Publicidade

Publicidade
17/12/2014 - 11:35

Um vídeo fascinante mostrando como um sapato masculino nasce na Louis Vuitton

Compartilhe: Twitter

sapato
Este vídeo é hipnotizante. Ele mostra como é fabricado um sapato masculino da grife Louis Vuitton. Tudo feito à mão e com extremo cuidado. É muito legal ver como nasce um sapato.

Autor: - Categoria(s): impressionante, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “Um vídeo fascinante mostrando como um sapato masculino nasce na Louis Vuitton”

  1. V says:

    Só de curiosidade quis saber o preço

    Por menos de R$1900,00 vc não compra nada…

    Só pra blogueiro mesmo ,,, né Humberto??? rsrsrs

  2. Segala says:

    Muito louco! Dá vontade de ter… ” vontade ” hahaha ter um? Quem sabe em alguns anos! rs

  3. Elder says:

    Vontade de ter dar mesmo, mais quando olhamos os preços no site, fica mais dificil.,., classe muito elevada.. mais é isso.. muito bonito o sapato. e massa a linha de produção.

  4. Henrique says:

    Só faltou a musiquinha: Viu, como só faz… Muito bom!!!!

  5. Christian says:

    Realmente uma obra de arte

  6. Mulengo says:

    Meu sapateiro faz igual, e sem musiquinha !

  7. Pedro says:

    esse video mostra como é feito uma camisa da Dudalina https://www.youtube.com/watch?v=67XXaHetZsg

  8. Leici says:

    Quanto trabalho hein? O cara é um verdadeiro artista!

  9. olimpio says:

    faço o mesmo,nada de excepcional.antes que falem sou designer de calçados e moro franca sp,capital nacional do calçado

  10. Francisco Fhás says:

    Hoje em dia, sou Corretor de Imóveis e Bacharel em Direito. Mas, a minha primeira profissão foi a de Sapateiro. Conheço e sei de có como se sola uma sapato esterado confeccionado artesanalmente. Linda apresentação. Abraços!

  11. Joney souza says:

    Sou apaxonado por sapato,tanto que me especializei hoje sou um artesao, lindo blog!!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo