Publicidade

Publicidade
10/09/2014 - 00:00

Mulher é presa em banheiro por 3 anos por ter dado à luz a uma menina

Compartilhe: Twitter

indiana_presa_01

Uma mulher de 25 anos permaneceu trancada em um banheiro por três anos e foi proibida de ver a própria filha, porque, acredite, acabou dando à luz a uma menina.

Torturada e afastada do convívio social, a mulher foi esquecida desde seu casamento, em 2010. Além do fato de ter parido uma criança do sexo feminino, ela também não tinha oferecido muitos dotes (considerado ilegal desde 1981) ao marido.

A mulher só pode ser encontrada porque a polícia recebeu uma denúncia do seu pai. Sua aparência, quando foi resgatada, era deplorável, com roupas sujas e unhas imensas. “Era como se os sogros buscassem uma espécie de vingança”, disse o porta-voz da polícia.

indiana_presa_02

Durante este tempo, ela se alimentou apenas de sobras irregulares e não pode sequer ver a luz do sol, o que lhe causou uma impossibilidade de abrir os olhos sob a luz e depressão profunda por ser reconhecida pela própria filha.

A família da mulher até procurou por ela, mas os sogros evitavam que o encontro acontecesse até mesmo enxotando-os da cidade.

Crédito

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , ,

Ver todas as notas

5 comentários para “Mulher é presa em banheiro por 3 anos por ter dado à luz a uma menina”

  1. Paulo says:

    Pqp, é impressionante como o ser humano é capaz de fazer grandes atos de bondade, mas em contra partida também é capaz de cometer inverso.

    É na Índia isso?

  2. Marcelo / Blumenau says:

    A ignorância está em todos os lugares, não importa se aqui no Brasil ou na Índia.
    Quem estudou um pouco de biologia, sabe que quem define o sexo da criança é o homem. Ele possui os cromossomos X e Y. A mulher só possui o X.
    Já conheci alguns imbecis que ficaram revoltados com a mulher na maternidade porque elas não lhes “deram um filho homem”. Como se a culpa fosse delas.

    • Lhama Albina do Apocalipse says:

      Eu nunca entendi essa revolta…
      Eu ainda tenho 19 anos e não tenho planos de ter filhos ainda…
      Mas quando eu for formar uma família eu com certeza quero ter uma filha!

  3. Shinobi says:

    Nesses casos a galera não fala “é coisa de cultura, então eu respeito”….

  4. felipe bleichvel says:

    É incrível como o ser humano pode ser tão nojento, se sua mente não for moldada corretamente. Algumas pessoas falam q não existe uma cultura errada, pois, o que é certo para nós, pode não ser para outros q vivem em circunstâncias, educação e ambientes diferentes (por exemplo, os índios que vivem pelados). Mas eu digo que embora não exista cultura errada, existe cultura burra. Nós devemos manipular nosso meio cultural com bom senso e não deixar se alienar por práticas culturais, e devemos acima de tudo preservar a ÉTICA E A COESÃO nas ações, não importa em que país se viva.
    O que ocorre nesses países onde a mulher é menosprezada,é que seguir o que já ta prescrito na sociedade é extremamente fácil, essas pessoas, se sentem extremamente comodas em fazer isso. Tanto os homens quanto explorar, quanto as mulheres em ficarem quietas. Mudar é uma coisa que, não importa em que época, sempre será dolorosa e difícil. E está cultura mesogena, é uma cicatriz que provavelmente vai levar séculos para cicatrizar, e a única coisa que podemos fazer é tentar plantar novos valores na geração seguinte, para que nasçam, num lugar melhor, e não precisem sofrer para muda-lo.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo