Publicidade

Publicidade
18/08/2015 - 14:43

Conheça o homem apelidado de ‘Popeye humano’

Compartilhe: Twitter

popeye

Este é Jeff Dabe, um sujeito conhecido como Popeye que leva a vida lutando braço de ferro. Bom, os braços e mãos de Dabe são surpreendentes. Tão incríveis, que pensava-se que ele tinha alguma doença, mas logo desprezaram a ideia pois os exames não identificaram nenhuma anormalidade. Para se ter uma ideia, suas mãos são do tamanho de uma folha A4. Incrível!

Via Xpock

Autor: - Categoria(s): impressionante, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

13 comentários para “Conheça o homem apelidado de ‘Popeye humano’”

  1. Geyson Monte says:

    Nobre ONEberto,
    Não seria Dabe como está na camisa??? Fora isso, são duas folhas de A4 ambulantes. Abração!!!

  2. Rodolfo Castelo says:

    Dois braços gigantescos em um corpo desproporcional não é anormalidade, ok.

  3. Jon Snow says:

    o dedo dele é maior que meu pau.

  4. Rubia says:

    Punheteiro level: hard

  5. David Dias says:

    É uma anomalia que esta sendo explorada bem por ele e de forma má pelos outros pois quem sabe muitos idiotas irão querer ter um corpo igual. Como no UNIVERSO não existe o acaso mas sim CAUSA E EFEITO, deve ter uma causa para isto e como DEUS é justo ele mereceu ser assim e devemos respeita lo.

  6. Giovanni says:

    Isso se chama localizada kkkkk vai pensando q ele nasceu assim kkkkkk

  7. Que interessa meu nome says:

    Sempre tem que ter um pagador de dízimo pra ficar botando Deus em tudo.

  8. Amarok says:

    Ele tem é q tomar muito cuidado ao se masturbar, pra não esmagar o bicho.

  9. icaro says:

    Pense em uma mulher feliz…. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

  10. Geyson Monte says:

    Pelo tamanho do pé, ele já fez muita mulher sofrer. He,he,he. Coitadas!!! Tem um amigo meu que a mulher que sai com ele, não serve para mais ninguém. Imaginem!!! He,he,he. Abração!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo