Publicidade

Publicidade
10/09/2014 - 00:06

Flagrante em SP mostra mulher se recusando a ceder lugar no ônibus para idosa e empurrando-a

Compartilhe: Twitter

agressao_idosa
Uma mulher se recusou a ceder o lugar no assento preferencial para uma idosa que viajava em um ônibus em São Vicente, São Paulo. Um vídeo filmado por um outro passageiro mostra parte da discussão na qual as duas discutem e termina com a passageira empurrando a idosa e dizendo “engula o banco“.

Autor: - Categoria(s): Flagra, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

30 comentários para “Flagrante em SP mostra mulher se recusando a ceder lugar no ônibus para idosa e empurrando-a”

  1. Fabricio says:

    maldita perua metida a rica andando de onibus, n tem nem respeito com os mais velhos… vc vai queimar no inferno sua vadia

  2. neco says:

    Um dia, essa mulher, se tudo correr bem em sua vida, chegará à senilidade…. sem mais

  3. Nilton says:

    Isso a mídia não mostra! A mídia só mostra o que lhe convém, o que é apelativo.. Como o caso do goleiro aranha.. No Brasil a única discriminação que existe é com negrosl, pq o resto parece que não existe.

  4. Flibusteiro says:

    Intolerância tá cada dia pior. Mas pra mim a idosa tb não agiu de forma legitima, também xingou a mulher.

    Não sei se o caso, mas alguns idosos usam a idade para disfarçar a falta de educação e respeito.

    • Ivan says:

      ah cara você só pode estar de sacanagem. Claramente a mulher era uma esnobe e a senhora não fez nada de mais. Disse que ela era boca suja e boca de privada (o que realmente era!). Vocês são tão nojentos quanto ao querer achar defesa nessa situação. Brasileiro é foda.

  5. Marada says:

    Erro das duas partes. A mulher poder ter algum outro problema não aparente como problema nos ossos, renal cronica e afins, como ela disse no vídeo: “Se estou sentada aqui é porque tenho motivo”. Não dá pra julgar o porque dela estar sentada lá só pelas imagens.
    A agressão é errada das duas partes.

  6. iuliu says:

    realmente isso é um absurdo, queimem na em praça pública, apredejem-na, esquartejem-na… é isso. Agora se me dão licença tenho uns likes para dar e coisas pra compartilhar no face. Abs

  7. Augusto says:

    Impressionante! Não há nenhuma justificativa para a grossura desta mulher para com a idosa. Os avisos são claros, e o banco está pintado na cor amarela. E esta criatura tão deseducada aparentemente parece ser uma pessoa de certa cultura.
    O motorista deveria ter chamado a polícia, e a polícia municipal deveria aleatoriamente adentrar os ônibus para verificar o cumprimento destas leis! Está provado que se o idoso reivindicar os seus direitos ele está sozinho e pode e como vimos foi agredido!
    Graças ao site pudemos ver esta barbaridade e se depender de mim farei a minha parte quando couber!

  8. Cap troz says:

    Esse tipo de coisa me deixa looooooooooco … dá vontade de sair gritando na rua …. uffa, desabafei …

  9. Geyson Monte says:

    Não tem um homem com “H” dentro deste ônibus!!! Só tem homem pra se esfregar nas mulheres dos outros, porque a deles eu me esfrego. E a imbecil ainda cuspiu no chão do coletivo antes de descer. Isso eu sei o que é. É falta “daquilo”.
    Abração!!!

  10. Thiago C. says:

    A maioria de nós um dia também será idoso, temos que tratar os idosos com o mesmo respeito que queremos ser tratados no futuro!

  11. Quanta falta de respeito. A idosa só pediu pra sentar no banco porque é um direito dela. A mulher poderia ter se levantado sem discutir e nem teria criado briga nenhuma.

  12. Tiago Xavier says:

    Só pq a mulher é idosa ela merece privilégios? Existem muitos velhos sem educação que já chegam exigindo o lugar, eu mesmo já passei por isso. A educação tem que existir independentemente da idade. Eles tem privilégios em tudo quanto é lugar: no banco, na lotérica, pra votar, nos caixas eletronicos são os que mais geram raiva pq demoram muito para fazerem o que querem e pegam o extrato e ficam analisando o mesmo na fila, esquecendo que há outras pessoas que precisam usar o caixa eletronico.

    • ONEberto says:

      A mulher estava sentada no assento exclusivo para idosos. Nem isso dá a ela o direito de reivindicar?

      • Marck says:

        Parece-me que você está confundindo PREFERENCIAL com EXCLUSIVO. Se o assunto fosse, de fato, EXCLUSIVO, as pessoas não poderiam sentar nele ainda que não housse nenhum idoso no ônibus. O que seria absurdo! Sendo PREFERENCIAL A mulher não é OBRIGADA a ceder lugar.
        Veja bem, eu NÃO estou concordando com a atitude da mulher. Muito pelo contrário!!! AS DUAS FORAM MAL EDUCADAS E GROSSAS. Idade não é prerrogativa para ofender ninguém. Os canalhas também envelhecem.

        • eu mesmo says:

          Errado. Se é PREFERENCIAL, ela pode se sentar, mas é sim obrigada a ceder o lugar se chegar alguem que tem a preferência.
          Mas concordo com você no que diz respeito ao fato de que canalhice não tem idade.

  13. David says:

    Este é o maior mal dos brasileiros, adoram reivindicar seus direitos, mas na hora de respeitar os “direitos” alheios, não perdoam uma oportunidade de levar vantagem. Depois querem cobrar honestidade dos políticos e das pessoas de maneira geral.
    É cliché, mais, o seu direito termina quando começa o direito de outro.

  14. ATR says:

    O pior de tudo são as pessoas assistindo sem fazer nada, se eu estivesse lá seria simples, ou a mulher levantava na moral, ou levanta na porrada, e quietinha sem abrir a boca. se Abrir leva tbm

  15. Lhama Albina do Apocalipse says:

    Não quero causar polemica, mas nem todos os idosos são um posso de educação.
    Quando eu estava no ensino médio uma velha me xingou mesmo eu tendo cedido meu lugar…
    Eu levantei sem ela pedir e ofereci meu lugar pra ela, como ela ela retribuiu?
    Começou a gritar: TEM QUE LEVANTAR MESMO, O PESSOAL DA SUA IDADE SÃO UM BANDO DE FILHO DA PUTA…
    E continuou xingando por um tempão.

  16. Letícia says:

    Me recuso a acreditar que isso seja uma cena real, me parece algo armado, tipo aquele quadro do Fantástico “vai fazer o que?” . Pelo amor de Deus, isso não pode ser real, aonde vamos parar assim?

  17. Grampola says:

    Essa é a realidade da crasse mérdia brasileira, mau educados que acham que tem o rei na barriga, acham que ser´sempre assim e quando caem do cavalo se fazem de vitimas.

  18. mula says:

    O ônibus tem uns 40 lugares, qualquer pessoa pode oferecer seu lugar para idosos, mulheres bonitas, gravidas.. o assento é preferencial e não exclusivo. Ela só errou em xingar a velhota que xingou ela também! E, para julgar melhor, precisaríamos ver o que aconteceu antes, quem trabalha com publico sabe bem como são alguns idosos!

  19. Mariana says:

    Sabe qual é o outro absurdo? Todo mundo no ónibus vendo essa cena e ficando quieto, fala sério, se isso acontece na minha frente eu iria falar poucas e boas para essa mal amada.

  20. verdade says:

    tinha que ser que nem na família dinossauros, chegou nos 70 e não morreu ainda joga do penhasco. hahaha

  21. Ramon says:

    Realmente ninguém sabe se a mulher que já estava sentada não tinha direito de estar. E se ele tivesse um problema físico o qual não fosse perceptível facilmente, tipo usar uma prótese na perna ? muitas vezes eu deixei de ceder o lugar por não saber se a mulher esta gravida ou apenas obesa. Vou perguntar pra ela se esta gravida ?

  22. Marcondes says:

    A todos aqueles que criticaram a pobre senhora idosa não esqueçam que a ordem natural das coisas determina que um dia todos nos fiquemos velhos. Os velhos têm mobilidade lenta, músculos e estrutura físicas frágeis, têm problemas de equilíbrio, dores nas juntas e tonturas frequentes. Os lugares reservados a eles não é por comodismo e sim por segurança. Mesmo que fosse um velho canalha, ainda assim é um velho. O ‘Velhinho la de cima’ não joga mas apita. Quando acontece alguma coisa de ruim para uma pessoa mal educada geralmente ela pergunta: ‘O que fiz para merecer isso?’ Essa aí é uma que vai lembrar. Talvez um dia ela fique velha…Vai ter que melhorar muito para merecer!

  23. Fernanda says:

    Tinha que ser na minha cidade mesmo…que vergonha dessa dita cuja.

  24. Bauer says:

    o pior que gente como essa mulher, são os “idosos” muito bem de saúde que se aproveitam de tal preferência, e jovens que usam os idosos para tal.
    esses dias eu estava com minha namorada na fila do burguer king, com um casal na nossa frente apenas, quando de repente passa um senhor acompanhado da família por nós e foi direto ao caixa fazer o pedido. Primeiro, ele não era tão idoso e tinha muita saúde, não iria sofrer por esperar apenas dois lugares na fila. E segundo, se estava acompanhado do filho, mesma idade que eu, esse não poderia deixar o pai esperando sentado numa mesa enquanto ele fazia o pedido?
    Essa hipocrisia me dá raiva. O povo é tão corrupto quanto seus governantes.

  25. Ex caiçara says:

    Morei um tempo em Santos e trabalhei próximo a São Vicente, voltava em horário de pico, o ônibus lotava e teve uma vez que eu estava em um assento preferencial e uma idosa ao invés de apenas pedir para sentar retirou o RG e colocou próximo a minha cara, dei lugar por educação/dever mas a vontade foi de discutir.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo