Publicidade

Publicidade
21/05/2015 - 00:01

Pai obriga garoto a quebrar videogame por causa de notas baixas

Compartilhe: Twitter

quebrando_vg

O pai de um garoto tomou uma atitude extrema quando recebeu o boletim da escola dele. Descontente com as notas baixas, ele obrigou o filho a quebrar seus videogames em plena rua, usando uma marreta. No início, ele relutou um pouco, mas começou a destruição.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Flagra Tags: , ,

Ver todas as notas

10 comentários para “Pai obriga garoto a quebrar videogame por causa de notas baixas”

  1. gilberto says:

    não bastava esconder?

  2. Geyson Monte says:

    Foi pouco. Devia incluir celular, notebook e mais coisas que atrapalhe os estudos. Esconder não adianta pois ele vai se dedicar até conseguir de volta e a história vai se repetir. Abração!!!

  3. Astolfo Romário says:

    Isso é um absurdo, colocar uma criança numa situação dessas. O ministério público precisa averiguar esse abuso de menores, pq isso aí foi expor a criança.

    • Marcio says:

      Astolfo, antes de se meter nos problemas dos americanos, porque vc não usa esse seu protecionismo para acabar com a exploração infantil no BR, onde criança não pode trabalhar na rua, mas tem um monte de pirralho babaca de 13, 14 anos cantando funck até altas horas da noite e rebolando a bunda….pode até ser sua filha. Criança pobre não pode trabalhar, vagabundo falando palavrão pode……Olha ṕra sua casa antes de falar da dos outros.

  4. Daniel says:

    It’s not my fault…… claro que é culpa sua gordo, vc que não estudou mano. se fode aí.

  5. digão says:

    o guri tirou 10 em LOL

  6. George says:

    Ai o guri vira psicopata, faz uma chacina no colegio, e ficam se perguntando pq!!

  7. Paul says:

    qualé!? e o ultimo lá? Se ferrar

  8. O Pirahã says:

    Um pai com atitude, não um destes fracotes politicamente corretos que usam cuequinha de seda!

  9. Adriano says:

    Um pai retardado… pq o filho vai fazer as coisas escondido dele.

    Era melhor proibir o videogame…ou vender e comprar livros.

    E ele teria aprendido a lição do mesmo jeito.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo