Publicidade

Publicidade
24/10/2014 - 00:03

Fotos interessantes e as histórias por trás delas (Parte 36)

Compartilhe: Twitter

Confira outra sequência de fotos interessantes e suas histórias.
foto_historicas_18

George Bush é interrompido durante visita a escola para ser comunicado sobre os ataques em 11 de setembro.


 
 
 
 

foto_historicas_01

O prodígio Bobby Fisher jogando com 50 oponentes simultaneamente em um hotel em Hollywood, em 12 de abril de 1964. Ele venceu 47, perdeu um e empatou dois.

 
 
 
 
foto_historicas_02

WH Murphy, inventor do colete à prova de balas, testando sua invenção, em 1923.

 
 
 
 

foto_historicas_03

Stephen Hawking e sua esposa, Jane, em 1965.

 
 
 
 

foto_historicas_04

Quando as primeiras bananas chegaram na Noruega, em 1905.

 
 
 
 

foto_historicas_05

Harold Agnew transportando o núcleo de plutônio da bomba de Nagasaki.

 
 
 
 

foto_historicas_06

Os Beatles antes de serem populares.

 
 
 
 

foto_historicas_07

Este foi o tráfego sueco em 1967, quando trocaram a direção do lado esquerdo para o direito.

 
 
 
 

foto_historicas_08

Quadro pintado por Pablo Picasso quando ele tinha 15 anos de idade.

 
 
 
 

foto_historicas_09

Castelo do Drácula construído na Romênia.

 
 
 
 

foto_historicas_10

As praias chinesas são extremamente cheias…

 
 
 
 

foto_historicas_11

e poluídas também.

 
 
 
 

foto_historicas_12

Uma das múmias mais bem conservadas de todos os tempos – Lady Dai, da Dinastia Han, com mais de 2.200 anos de idade.

 
 
 
 

foto_historicas_13

Ayrton Senna como garoto-propaganda do Corcel II, de 1983.

 
 
 
 

foto_historicas_14

Propaganda de 1980 do Gol, único carro brasileiro a ultrapassar a marca de 5 milhões de unidades produzidas.

 
 
 
 

foto_historicas_15

Este era o edifício-garagem americano na década de 30.

 
 
 
 

foto_historicas_16

Disney em construção.

 
 
 
 

foto_historicas_17

Sabe quem é esta adorável criança? Adolph Hitler.

 
 
 
 

foto_historicas_19

Nem uma diarreia foi capaz de parar este maratonista.

 
 
 
 

 

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , ,

Ver todas as notas

36 comentários para “Fotos interessantes e as histórias por trás delas (Parte 36)”

  1. Cap Troz says:

    Galera, eu que tenho muita experiência de vida lhes digo – Drácula não EXISTIU, mas aquele castelo sim. E digo mais HITLER foi criança, mas também foi adolescente o que explica muita coisa, e pro mundo não foi BOM. E o cara ali segurando plutônio, sei não hein … é um elemento PERIGOSO. Fico feliz de passar meus conhecimentos a vcs. Se atentem a isso, amiguinhos.

    • The Crow says:

      cale-se.

    • Denisson Santos says:

      Mano, deve dar uma vontade imensa de deletar esses comentários… Mas como não sou moderador, o que me resta é rir!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Leonardo says:

      Nossa, que viagem em filho?

      Procure por Vlad Tepes, o castelo era dele e ele foi chamado de Dracula e sinceramente o resto que voce escreveu é tão sem noção que nem vou responder

    • O homem mau says:

      Ah vá! Sério? E eu armazenando alho, estacas de madeira em casa a toa? Cap Toz, você iluminou minha vida. (SQN…)

    • DoNotOpen says:

      Bom, nao sei se alguem ja respodeu isso, mas dracula sim existiu, só não era um vampiro ou coisa parecida, apenas um conde (chamado conde Dracula, ou pelo seu verdadeiro nome Vladmir) que era conhecido e temido por ser muito sanguinario.

  2. mauricio says:

    eu sou um fã do buteco , sempre quando eu chego no serviço a primeira janela a abrir na internet é essa, sempre espero essa parte das fotos interessantes, vlw por divertir minhas manhas otimo post

  3. Geyson Monte says:

    Nobre Humberto,
    Esta do maratonista foi a melhor para uma sexta-feira!!! He,he,he. Abração.

  4. Robbot says:

    eu não carregaria plutônio tão próximo aos meus testículos.

  5. maycon says:

    Ultima foto: Cagando e andando, literalmente!

  6. Éder Souza says:

    Cap Troz, antes de sujar a internet com sua ignorância, recomendo um pouco de leitura.

    “Drácula” não existiu. (?)

    Bem, o Castelo de Bran (hoje chamado popularmente de Castelo de Drácula) é as vezes associado a Vlad Tepes. Esse sujeito de nome esquisito foi príncipe de uma província da Romênia, chamada de Valáquia. Algumas histórias dizem que Vlad Tepes usou o castelo como tática de combate, visto que o Império Otomano queria avançar pela Europa.

    Então, dito isso, vem a parte interessante. Se o nome não te trouxe algo a mente, eu esclareço. Vlad Tepes é o mesmo sujeito usado como “inspiração” no romance de Bram Stroker. Ou seja, Vlad Tepes é o Drácula.

    Pois é, o Drácula EXISTIU, mas talvez só não tenha sido esse chupa-cabra todo.

    Excelente postagem, como sempre. Fiquei surpreso com a foto do Stephen Hawkings. Com o perdão da palavra, muito fod4.

    • Cap Troz says:

      Éder Souza, até entendo algumas limitações das pessoas, mas sou uma pessoa do BEM, portanto posso esclarecer. O Drácula foi inpirado nesse Vlad que não se chamava drácula, que é um nome FANTASIA, se ligou? Esse é o pulo do gato. Fica a dica, amigos.

  7. Jão Bolão says:

    Cara legal esse Cap Troz. Deve ser sozinho e quer chamar a atenção, para que todos sejam seus amiguinhos.

    • CAp Troz says:

      Eu que já batalhei e sofri muito na vida, mas hoje posso andar de cabeça erguida levo uma coisa que sempre aprendi – EDUCAÇÃO – por isso o amiguinhos, não quero inimigos, mas vivemos no MUNDO , e isso pode acontecer.

  8. Observador says:

    Não sei quem faz os comentários mais sem noção, se é o Cap Troz ou o Daniel que só entra pra comentar besteira.

  9. Alessandro says:

    Vendo a foto do bebê Hitler fico imaginando como essa então inocente criança poderia ter sido qualquer outra coisa, além do monstro que se transformou.

  10. falameu says:

    amiguinhos, hahahahahahahahahahahahhahahahahahahhahahhahhahahahahahahahahahaahhahahahhahahaahahahhahahah

  11. Éder Souza says:

    Cap Troz, a palavra “Drácula” pode recorrer a muitas questões. Mas não é nossa intenção entrar no que vem a constituir a história de vampiros e afins. Até por que, não é o vampirismo em si que fez o personagem, mas toda sua situação.

    Sobre o apelido de Drácula, isso sempre foi fato comum. É igual chamarmos o Ronaldo (jogador de futebol) de Fenômeno.

    Isso quer dizer que ele é um fenômeno ?

    A diferença aqui é singular. O romance de Bram Stroker constitui parte da história, literatura de ponta, um clássico.

    Em detalhe, Vlad Tepes (o príncipe), não era chamado de Drácula. Mas era conhecido como ” O empalador “. Poético e não coincidentemente. Por esse motivo, que Stroker escolheu esse príncipe em particular, para se tornar o tão temido Drácula. Um empalador e nobre, sádico e sofrido.

    • Thiago says:

      O Cap Troz ta te zuando, se ligou?

    • Diego says:

      O Vlad Tepes, q teria inspirado o livro do Stoker, tinha sim a alcunha de Draculea, que seria algo como filho do Dragão, em referência a seu pai Vlad Dracul, por este ter se juntado a ordem religiosa do Dragão, ordem religiosa criada pelo imperador do sacro império romano-germânico. O nome Tepes, tb é referência a uma fala de que ele empalava seu inimigos, razão pela qual era muito temido.

  12. comentarista says:

    A versão da história que conheço de Vlad ( drácula) , é que ele foi um conquistador e ficou famoso por sua crueldade quando invadia cidades e vilas , erguia seus adversários espetados vivos em uma estaca de madeira, para atemorizar as outras pessoas.

  13. Lua says:

    Queria um Drácula na minha vida…delícia!

  14. Rodrigo Antunes says:

    SÉRIO QUE O HITLER TEVE INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA? Achava que ele já tinha nascido adulto. :XXX

  15. ganso says:

    Hein desculpem a minha ignorancia, mas os beatles não eram só quatro?

  16. Dracula says:

    é eu continuo tocando o terror….Cap Troz tu ta precisando de uma “EMPALADA”

  17. Notledblast says:

    – Presidente Bush… seu plano deu certo.
    – Obrigado, faça cara de paisagem e me chame daqui 5 minutos enquanto eu conto uma histórinha para estas crianças
    – OK
    – Crianças… alguém tem o pai que trabalha no World Trade Center?

  18. Diego says:

    Vlad Tepes tinha sim a alcunha de Draculea, algo como o filho do Dragão, em referência a seu pai, que havia se juntado à ordem do Dragão, ordem religiosa criada pelo Sacro império Romano Germânico.
    Sobre a pergunta do Ganso, essa foto foi tirada provavelmente em 1960, ou antes, ela ainda não mostra Ringo Starr, mas Stuart Sutcliffe(de óculos) e Pete Best (na bateria). Stuart deixou a banda em 1961, achando q ela não ia dar nada, e Pete no ano seguinte, quando foi substituído por Ringo

  19. NotMatter says:

    Apenas uma observação, mulher do Stephen Hawking na época, já que se separaram em 91

  20. Wiseman says:

    Hitler odiado por todo mundo ? QUASE todo mundo, diria:
    MUITOS o amam e concordam com sua ideologia até hoje em várias partes do mundo.

  21. Igor says:

    a última foto foi totalmente desnecessária

  22. thiago amaral says:

    Interessante como o estilo de Pablo Picasso mudou com o passar do tempo.

  23. Diego says:

    Interessante a veia “saltando” na testa do Bush enquanto ele recebia a notícia.
    Parabéns pelo site Humberto!!

  24. Daya says:

    Povo discutindo a existência/não existência do Drácula e eu só queria que as bananas nunca tivessem chego ao Brasil… #eca

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo