Publicidade

Publicidade
13/11/2014 - 09:42

Cena de guerra: Garotinho enfrenta tiros para salvar garota

Compartilhe: Twitter

tiro_guerra
A guerra é um dos acontecimentos mais absurdos da história humana. Na Síria, por exemplo, um garotinho acabou usando de toda manha que a vida lhe ensinou para tentar salvar uma garotinha que estava usando um carro como proteção. Confira o vídeo.

A propósito, enquanto atiram eles gritam Allahu akbar, algo como “Deus é grande”, e é usado pelos muçulmanos em diversas ocasiões, que vão desde as orações formais até manifestações de alegria e força, entre outras.

Via Xpock

Autor: - Categoria(s): impressionante, Incrivel, Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

16 comentários para “Cena de guerra: Garotinho enfrenta tiros para salvar garota”

  1. Geyson Monte says:

    Um herói como poucos no mundo!!! Parabéns!!! Abração.

  2. Rone says:

    Atiram até em crianças? Que triste isso…

  3. Ricardo says:

    Prova de amor maior não há do que dar a vida pelo irmão

  4. Girafa Cotoca says:

    Aqui no Brasil tb metem balas em crianças…
    Mas apenas no dia de Cosme e Damião.

  5. willian says:

    escoria da humanidade tinha que varre do mapa esse pessoal .

  6. Marco says:

    Mira ruim da porra!!!!

  7. cristiano says:

    emocionante

  8. Ultron says:

    I was right.

  9. Ezequiel says:

    atirar em crianças??? ,,,,,certos humanos não merecem nem o ar que respiram

  10. Paulo says:

    Pessoal, muito bacana, mas esse video foi feito para talvez criar um impacto sobre as mortes na guerra…..

    http://www.liveleak.com/view?i=b69_1416013802

  11. Marii says:

    o video é fake… foi criado pra alertar sobre as criançar na guerra…….

  12. acaro says:

    Esclarecido q é fake, mas valeu a intenção.

  13. Famscrow says:

    Galera tá malz no Battlefield.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo