Publicidade

Publicidade
22/09/2014 - 00:03

11 detalhes em filmes que os fanáticos por cinema não deixaram passar em branco

Compartilhe: Twitter

filmes_polemica_01
Sabe aqueles detalhes em filmes que só os fanáticos conseguem perceber (e criticar)? Listamos 11 deles em filmes que talvez você já tenha visto.

filmes_polemica_11

filmes_polemica_10

filmes_polemica_09

filmes_polemica_08

filmes_polemica_07

filmes_polemica_06

filmes_polemica_05

filmes_polemica_04

filmes_polemica_03

filmes_polemica_02

Autor: - Categoria(s): Cinema, Curiosidade Tags: , , ,

Ver todas as notas

27 comentários para “11 detalhes em filmes que os fanáticos por cinema não deixaram passar em branco”

  1. Pedro says:

    Muito bom, mas algumas das imagens não estão abrindo

  2. Mariana says:

    Sou atleta de karate e posso te dizer que vale chute no rosto sim, rs… Já pontuei assim e já fui nocauteada da mesma forma 😡

    • Cezar says:

      Ainda bem, já estava achando que minha infancia seria destruida.

    • clovis says:

      Era isso que eu ia dizer. Tinha alguns chutes (mauashe etc, não me lembro o nome) que acertava no rosto. Mas não lembro se podia diretão no nariz.

    • Marcelo says:

      Mas tem um detalhe em Karate Kid naquela mesma cena que me intrigou desde a primeira vez que vi: o Daniel san fica naquela pose da garça porque o outro pé dele estava machucado e ele mal conseguia se apoiar com os dois pés no chão ao mesmo tempo. Mas, ao executar o chute, ele desce o pé machucado com tudo no chão, apoiando-se somente nele! Como ele conseguiu?

      • Brinho says:

        Cara… ele está apoiado em um pé, o pé bom… na hora do chute é este pé que ele tira do chão (o pé bom), acerta o chute (com o pé bom), e volta a apoiar-se no mesmo pé (o bom). Tenta fazer isso em casa… impossível né? Pois é… Daniel San é o cara! 🙂

  3. Doralice says:

    quer dizer que não vale chute na cara no karate? sabe de nada, inocente… vale e vale dar muito chute na cara!

    • Filipe Oliveira says:

      Ninguém está discutindo se no karatê vale ou não chute na cara, mas no filme diz que não podia acertar o rosto e o Daniel San ganha a luta exatamente assim !

  4. Daniela says:

    Faltou o primeiro filme do Sherlock Holmes com o Robert Downey Jr. Um pequeno detalhe na verdade: Em nenhum momento o personagem usa a frase “Elementar meu caro Watson”, sendo que essa é uma característica do detetive.

    • Théo says:

      Já leu algum livro do Sherlock Holmes? Em nenhum deles ele utiliza essa frase.

    • Leo says:

      Corrigindo você… em nenhum momento nos livros de Sherlock Holmes ele fala tal frase. Isso foi inventado por alguém, mas Conan Doyle nunca fez Holmes falar isso.

    • Wagner says:

      Seria um detalhe se ele tivesse falado! Já que em nenhum livro do Arthur Conan doyle essa frase foi usada! Digo isso completa, algumas vezes aparece “elementar” e “meu caro watson”, mas nunca a frase completa!

    • Pastor Edemerval Lacerda de Aguiar Sobrinho says:

      TODO MUNDO JÁ TE ESCULHAMBOU … MAS EU VOU COMPLETAR A NARRATIVA …

      1º) Arthur Conan Doyle, escritor que criou Sherlock Holmes, escreveu inúmeras falas “elementar” do detetive, e outras tantas “meu caro Watson”.

      Mas de fato nunca as duas em uma só sentença.

      2º) O termo foi cunhado em um programa de rádio da década de 30, aonde o escritor das novas aventuras, não me lembro o nome do infeliz, definiu esta frase como sendo o ponto de transição aonde Holmes já havia decifrado o mistério e passaria a explicar ao seu companheiro, e lógico ao público ouvinte.

      Era então um bordão de rádio criado para atrair a atenção para a solução do mistério.

  5. digão says:

    no filme O Livro de Eli,(bom) tem uma cena estranha ja que ele é cego então no tiroteio na casa do casal ele pede pro chefão abaixar a arma e logo ele pega uma faca e fica passando a mão tentando encontrar alguem por perto.

  6. says:

    Ví a alguns dias no Family Guy uma coisa que nunca tinha pensado sobre o Back To The Future:

    Não é estranho para o pai do Marty que o filho dele seja tão parecido com o rapaz por quem a mãe dele se apaixonou na juventude?

  7. Bruno says:

    Assim como no Harry Potter.

    Pq não usaram o vira-tempo pra combater contra o Valdemort??

  8. Marco Emílio says:

    karatê kid = Chutes são proibidos? Vitor Belfort queria que isso fosse realidade hoje em dia.

    BTTF = Não se trata de deixar o Biff ver a Lorraine (e vice-versa), mas sim de mostrar “Quem é que transa nessa porra!”

    Toy Story = Sempre pensei no mesmo.. Mas acredito que isso seja explicado, implicitamente, no 2º filme.. Eles falam que quando estão dentro da caixa ele estão em ‘hiper sono’, logo, deve ser diretriz dos patrulheiros espaciais ficar assim em caso de ‘ameaça’ ou seja lá o que for.

  9. Ge says:

    No filme Sinais, os Et’s que invadem a Terra tem medo de água. Sendo a única coisa que os elimina. O interessante é que eles invadem justamente o planeta que é coberto por 70% de água.

  10. re says:

    quando Marty surra Biff, e depois dá sequência ao filme, ele inadvertidamente muda toda linha do tempo inclusive a personalidade dele, que deixa de ser um machão com tendências á estuprar, para virar um covarde submisso! é um paradoxo, pois o Dr. Brauw (não sei se escrevi certo), disse para ele tomar o máximo cuidado para não fazer isso e ele acaba de todo jeito tendo que fazer, para seu bem e nem percebeu isso!

  11. Eduardo says:

    Em Waterworld tem outro detalhe com os cigarros! Como eles conseguiam plantar tanto fumo se não tinha terra???!!!!

  12. Fabio says:

    Independence Day: Todos acham ele louco por ter sido abduzido. Mas quando as naves aparecem, os mesmos que o chamavam de louco começam a dizer que sempre acreditaram no que ele dizia.

  13. Fernando Sampaio says:

    Tem outro filme que pode entrar nessa lista. É o de Volta para o Futuro 3, onde Michael J Fox volta ao velho oeste para pegar o cientista e logo que chega o carro dele se estraga e eles precisam criar um novo jeito para voltar ao Futuro, só que não precisavam, bastava eles pegarem peças no Deloren que estava guardado no cemiterio ( que o cientista trouxe, já não lembro o nme dele) e eles já tinham peças para consertar o Deloren que Michael J Fox trouxe

    • Lauro Medeiros says:

      Também é bom lembrar a cena do bar em que o Dr. Brown, depois de brigar com a namorada, entra, enche um copo de Whisky muito forte e fica da meia-noite até cinco horas da manhã falando da pretendida, sem beber um único gole e com uma assistência cativa de mais ou menos 30 pessoas. Será que ninguém ficou com sono não?

    • marcos junior says:

      Fernando, tem duas coisas ai…
      1 o carro estava com o tanque de combustível furado, a bronca era achar gasolina na época em que estavam

      2 se Marty consertasse o veículo com o outro carro como teria usado carro no futuro pra voltar para o velho oeste? Ficaria um paradoxo.

      Valeu!!

  14. Hope says:

    No caso do Caça Fantasmas, é que no segundo filme as pessoas não tinham mais problemas com fantasmas, então elas se “esqueceram”, e os herois perderam sua utilidade. E no filme “Independence Day”, dá pra perceber que as pessoas só zombavam dele ANTES de perceberem o ataque dos ETs.

  15. Adson says:

    Interessante. Muitas questões pra debater.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo