Publicidade

Publicidade
29/09/2014 - 11:59

Candidato à presidência fala sua opinião sobre a união homoafetiva

Compartilhe: Twitter

debate_record

O debate dos presidenciáveis na Record, do último domingo, 28/09, foi um dos mais polêmicos dos últimos tempos. Parte disso deve ser creditada à declaração feita pelo candidato Levy Fidelix a respeito da união homoafetiva, questionada pela candidata Luciana Genro. Para quem não viu, segue o trecho do debate.

Autor: - Categoria(s): Polêmica, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

55 comentários para “Candidato à presidência fala sua opinião sobre a união homoafetiva”

  1. robson simao says:

    ele só falou o que a maioria tem vontade de falar e não tem coragem…já ganhou meu voto

  2. Jennipher says:

    Ele equiparou homossexuais e pedófilos, é isso mesmo?
    Desde quando liberar o casamento gay é estimular a homossexualidade?
    Gente, nunca ouvi tanto absurdo na minha vida; e se diz um cara instruído… tsc tsc

    • Thiago Mattos says:

      É isso mesmo.
      A absoluta maioria dos padres pedófilos da igreja católica são GAYS, PEDERASTAS, velhos HOMOSSEXUAIS que gostam de abusar e comer garotinhos.

  3. Josué says:

    Gordinho miseravel, deve fazer festinha do pó com traveco, chegar em casa rasgadão pra beijar o neto e fala uma coisa dessas. se que não concebe nao é familia, pelo fim da adoção!!!!

  4. Tron says:

    Pior que tem *bastante* gente que tem um pensamento conservador desse jeito.

    Mas ele foi bastante honesto. OU não né, vai que é uma jogada kkkkkk
    Tem gente que prefere votar em quem é mais “honesto”, mesmo falando bobagem

  5. Renato Gomes says:

    Não entro na questão de ser correto ou não a união homoafetiva, mas isso de kit gay e cartilhas de todo tipo nas escolas públicas é uma ofensa a moral e bons costumes da nossa cultura, assim como seria o kit Hétero.
    Não significa tratar as minorias com preconceitos, mas respeitar o direito da família de educar sexualmente os filhos da forma que lhes convém.
    Acho que o grande problema da Educação no nosso pais é querer tirar a autoridade dos pais de diversas formas, tomando para si a responsabilidade sobre eles de forma errônea e quando se perdem, falam que o erro é da família que nao sabe educar.
    Se esqueceram que seu papel primordial é ensinar, passar conteúdo e formar cidadãos aptos a viverem em sociedade e preparados à se qualificarem como profissionais.

  6. Ricardo says:

    A unica coisa certa do discurso dele é: “dois iguais não se reproduzem”. O resto que sai da boca dele é lixo. Nada se aproveita depois disso. Mas concordo apenas que dois iguais não se reproduzem. Logo, não podem gerar e criar uma criança.

    • Felipe says:

      Sim, mas isso é mais do que óbvio. Mas e daí? O assunto são os direitos relacionados aos homossexuais, e não de quem é ou não capaz de reprodução.

  7. George says:

    Ganhou meu voto. Essa Luciana Genro é lamentável.

  8. Vanderson says:

    Ganhou meu voto! Viva Levy Fudélix!

  9. ezequiel says:

    ele achar que haverá queda da população por causa dos gays ??é hilario e absurdo ,,,,e alias uma queda na tacha de natalidade é o que o mundo ta precisando agora ,,, afinal ja passamos dos 7 bi

  10. Manu says:

    Para uma pessoa que está se candidatando a um cargo que representa todas as pessoas, sua visão é mínima e muito equivocada. Acho que ele foi no debate defecar pela boca porque sabe que não vai ganhar, então resolveu soltar toda seu pensamento tacanho de uma só vez. Lamentável.

  11. Eduardo says:

    De verdade, com tanto assunto importante, por que o povo bate em cima só de casamento gay? Tá todo mundo querendo casar com gay? Por que não falamos de economia e educação? por que não discutimos incentivo a inovação e empreendedorismo? por que não discutir nossa carga tributária massacrante? A tv, cheia de diretores gays botou isso como importante e vocês seguem como ovelhas. De verdade eu acho que os gays também merecem ser punidos com o casamento. Por que ficar protegendo eles de se lascar também né!(quem ja casou sabe do que estou falando). Mas por favor acordem, exisitem coisa muito mas muito mais importantes para nos preocuparmos.

  12. mf says:

    sinceramente, eu ODEIO politica, nao acompanho debates e por mim o voto jamais deveria ser obrigatório! Mas nao é essa questao, ao ver esse candidato falando o que pensa (ELE NAO ESTA PREGANDO A HOMOFOBIA) ao ser totalmente contra a uniao homoafetiva ele está defendendo o que acha correto, a instituiçao Familia! Tiro meu chapeu quantas vezes forem necessarias pra o Levi! Falou no que acredita sem ter medo dessa minoria que a todo custo quer nos obrigar a gostar e aceitar o que eles acreditam!

    • Marjorie Grazielle says:

      Concordo plenamente com vc. O povo não aceita a opinião dos outros, não aceito, nem acho correto casamento gay, muito menos a adoção, porém não vou desrespeitar um gay, por mim ele pode ser oq bem entender, não tenho nada ver. Agora ficar protegendo os gays de tudo e contra todos, me poupe. Eles podem querer constituir uma família, mas só será efetivada pq um casal hétero gerou a criança, pq dois iguais não fazem nada.

      • mf says:

        a realidade é que o povo brasileiro é facilmente manipulado. Se, nesse debate, ele ao invès de pregar a sua opnião contra a união entre homossexuais falasse coisas do tipo “no meu mandato nao vai existir homossexual solteiro, vou sair casando gays a torto e a direito”, hoje ele estaria sendo idolatrado por essa turminha (principalmente de redes sociais), mas só porque ele teve colhões de defender a sua crença, sendo assim honesto, o povo quer apedrejar o cara.

      • Everton says:

        Como é que é? Quer dizer que um casal de lésbicas precisa de um casal hétero para gerar uma criança. A limitação da mente das pessoas é que gera essa gritaria por causa de DIREITOS, nada mais que isso.

  13. Reginaldo S. says:

    É isso ae Fidelão!

    Falou o que a maioria não tem coragem de dizer.

    Chega de hipocrisia. Antigamente se você defendesse um gay, você era taxado de viadão. Mas depois das novelas da globo, e como os estrumes do Jean W. e Luciana G. hoje se você não defender o gay você já é taxado de fascista, machista, opressor.

    E essa mulher hein? Quem é o louco que teria coragem de encarar? O que falta de uma não faz na pessoa? kkkk

  14. Theo says:

    Pegando um gancho na objetividade do senhor Levy Asterix Obelix Ideafix Fidelix, também serei direto no meu comentário.
    O povo é muito hipócrita de imaginar que uma lei impedirá um um homem de dar o próprio cu para outro ou de uma mulher beijar a perereca de outra. Particularmente, não sei como explicar isso a um filho, mas quem sou eu para proibir o outro de gostar de uma pessoa do mesmo sexo? De impedir um homossexual de ter os mesmos direitos civis e previdenciários de um heterossexual? Seria muito egoísmo da minha parte. Entendo que é necessário excluir argumentos religiosos para resolução de conflitos sociais; que é desejável a queda da população mundial para diminuir a devastação da natureza; e que a fertilização in vitro e a adoção permitem que casais com duas tomadas ou dois plugs terem filhos. Se for para acabar com a promiscuidade da Parada Gay é melhor começar com a proibição da leitura da Bíblia que diz que Jesus beijou na boca Maria Madalena e Tiago e que Judas lascou-lhe um beijo após tê-lo traído. Eis o mistério do armário.

  15. Firmino says:

    Não venham falar mal do Levy não… primeiro que todos tem direito de falar o que quer… essa merda de politicamente correto, tá dando como resultado só censura e processos descabidos… dai temos duas coisas: os gays são tão preconceituosos quanto o restante, e na boa, o alarde entorno dessa fala, só faz desviar o foco das coisas principais, como a saúde, educação e infraestrutura… essa é minha opinião… se alguém for contra.. foda-se, se alguém for a favor… foda-se tbm, aqui no Brasil virou uma onda de um julgar o que o outro diz… ai vira esse monte de merda… só um detalhe, com essas brigas, esquecemos do que realmente importa…

    • Bia says:

      Não sei para que tanto receio da opinião oposta. Ela faz com que nós compreendemos o outro. Dessa forma, nós evoluímos e mudamos. Ninguém está o impedindo de falar, apenas estão contra argumentando, porém tem gente que o sabe fazer de forma pacífica e outros que apelam para xingamentos.
      Outra coisa, gays são pessoas, pessoas possuem defeitos e preconceitos (não que isso dê direitos a eles de serem preconceituosos). Se fosse assim o hétero também não devia ter direitos civis, já que também são preconceituoso e cometem erros. Percebe?
      Que só por serem gays, têm de ser melhores e superiores, como se o casamento foi uma graça divina dada a eles, já que não pessoas..
      É isso que eu entendo.
      Agora, eu concordo com você sobre o fato de termos assuntos mais importantes para serem tratados, pois, com uma boa educação, o preconceito diminuirá.

  16. sheilo jailson says:

    se for levar em consideração a taxa de natalidade, realmente é preocupante estimular a união homoafetiva. Caso a massa predominante no brasil seja de homossexuais, fico imaginando o que irá acontecer com a nossa população ao se reduzir drasticamente o numero de habitantes.

  17. Paulo says:

    Foi uma jogada politica dele. Simplesmente isso. Se foi errado ou não o que ele falou, não importa pois a intenção é arrecadar votos. Se ele precisar falar mal da mãe dele pra conseguir votos, ele vai.

    O que aqueles que são contra o que ele disse podem fazer de melhor é votar nos candidatos que abertamente apoiam o casamento gay, e depois COBRAREM isso do candidato que votaram.

    Sim, só uma alfinetada. A maioria dos candidatos da bancada envagelica foram contra o projeito ficha limpa.

  18. Henrique says:

    Seria até cômico (se não fosse trágico) ver uma figura tosca, ignorante e despreparada como essa ser presidente. Queria ver se quem conclama ter votado nele simplesmente por causa dessa declaração iria continuar se sentindo orgulhoso de ter votado nisso aí depois. Quer dizer que os outros quesitos que tornam um candidato apto a governar um país são irrelevantes, desde que ele seja contra a união civil gay? É isso mesmo? Quem pensa assim deve ter um problema sério com a própria sexualidade, não é possível!

  19. J says:

    Aparelho excretor não reproduz, mas a boca dele caga. Certeza.

  20. sidnei says:

    lamentavel!nao sou homossesual mas nao tenho nada contra mas tratou os homossexuais como uma aberraçao ainda bem que esse sujeito nunca ganhará !!!!!!!

  21. Thiago says:

    Recebi esta frase hoje e adorei: ‘Para o Levy Fidelix o ânus é tão sagrado que ele usa a boca para defecar!”.

  22. Marcos says:

    Eu acho complicado cravar uma opinião sobre isso, por exemplo, eu não sou nem a favor nem contra casamento gay, como diria o candidato do PV, eu não tenho nada a ver com isso. Se os gays querem se casar problema deles, mas eu sou contra a adoção de crianças por casais gays, me preocupo com a formação psicológica dela, porém, tem quem defenda que é melhor ter um lar, mesmo que de casal gay do que ficar na rua. Complicado.
    O Levi Fidélix tem todo o direito de ser contra o casamento gay, só acho perigoso quando ele diz que somos maioria e vamos enfrentar essa minoria, tem uma galera de cabeça mais fraca que entende isso como direito a violência.

  23. tocontigo says:

    To contigo Levi Fudelix, respeito, porem nao sou obrigado a concordar com isso… lembrando que atualmente se vc disser que nao gosta de gay vc é homofóbico, entao quer dizer que eles tem privilegios sobre nossa opiniao?

    a globo adora isso ne

  24. mula says:

    que o ser humano é uma praga, um destruidor.. não precisa explicar né? Pode ser que essa “nova família” seja a forma que a natureza encontrou para combater a nossa reprodução.

  25. Robson says:

    Nunca comentei em nada, porém senti vontade de comentar esse post

    Apenas uma pergunta…realmente dois iguais não geram criança sendo assim as crianças que são abandonadas são por pais heteros….Um casal homoafetivo que adota essa criança abandonada não é considerada uma familia por vocês, apenas por serem do mesmo sexo? É motorista pode parar esse mundo que eu quero descer pois não tem mais solução não

    • Perivaldo Jocove says:

      Isso é uma desculpa para corrigir um erro maior do Estado, que é o desamparo à família. Não se conserta um problema com um remendo, o fato de haverem crianças abandonadas deve ser combatido na fonte, não permitindo a famílias que não tenham a mínima condição de educação e sustento, virem a trazer crianças para o mundo. Lembrando que os casais homossexuais adotariam sim, muitas dessas crianças, mas não todas nem tampouco o suficiente.

  26. michel rayol says:

    Temos a obrigação de defender o que qualquer pessoa tem a dizer, mesmo não concordando com que esta diz.

  27. Rone says:

    Engraçado, homossexuais pregam e exigem direitos iguais, mas não respeitam uma opinião contrária. Hoje não se pode falar nada contrário do que homossexuais pensam que você é homofóbico, porque? Não é uma opinião? Todos têm direito de dar sua opinião ou não? Homofobia é você desrespeitar, incitar violência…não falta muito pra você ser obrigado a beijar alguém do mesmo sexo pra provar que não é homofóbico, como já vemos as “campanhas” pela TV a fora…

    • Paulo says:

      Onde está o erro? Ele não opinou? Ninguém tosou o direito dele opinar. Ou você quer QUE TODOS concordem? É isso o que você chama de respeitar opinião contrária? Homofobia realmente é desrespeito, ou você acha que ser comparado a pedófilos, tal como ele fez no vídeo, é respeitar?

      Nem sei pq insisto. Tá na cara que é mais um egoísta.

  28. Fábio Figueiredo says:

    Poxa, cada um faz o que quiser…
    Se quiser enfiar um ventilador no rabo, que enfie.. O que o governo tem que se meter ATÉ nisso?

  29. Pâmela says:

    “Vai pra Paulista que voce vai, ta feia a coisa lá” kkkkkk
    A maioria tem vontade de falar e não tem coragem
    ganhou o meu voto!

  30. Bia says:

    Acho isso tão egoísta da parte de quem defende o Levy. O que um homem branco hétero sabe o que é sofrer com discriminação? É muito fácil para vocês que estão dentro do “padrão”, nas suas cadeiras sem saber o que é, de fato, apanhar ou ser morto por, simplesmente, ser quem você é, seja negro, seja gay.
    Ninguém está impondo a vontade a ninguém, mas o único meio com que os gays têm para se defender é através da fala, mas o homem branco hétero se sente muito ofendido quando sua opinião “única” e “correta” é contra argumentada.
    Tem que parar para ver que todos somos humanos, e temos que ser respeitados como tal, independente de cometermos erros. Agora, achar que um gay tem que ser melhor que um homem branco hétero em tudo só para provar que ele é humano, só para ser isto como humano, é abominável.
    É a mesma coisa que acontece com um negro, que tem que ser o melhor dos melhores para ter algum direito.
    No final das contas, não é por alguns gays ou negros cometerem crimes, que todos os gays e negros não merecem direitos e deveres, como qualquer outro, por causa de alguns. Se assim o fosse, homens brancos e héteros não deveriam ter direito algum, porque, ao longo da história, foram eles os principais autores de crimes hediondos.
    E não preciso nem falar que argumento idiota esse de que “só porque eles não podem reproduzir, eles não têm o direito de criar”. Assim ninguém teria o direito de adotar, não foi você quem pariu. Assim ninguém poderia falar nada de uma mãe que espanca o filho até sangrar, foi ela quem pariu, então é ela quem sabe como criar, neh?
    Argumento tosco.

  31. Adem says:

    Disse Bem!

  32. bruno says:

    o grande problema desse blog, é a quantidade de gente preconceituosa e com uma visão muito triste da realidade e sobre o que é garantia de direitos. uma pena.

    • Vô Maza says:

      Discordo. O problema não é o blog. Haverá discussão sobre esse tema nesse blog, no blog do Zé, no Globo.com, Uol e etc., nas escolas, mesas de buteco e afins. O Oneberto postou isso por ser um assunto atual e de grande repercussão.

  33. Anderson says:

    Sem preconceitos, sei q gosto é q nem cu….mas o mundo praticamente ja entrou em processo de apocalipse….ta tudo errado, alguns enxergam outros não….é rir pra não chorar, tipo ate não entro em questão de as pessoas se relacionarem como bem quiserem, mas a tal da adoção de crianças por casais homossexuais, a tendencia de transformar a criança numa pessoa transtornada é mto grande….descordo plenamente, parabéns Fidelix!!!

    • Xumbado says:

      É muita asneira de gente sem noção. Quem transforma uma criança numa pessoa transtornada é justamente gente como você, destilando preconceito.

  34. Shinobi says:

    Tô nem aí, ia votar nele antes de qualquer forma e não mudei de ideia. Isso aí vai fazer é ele ganhar uns votinhos a mais

    Aécio, Dilma ou Marina irá ganhar e o Brasil continuará a mesma bosta de sempre.

  35. comentarista says:

    Parabéns Levy você é um cara muito corajoso ,e a tua opinião é a opinião da esmagadora maioria da população mundial, é que a “midia” quer chocar as pessoas para ganhar audiência , e quem não tem opinião própria que diga e faça o que Vê na TV.

  36. sam-sãopaulino says:

    Pelas muitas reportagens policiais que já vi, onde mostram o que é, na realidade, a parada gay, FRANCAMENTE, CONCORDO COM O LEVI….
    SE QUER SER GAY, QUE SEJA, MAS NÃO QUEIRA FORÇAR QUE EU TENHA QUE TER MENOS DIREITOS DO QUE UM GAY…ISTO NÃO…DIREITOS IGUAIS A TODOS…
    PRINCIPALMENTE DIREITOS PARA A FAMILIA BRASILEIRA…

  37. Vinicius says:

    Eu sou a favor da família:
    Uma família que trate o filho, melhor que meu pai e minha mãe me tratou. Mesmo sendo 2 homens ou 2 mulheres.
    Qual a relação de família e concepção?
    Quem cria é quem sabe.
    Não tive filho mas cuidei (muito melhor) de muito rebento de outrem.
    Pra puta que pariu as “famílias” que fecundam e não cuidam.
    Pago um pau pra quem cuida do filho dos outros.
    Sei bem o que é isso.

    E vocês que acham que família é só hetero…fodam-se vocês.
    Familia é amor, caralho.

    • Marcello says:

      É isso aí! Usam esse argumento de conceito de família “normal” prá justificar seu preconceito e intolerância. E chamam de “opinião” a expressão de ódio que sai de seus corações.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo