, que ele não tinha.

“O bullyinf o afetava, mas ele não disse nada. É constante naquela escola e outros pais vieram falar comigo para agradecer por ter levantado essa questão”, disse ela.

dylan_02

Em depressão, Dylan se enforcou e foi encontrado por seus pais agonizando com uma corda no pescoço.

O garoto chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu, morrendo oito dias depois.

“Nós queremos que eles vejam o que fizeram. Se as imagens de Dylan morto forem impedir que outras agressões aconteçam, então teremos conseguido algo”, disse Amanda sobre a decisão de divulgar a foto do filho sem vida.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , ,

Ver todas as notas

25 comentários para “Menino comete suicídio por causa de bullying, e pais divulgam fotos dele sem vida”

  1. mozart says:

    E tem gente que acha que bullying é invenção da midia, que é frescura.

  2. jao says:

    que bundao!

  3. BIG BENGA says:

    Os pais foi negligente com seu filho e não agiu a tempo. Quando sofre o bullyling é fácil perceber a pessoa fica isolado, irrita facilmente, medo, agressão física visível etc.

  4. Affe says:

    Putz que garoto loser, sempre vai existir valentões nas escolas, quanto estudei a setima e oitava série era meio nerd e tinha os playboyzinhos que ficavam querendo me apavorar, mesmo nerd daquele jeito eu erguia aqueles muleques na porrada eles até tremiam de medo de mim kkkk

  5. Antonio says:

    Depois que aparece alguém que sofre/sofreu com bullying matando um monte de gente nas escolas dos EUA, a mídia, de lá, fica com assunto para meses, mas atacar a origem do problemas mesmo que é bom isto eles não fazem.
    Sou pai e não gostaria de ver meus filhos envolvidos em algo assim, muito triste.
    Quanto ao comentário do retardado do jao, o Humberto nem deveria ter aceitado.

  6. willian says:

    só suspeito de fala pq na minha época zuei um monte de pia mais não existia rotulo hj vejo no face os cara estão ae vivo , pra mim e mídia que fica de bla bla na cabeça dos pais isso sempre vai existi,pena o pia não aguenta eu já apanhei na cara no colégio já sofri bastante mais nunca pensei em me matar , sem julgar mais na vdd isso pode ser outra coisa que ajudo ele se enforca dae somas os dois o pia não aguento.

  7. Vanderson says:

    Pra mim continua sendo frescura… quem na vida nunca passou pelo menos por uma zoação na infância?… se todo mundo se matar por causa disso não existirá mais adolescentes… quem se mata por causa disso é mente fraca e os pais despreparados… em uma família bem estruturada isso dificilmente aconteceria!

  8. Bom Senso says:

    Esperando muitos comentários indignados com a tragédia que seguiu à situação, mas para a minha surpresa encontro apenas várias pessoas reverenciando o bullying. Credo.

    Frescura? Acho que é fácil falar quando foi algo que aconteceu em outro país, tão distante da nossa realidade. Só porque você “””passou””” por isso na infância e saiu ileso, não pode esperar que todos reajam da mesma maneira. Não pode esperar que o próprio bullying seja o mesmo. Por favor, lembra que você não é o centro do mundo.
    Pais despreparados? É incrível como as pessoas tomam as conclusões precipitadas que mais lhe agradam. A culpa não é dos garotos que fizeram da vida desse menino um verdadeiro inferno, mas é dos pais dele. Claro.
    Seja qual fosse a relação familiar estabelecida ali, isso não é motivo para menosprezar tanto a dor de dois pais que perderam um FILHO quanto a mensagem que eles querem passar com isso.

    A falta de empatia atual é simplesmente impressionante.

    • says:

      Ia falar a mesma coisa. Quero acreditar que tais comentários sejam feitos por leigos no assunto. Na faculdade de psicologia em que trabalho, eles tratam do assunto com muita seriedade e não admitem tratar um problema sério – como a depressão -, como “frescura”, “viadagem” etc.
      Mas, lembrei que há anos atrás, até a dengue era tida como frescura (mas por quem nunca teve a doença).
      Mas é isso, estamos na era da trolagem, do humor escrachado e difamador e da zueira sem limites. O respeito, atualmente, é atributo raro.

  9. oi linda says:

    É incrível como grande parte das pessoas ainda pensam como vocês que estão postando esse tipo de comentário.
    De fato, quase todas as pessoas sofreram algum tipo de bullying, e hoje vivem suas vidas como se nada tivesse acontecido. Mas acontece que cada pessoa reage de forma diferente quanto a isso. Ninguém se mata por pouca coisa, pessoas que fazem isso sofrem de depressão (que segundo a OMS é o grande male do século XXI). Não é frescura, é uma doença séria, e se a pessoa não for levada a tratamento pode sim, se matar por não ter condições psicológicas para passar por tal situação. Não é ser “cabeça fraca”, é um distúrbio psicológico/psiquiátrico! Como vocês falariam disso se alguma pessoa que vocês amam cometessem suicídio por conta de ser tratada de forma repugnante?

  10. ana says:

    Bullying existe, é grave e deixa marcas. Só quem não sabe do que fala pode dizer o contrário.

    Vejam este documentário e aprendam o que é bullying!

    http://www.youtube.com/watch?v=YvPZeiE9igo

  11. Cantarzo says:

    Sofri bullying por uns 5 anos por falar errado, até de professores e nem por isso me isolei ou deixei de ter gente pra conversar, levava na brincadeira, agora esses bundões levam tudo a sério…

    • Le says:

      Vejo comentários de pessoas o chamando de bundão, fraco e outras coisas, vocês são muito ignorantes, isso sim.. cada pessoa lida com isso de um modo. O seu bullying pode não ter sido tão grave e atormentador quanto o de outros, você pode ter lidado numa boa, mas não se pode comparar um caso com outro. Há pessoas que desenvolvem a depressão e outras doenças por conta disso, há casos que o bullying chega ao extremo, sendo muito mais do que apenas zoação, e elas se veem em um beco sem saída. Eu também sofri por anos com isso, sei muito bem como é, não posso dizer que não pensei muitas vezes nessa opção de acabar logo com isso, mas procurei ajuda e isso que é importante nestes casos!!! Infelizmente muitos acabam se isolando e não dizendo para outros o que está acontecendo..
      Antes de falar idiotice, entenda melhor a realidade das pessoas, não se pode ver apenas pelo seu lado da situação.

  12. Rodrigo says:

    Ainda me lembro da primeira vez que quebrei a cara de um babaca que ficava me importunando. Nunca mais se atreveu a me encher.

  13. sheilo jailson says:

    sofri “bullying” dos 5 aos 17 anos e nem por isso me matei, claro q pensei em fazê-lo mts x mas sempre via q isso ia passar, eh claro q cada ser humano eh unico e nem todos pensam igual ou agem igual, bom eh triste para um pai ver seu filho morto, lamentavel..

  14. Shinobi says:

    Olha esses gostosões criticando o garoto, sentados no alto de suas confortáveis cadeiras na frente de seus PCs.

    Não sabem o que é depressão (sendo que foi isso que provocou o suicídio), acham que é frescura. Se sabem o que é, então isso só piora a situação, por se tornam ainda mais idiotas e insensíveis.

    Que bando de ignorantes imbecis.

    Esse mundo tá perdido mesmo.

  15. Heverson says:

    Que moleque fraco… se não aguenta brincadeiras na escola, não vai aguentar a vida real depois dela.

  16. alessandra says:

    Assistam o trailer do filme hello herman. é daquela maneira que se reage a bullying .assim deveria ser feito.

  17. Peraldiano says:

    A melhor maneira de implantar e justificar a tirania e criar vítimas.

  18. Juniorcomt says:

    Hoje em dia me sinto mau por causa das mulekadinhas da quinta serie que agente espancava no corredor polones em frente a nossa sala 801, poderia ter batido menos.

  19. digão says:

    estas zuações sempre existiram e ninguem ficava “down’ bicudo, com tromba etc, (amanha sera outro dia ) depois que rotularam com bullying e falaram que é crime a coisa mudou, o pessoal fica mais sensivel e não aguenta a mais inofensivel zuada, brincadeira, No meu tempo de escola tinha um anão na classe e gente de todo tipo e vinham gozaçoes e levavm tudo na boa nõ se sentiam afetados ou discriminados, por que não passava de brincadeira, quando a coisa era mais seria, tiravam de letra (eu sou mais eu ) e pronto..

  20. Maubedo says:

    Infelizmente o ser humano continua sendo predatório e a lei do mais forte já começa bem cedo, isso se reflete depois na sociedade como um todo, incluindo a política, onde somos “predados” pelos políticos e depois reclamamos certo? Mas não fomos nós mesmos que moldamos a sociedade predatória?

  21. william haddad says:

    todos estão errados…mas o pai do guri poderia estar ao lado do filho nestas horas apoia-lo se fazer presente na escola e ao lado dele…e a mãe? não! teria que ser o pai mesmo a figura paterna afigura do homem …mostrando que o mlk tem pai e que este pai o fortalece ..ter tido umas conversas mais de homem mostrando ao filho que ele o substituirá amanhã e portanto é um menino mas que iria se tornar um homem adulto amanhã mas isso…bem isso não irá mais acontecer……

    agora COMO LI MERDAS NOS COMENTÁRIO ACIMA….MUITAS MERDAS

  22. Betânia Freitas says:

    Santo Deus!!! Leio tanto sobre este assunto e nunca imaginei que a dor seria tão forte a ponto de quererem morrer. Tirar a própria vida, quem ainda tem tanto para viver, descobrir e crescer. Ter uma família, viajar, sorrir, fazer faculdade…Fico imaginando a dor profunda que a família deste e de tantos outros garotinhos. Deve ser horrível ver seus pequenos sofrerem já tão cedo porque alguém os julgou, os ridicularizou e eles por estarem ainda numa idade de formação, fragilizados não conseguem enxergar quem realmente são. Que raiva!!!!!!!!!O que está acontecendo com essas crianças que violentam as outras a ponto de suas vítimas quererem a morte? Cadê os pais dessas crianças? onde estão os valores básicos de vida em sociedade? o respeito mútuo, solidariedade, amor, paz, respeito a diversidade…Pelo jeito essas mudanças na sociedade moderna tem distanciado tanto os pais de seus filhos que eles estão crescendo sem valor à nada!!!! Que raivaaaaa!!!!!!!
    Crianças criadas em frente a TV!!! Que jogam o dia todo!!!! Mimadas!!!!!!!!!!!!!! Que não sabem ouvir “NÃO!”…que geração é essa pelo amor de Deus!!!!!?????? Tanta gente querendo viver…e uma criança deseja a morte, tenta a morte, consegue se livrar do bem mais precioso que Deus lhe concedeu: o dom da vida! imagino que para chegarem neste ponto a dor deve ser sem tamanho e o desespero infinito!!! Que triste!!!!!

  23. junior says:

    E uma pena ate hoje sofro bullying mas nem por isso me matei

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo