Publicidade

Publicidade
09/09/2015 - 00:01

Durante entrevista, repórter do CQC toma soco e cabeçada de entrevistado

Compartilhe: Twitter

cqc_apanhando

O repórter do CQC Lucas Salles acabou se envolvendo em uma confusão, com direito a soco e cabeçada, em um dos quadros do programa. Lucas gravava o “CQC Haters” e entrevistava o responsável por um comentário feito na internet, no qual afirmava que “bandido bom era bandido morto”. O rapaz referia-se a uma chacina ocorrida em São Paulo, na qual várias pessoas, entre elas pessoas inocentes, foram executadas sumariamente. Em determinado momento da entrevista, Lucas é agredido com um soco e uma cabeçada. Tudo foi gravado pela equipe.

Autor: - Categoria(s): Flagra, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

28 comentários para “Durante entrevista, repórter do CQC toma soco e cabeçada de entrevistado”

  1. Bruno says:

    Parabéns ao Hater. Acabou de se tornar um criminoso e já pode ser morto. Legal, né?

  2. Loprado says:

    na minha humilde opiniao, bandido bom e bondido morto! mas nw se encaixa no caso da chacina pois havia inocentes…
    e cada caso eh um caso nw da para generalizar pois a justica eh falha!
    mas a abordagens das perguntas e respostas do reporter tbm foram iguais a de muitos hater q vemos por ai…
    Obs: bate igual uma mocinha!

  3. Tiago says:

    Esse programa existe ainda?

  4. Thiago Santana says:

    Eu sempre respeitei e admirei as matérias do CQC mas essa foi muito ruim e tendenciosa. Nossas leis realmente não são severas, causando revolta da população e alguns policiais. Matar inocentes eu sou contra, mas bandido eu não faço questão, prefiro ele morto do que um inocente que ele poderá ou já tirou a vida. Realmente, bandido bom é bandido morto.

  5. carlos says:

    nada justifica uma agressão, mas ô reporter chato esse do cqc, ta loco, bons tempos de cqc q não voltam mais..

  6. Manu says:

    Cara, não acredito que os policiais aconselharam ele a se retratar! hasuhasusahusahsausahusa pqp! Eu ri disso!

  7. Fábio says:

    CQC, programinha tendencioso, lixo!

  8. Luciano says:

    MAs o programa não prega liberdade de expressão? Porque então os “repórteres” vão atrás de pessoas que postam suas opiniões na internet, como se fosse uma caça às bruxas? Este programa é uma porcaria a muito tempo mas agora estão passando dos limites.

  9. saymon says:

    Que repórter escroto, ele ficou atiçando a ira do pobre homem trabalhador!!

  10. Antonio Carlos says:

    Seguinte, porque eu, assim como muita gente de BEM e TRABALHADORA defende essa ideia de “Bandido bom é bandido morto”… Simplesmente porque a justiça não funciona nesse país. É claro que na teoria é lindo, todos merecem julgamento, mas pra que ?! Até ele ser condenado (SE for condenado) já matou e roubou mais um monte de gente. É utopia defender bandido achando que existe recuperação, aliás, essa definição de BANDIDO não é pra quem rouba galinha ou pão pra dar aos filhos, BANDIDO é traficante, estuprador e assassino, esses merecem sim a morte, porque a população ta cansada da incompetencia e inercia dos governantes, a população cansou de ser vitima dessa escória. A chacina é um caso à parte, onde morreram muitos inocentes. Porém a materia foi muito tendenciosa… Alias, alguem assiste isso ainda ?! Ta com pena do assassino estuprador ? Leva pra casa e espera ser vitima dele… Não gosta da policia ? Chama o BATMAN ! Esse é o Brasil, em situação desesperadora que pedem medidas desesperadoras. BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO !

  11. Thiago says:

    Tem muita gente falando bobagem na internet, mas se alguém fizer algum comentário ofensivo ou até criminoso na internet, cabe à justiça resolver, quando for o caso. Um programa de tv não tem nada que se meter nisso. O tal “hater” nem deveria ter pedido desculpa para esse repórter.

  12. Lucas says:

    Olha só, a caça aos haters da internet. Promovida pelo CQC!! hahaha Agora só podemos demonstrar opiniões que agradem o senso politicamente correto do “deus da moral” Lucas Salles. Cuidado com o que escrevem, eles estão a solta custe o que custar: para defender a liberdade de expressão somente daquilo que eles querem ler, é claro!
    Nem parece o mesmo programa no qual um dos apresentadores disse ao vivo que “comeria a mulher e o bebê”!

  13. bnê says:

    O babaca do cara teve que se retratar, nervosinho ele. Até pode bandido bom é bandido morto, mas morreram muitos inocentes. O babaca mostrou que ´bandido também ao atacar com força e não com as palavras.

  14. Joao Paulo says:

    O murro foi pouco. Vai atrás do cara pra tirar satisfação da opinião dele. Foda-se. olha o nível jornalistico desse programa. pqp

  15. parlandi says:

    so merda nos comentarios, credo.

  16. Paulo André says:

    o CQC foi bosta mesmo (minha opinião rs)… Como o Antônio falou, realmente no Brasil vivemos um momento em que BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO!!!

    Estão (generalizando os bandidos) matando por nada! Vão entrevistar os bandidos na cadeia pra saber porque tem matado sem motivos.

    E sim, li a constituição mais de uma única vez. E sim, pena de morte salvo em caso de guerra. E não estamos em guerra?

  17. Brasil says:

    O mais triste de tudo são os comentários deixados, é “engraçado” ver que existem pessoas que defendem o agressor. Esse é o tipo de cultura que o nosso País tem, o que é uma vergonha.

  18. André says:

    Não quero opinar sobre a historia dos bandidos e tals…. mas queria comentar uma coisa…. que soquinho de barbie hein?

  19. Leandro says:

    Cara… obviamente a reportagem foi forjada ne?
    Porque será que não mostraram os caras falando com os policiais?
    PARABÉNS AOS EDITORES DA MATÉRIA.

  20. Aleluia says:

    Não existe essa dualidade bem absoluto vs. mal absoluto.
    Homem de bem vs. bandido mau.
    Quando alguém se torna “bandido” que merece morrer?
    Reparem que essa é uma questão muito ligada a condição social do brasil. Será que na suécia e noruega esse maniqueísmo existe também??
    Pai de familia dirige bebado e correndo, mas se mata alguém no transito é acidente.
    Suborna guarda e tudo mais, paga para sumirem com os pontos da habilitação, rouba sinal de tv a cabo, sonega imposto, mas acha que tem direito de pedir para matarem vagabundos.
    Empresário frauda licitação, sonega tributos, corrompe a política, mas são modelos de sucesso. Sério, só abrir uma caras.
    Estranhamente bandido é, via de regra, o pobre negro marginalizado.
    Falo sem dúvida nenhuma: O Brasil ainda não superou a escravidão.

    • Bruno says:

      O sujeito lança mão da referência anedótica, ou seja, narra uma situação com a qual o público concordará ser errada para fingir que as pessoas em geral são criminosas e, portanto, hipócritas, ao clamarem a morte de bandidos. Ademais, põe em suspeição toda a classe empresária, responsável pelo emprego e renda da população, atribuindo, cinicamente, seu sucesso à prática de crimes.
      Claro que dizer “bandido bom é bandido morto” é um absurdo; mas a população ordeira e cumpridora da lei, que já não aguenta mais leis frouxas, impunidade, e níveis alarmantes de criminalidade, sem que possa se defender, pois o direito fundamental da legítima defesa foi roubado pelo governo, acaba falando esse tipo de bobagem porque está revoltada contra a situação tenebrosa em que se encontra.
      Como se não bastasse, “Aleluia” possui uma visão preconceituosa e doente das pessoas negras, e cospe na cara do negro honesto e trabalhador, ao associar a cor da sua pele à prática de crimes. A cara de pau é tamanha, que o sujeito ainda posa de defensor dos negros, após rotulá-los de delinquentes, e insinua que racistas são os outros.
      É tanta canalhice e falta de vergonha na cara que penso estar diante de um MAV.

      • Aleluia says:

        Blá blá blá. Só falou merda sr. Bruno.
        Canalhice e falta de vergonha na cara são atributos que você pode guardar para si. Esse ódio guarda para você, porque dele não brotará nada que preste.
        Só acho relevante te contar uma coisa. Quando “cuspi” na cara dos negros, citei tal fato por um FATO (não por um achismo como os que vieram aos montes na sua resposta). 73% da população carcerária brasileira é negra. `pode remoer-se de ódio, mas é isso.
        O brasil ainda não superou a escravidão. Os confinados na casa grande ainda pedem pela punição dos que estão na senzala.

        • Bruno says:

          Vejamos, em suma, como procedeu “Aleluia:
          1) usou uma história farsesca de condutas claramente criminosas para generalizá-las e rotular o cidadão cumpridor da lei de bandido e, por conseguinte hipócrita, quando demonstra sua revolta com o crime;
          2) atribuiu o sucesso de empresários à prática de crimes, para que o público tenha raiva dos geradores de emprego e renda da população, num fomento patético ao conflito de classes;
          3) carimbou na testa dos negros o selo de criminoso, ao tempo em que, sem o menor pudor, fingiu defendê-los e chamou, indiretamente, a população honesta e trabalhadora de racista. Note que ao sujeito é inconcebível a existência de negros honestos, pois na sua visão doentia de mundo, todos eles são marginais e incapazes de levarem uma vida íntegra.
          Num comentário só, acusa, na maior cara de pau, todo um povo de delinquente, hipócrita, inescrupuloso, oportunista, elitista, sádico e racista.
          Quando seus truques e cachorradas são desmascarados por uma pessoa justamente indignada, após ter sido aviltada de forma tão rasteira e gratuita, finge ser uma donzela perseguida, reclamando de “ódio”. Ou seja, instila ele o ódio e, quando respondido, se faz de coitadinho. É muito cinismo!
          Não obstante, insiste nessa demagogia vagabunda de “casa grande e senzala”, simulando de forma torpe, vil e repugnante que os presos estão encarcerados, não porque roubaram, sequestraram, estupraram e mataram, mas única e exclusivamente em decorrência da cor das suas peles.
          Lamentavelmente, o mundo está infestado de sociopatas dissimulados e racistas como este sujeito, que o tornam um lugar cada vez mais perigoso e triste de se viver.

          • Aleluia says:

            Será a ultima vez que responderei, pois é dificil conversar com analfabetos funcionais.
            Não disse que todos os empresários são corruptos, muito menos os negros. PELO AMOR DE DEUS. Você quer que eu desenhe?
            Vou colocar da maneira mais óbvia para que um animal como você entenda, o brasil e seus mais de 50 mil homicidios ocorrem não por uma luta entre pessoas boas contra as más, mas por causa da estrutura completa da sociedade, incluindo ai força politica, poder midiatico, impunidade, poder produtivo, desigualdade social…
            Culpar apenas o lado mais pobre e fraco é algo que não resolve, vide a histórica guerra social historica brasileira. É isso. Se insistir em não entender ou me chamar de bandido mau carater fique a vontade, a ignorancia é sua não minha… Aqui oh, recomendo:https://www.youtube.com/watch?v=kAU6n1kiMfg

  21. LOLO says:

    O cara tá errado em sustentar uma tese dessas, mas…

    Pq o repórter(?) do CQC num vai procurar um dos suspeitos da chacina pra entrevistar?

    A opinião de um internauta qualquer que escreve idiotices em momentos de estresse num tem muita validade.

  22. Titeles says:

    É bem simples: ninguém gosta de bandido, nem o pessoal dos direitos humanos e etc…

    Quem defende, é pq ainda não passou pela situação!
    Quem entende, é pq ja passou ou é esperto o suficiente para saber que é melhor enterrar um desconhecido do que um filho!
    Resumindo: Moramos no Brasil, vivemos com brasileiros!!!! Não tem volta!
    Ou é o bem ou é o mal alguém vai vencer…. eu prefiro o bem! Não temos tempo para cuidar das pessoas boas…pq iriamos cuidar das ruins?!? Matem o câncer antes que se espalhe!

    Quanto a matéria… por favor… que forçado!!!! Para com esse CQC e coloca Simpsons!

  23. Wagner Diniz says:

    Bem, por mais que todas as emissoras tentem colocar as pessoas que tentam fazer justiça com as próprias mãos como erradas, não está funcionando. A população de bem já está cansada desses direitos humanos para seres que não podem ser classificados como taís. Eu só não entendo como nos comentários não fazem referência aos desvios de verba do dinheiro público. Materiais que são roubados de escolas e hospitais, dinheiros desviados de obras, empresários corruptíveis / corruptores. Esses também devem ser mortos. As pessoas reclamam de assaltantes e traficantes, mas há muitos políticos, juízes, desembargadores… envolvidoscom tráfico de drogas, prostituição infantil, tráfico de órgão entre outras coisas. Tem que começar com o exemplo vindo de cima e não de baixo.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo