Publicidade

Publicidade
14/05/2015 - 12:00

A melhor ação envolvendo um clube de futebol do Brasil que você verá hoje

Compartilhe: Twitter

doacao_ecv

Esta talvez tenha sido a mais bem bolada ação envolvendo um time de futebol e uma nobre causa, como a doação de órgãos. O E.C. Vitória entrou em campo com uma camisa especial, que trouxe o escudo removível, considerado o coração de um time, com aplicação em velcro. Durante as substituições, o jogador titular doou seu escudo para o reserva, passando a mensagem de que: “quando o jogo acaba para alguém, ele pode continuar para outra pessoa“.

A ação, idealizada pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, repercutiu muito bem no país. No entanto, nada terá valido a pena se a mentalidade das pessoas não mudar. Por isso, veja como é simples ser doador de órgãos e tecidos.

01

Compartilhe esta informação em suas redes sociais. Quando o jogo acaba para alguém, ele pode continuar para outra pessoa

 
 

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

5 comentários para “A melhor ação envolvendo um clube de futebol do Brasil que você verá hoje”

  1. mateus says:

    segunda grande ação do vitoria, a primeira foi meu sangue é rubro negro, incentivando a doação de sangue
    http://www.saude.ba.gov.br/hemoba/index.php?option=com_content&view=article&id=341&catid=30&Itemid=124

  2. PANICO says:

    A não doação de órgãos geralmente é negada pela família pelo seguinte motivo: religião.
    Dizem que você não vai chegar ao céu “inteiro” se você doar…

    • Diego says:

      Não, é por pura e simples ignorância, seja ela religiosa ou não. Alguns dizem que não são doadores para que os médicos não apressem sua morte, para curar outra pessoa que tenha mais dinheiro, e outras besteiras.

  3. Marcelo Xavier says:

    Sou torcedor do Bahia, grande rival do Vitória-BA, mas tiro o chapéu para nosso nobre rubro-negro.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo