Publicidade

Publicidade
26/08/2015 - 01:01

Homem passa 9 dias vivendo nos esgotos de Salvador após cair em córrego

Compartilhe: Twitter

no_esgoto

Um carpinteiro de 43 anos tem uma história bizarra para contar. Após descer de um ônibus numa estação de transbordo de Salvador, ele escorregou e acabou caindo em um córrego, sendo arrastado pela correnteza. Genivaldo da Silva passou nove dias nas galerias de esgoto de Salvador, vivendo em total escuridão e convivendo com ratos e baratas.

A agonia dele só terminou quando, após caminhar por cerca de 5 km, chegou no bueiro aberto de uma estação de tratamento de água. Ele foi resgatado e encaminhado ao Hospital Geral do Estado com alguns cortes e feridas nos pés.

Autor: - Categoria(s): fail, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

4 comentários para “Homem passa 9 dias vivendo nos esgotos de Salvador após cair em córrego”

  1. Geyson Monte says:

    O discernimento de alguns seres humanos são em grau menor. A pessoa não distinguir uma pessoa naquele estado e desarmada, de um marginal, é um absurdo. Fosse marginal ou não, eu pularia no fosso e ajudaria a tirá-lo. O cara pode ser o que for, mas no íntimo tem seu lado bom. Conheço alguns e posso dizer isso. Lembrando que tem muito engravatado que não vale um marginal e despedaça gente, seja visceralmente ou emocionalmente. Abração!!!

  2. Bruno Brito says:

    Que situação dramática e trágica viveu esse rapaz! Achei muito palha esse site me redirecionar para propaganda antes de terminar meu comentário #FicaaDica – Aliás aproveitando, eu indico este blog de dicas http://brunotechno.blogspot.com.br muito bom e ontem saiu uma entrevista nele com a rainha das tags do twitter.

  3. Luiz Moraes says:

    Só Baiano mesmo pra demorar 9 dias para andar 5 km, kkkk

  4. jhonatan soares says:

    ELE NAO PASSOU NOVE DIAS PARA ANDAR 5KM, ATE PQ ELE ESTAVA PERDIDO NA ESCURIDAO. COM CERTEZA PERDEU O CENSO DE DIREÇÃO. A REFERENCIA A DISTANCIA, É DO BUEIRO Q CAIU AO PONTO ENCONTRADO.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo