Publicidade

Publicidade
23/09/2015 - 14:31

Preso em Curitiba grava vídeo chocante sobre o uso de crack

Compartilhe: Twitter

preso_crack

Este sem dúvida é o depoimento mais chocante e reflexivo sobre drogas que você vai assistir hoje. Um sujeito foi preso em Curitiba e acabou falando um pouco da sua vida. Assista e divulgue. Como ele disse, “se uma pessoa sair do crack, já está valendo”.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

30 comentários para “Preso em Curitiba grava vídeo chocante sobre o uso de crack”

  1. Eu says:

    Q mentalidade mediocre. Eu fumo maconha, ja experimentei diversas outras drogas, inclusive crack mais de uma vez, e parei sempre que quis. Comecei com alcool e tabaco, em seguida experimentei cocaina, e depois maconha. Não tenho vicio em nenhuma droga, com exceção do açúcar. Oq prejudica é a fraqueza emocional da pessoa, é o entorno hostil em q vivemos, que acreditamos valer mais a pena estarmos anestesiados pra conseguir aguentar essa sociedade doente, doq lutar por uma vida mais digna.

  2. Geyson Monte says:

    Chocante!!! Depoimento estarrecedor. A imagem da destruição. Um belo gesto dele e seu ONEberto, em divulgar este vídeo. Talvez sirva de exemplo para outros. Abração!!!

  3. Dimitry says:

    Se esse cara for usuário de crack desde os 13 eu sou o Obama… Vídeo mais fake da porra. Esse cara deve ser funcionário da polícia aí kkkkk

  4. Anônimo says:

    Parece forjado. Um sujeito que usa crack desde os 12, 13 anos não pode ter todos os dentes na boca ou conseguir se expressar tão bem assim.
    Acho que foi uma ótima jogada contra a legalização da maconha.

  5. Parece forjado. Um sujeito que se diz usuário de crack desde os 12/13 anos não pode ter todos os dentes na boca ou conseguir se expressar tão bem. Se a maconha tem o efeito de “retardar” o sujeito mentalmente, imagina o crack?
    Acho que é só mais uma jogada contra a legalização da maconha.

  6. igor says:

    De fato é comovente o depoimento. Contudo, associar o uso de maconha com o uso de crack mostra o quão tendenciosa é a intromissão do policial no final do vídeo. Fumo maconha há mais de 15 anos. Já experimentei outras drogas e não sou dependente de nenhuma delas. Passo períodos sem fumar maconha e não sinto vontade de roubar ou matar quem quer seja. Nunca me senti impelido a usar crack, por pior q seja o baseado que eu tenha fumado. Não duvido do poder devastador do crack e dos problemas sociais que ele trás. Mas associar uma coisa a outra não enriquece a discussão e criminaliza quem não tem nada há ver com essa história.

    • Vinicius says:

      Você deve ser doente mesmo cara, achando que este vídeo foi tendencioso. Tu quer transformar esse país em mais merda ainda, né?

    • Ronaldo says:

      Apertar o gatilho na roleta russa também não mata em todos os casos, mas se a bala estiver na agulha não haverá outra chance.

    • Mothafucka says:

      Cara, tú é muito burro e alienado pra caralho. Como se a droga que tu compra do marginal é a coisa mais segura e pura do mundo. A gente vê só gente de bem vendendo droga né ? A droga mata não só quem usa mas pior mata quem não tem nada a ver com a porra !

  7. jose says:

    Merece o Oscar.

  8. Renato says:

    Fumo maconha desde os 16 anos, esporadicamente, passei algum tempo fumando regularmente também, sabe-se que o vicio da maconha é apenas psicológico e não físico, concordo que a companhia (pessoas) durante o uso da maconha seja o que te leva pra outras drogas e não a maconha, e é claro depende também de você. É fato histórico que a maconha foi proibida por motivos politico e sociais e não por motivos de saúde, se fosse assim porque ainda temos o cigarro? Sou a favor da legalização E REGULAMENTAÇÃO da maconha, caso isso não venha a ser possível, sou a favor da proibição de cigarros e bebidas alcoólicas que matam muito mais que qualquer outra droga!

  9. Doralice says:

    todo mundo sabe que o ser humano a partir dos 26 anos precisa de pelo menos um baseado e três doses por dia para viver até os 80 anos ou mais.

  10. Jaílton Casca Grossa says:

    Fumo crack desde os 05 anos de idade, quando virei adolescente comecei a cheirar pó. Hoje, com 61 anos, fumo crack, cheio cocaína e sou alcoólatra. Sou feliz, me sinto muito bem e inclusive, os melhores amigos que tenho são do círculo do crack. Minha saúde não poderia estar melhor, no auge dos meus 61 anos todos me chamam de Mumm-rá.

  11. eu mesmo says:

    Se uma pessoa parar de ouvir Green Day, tá valendo.

  12. Bruna says:

    Se o vídeo for verdadeiro, ele deve usar crack esporadicamente ou saiu de alguma clinica recentemente, porque a aparência dele não acusa ser de um viciado em crack.
    Fumei maconha na minha adolescência, depois comecei a usar esporadicamente, tinha amigos que eram viciados em cocaína e ecstasy (cheguei a encontrar traficantes na época e ir em favelas buscar drogas com esses amigos) e mesmo com a facilidade de acesso que eu tinha com esses tipos de drogas mais pesadas nunca experimentei … e hoje após alguns anos não sinto vontade de dar nem um “tapinha”
    MAS MESMO ASSIM EU NÃO ME ATREVO A DIZER QUE SÓ SE VICIA QUEM QUER, QUEM TEM MENTE FRACA OU COISA DO TIPO… Existem pessoas mais propensas a usar drogas e se viciarem, pode ser fatores psicológicos ou não. Já vi de perto a destruição que a droga pode fazer na vida de uma pessoa, então… O MELHOR A FAZER É INSTRUIR SEU FILHOS E/OU AS PESSOAS QUE VCS AMAM A NUNCA EXPERIMENTAR.

  13. Weed says:

    Fake, tenho um vizinho amigo de infência q é viciado em crack a anos, ele já teve vários surtos e não foi morto por pouco, porém ele não fica com os viciados probres, a mãe dele deixa ele fumar em casa, a aparencia dele é melhor do q qualquer cracudo na rua, mas nem de longe chega perto da aparencia deste cara. Muito fake e tendencioso o video

    • Guilherme says:

      MANO…q MÃE é essa que deixa o filho FUMAR CRACK em casa…..tão doente quanto o filho….
      De todas as coisas que ja li, essa foi a mais ridicula.

  14. José Antonio Silva says:

    Ondi possu incontra crack prái isprimenta?

  15. daniel macedo says:

    A galera não sabe muito sobre dependentes químicos. Bom eu sou dependente químico de cocaina e álcool a dez anos. Me internei pel primeira vez e espero que última a dois anos. Nesses 10 anos de uso eu fiz faculdade, trabalhei, mantive a vida. Nem todo viciado cai na cracolândia, não. Na verdade aqueles zumbis sujos que vocês veem na tv são os que tem a maior propensão ao vicio, são os 10% dos 10% que são geneticamente propensos ao vicio. A grande maioria dos adictos conseguem manter um mínimo de vida, pulando de uma crise a outra. Esse depoimento é verdadeiro isso eu posso ter absoluta certeza e tudo o que ele falou é a mais pura verdade. Drogas você pode usar e você pode ser uma pessoa que nunca vai se viciar, só que para saber que você não vai se viciar só se você usar. Vai arriscar? Aliás eu hoje vejo a garotada falando de maconha do mesmo modo que eu falava de maconha 10 anos atrás. Que era natural, que era uma maravilha, todos os estudos do mundo. Não droga nunca vale a pena o risco de você descobrir que tem a genética do adicto. Mas como sempre o jovem sempre acha que sabe tudo da vida então sei que tem muitos aqui que vão se lixar para o que eu e o rapaz disse ai. Daqui a 10 anos se tiver sorte vai lembrar.

  16. Guilherme says:

    Eu acho muito irônico alguem falar q COMEÇOU na maconha…..certeza q começou no ALCOOL….só fala da maconha pq é ilegal….
    Alcool é tão ruim quanto. É viciante, faz mal pra saúde, te deixa em outro estado. É ridiculo falar q comecou na maconha.

  17. Joaquim says:

    Então o cara fuma crack faz 10 anos e ta assim todo tranquilo, bonitão de boa…. Haaaaa inocência…. A polícia podia estar usando a inteligencia para algo melhor ne…

  18. Thales Machado says:

    Esse cara tem 99% de razão, droga nenhuma vai fazer bem, no momento que uma pessoa com consciência dos seus atos faz o uso de uma droga essa é uma das atitudes mais idiotas que alguém pode tomar. Açúcar, café, refrigerante, cocaína, tabaco, e um dos maiores vilões e o mais mascarado porque “ai álcool pode”, o Álcool. entre vários outros, as pessoas apenas precisam tirar o preconceito da cabeça e saber que Cannabis NÃO é uma droga, sim uma erva, a maconha vendida em todo o brasil tem a pior qualidade do mundo, o usuário, que desde o começo do uso não teve nenhum controle de qualidade, ou o simples fato de ele ter que escolher a maconha dele na mesma prateleira onde estão outras drogas mais pesadas, esse sim é o fator “porta de entrada”, se a Cannabis fosse legalizada, e regulamentada, as pessoas teriam a segurança pra comprarem o produto e plantariam o remédio que ela realmente é no quintal, e não ensinariam aos seus filhos pra ficarem longe dela.
    Sinceramente, com todo respeito, mas em pleno 2015, vocês com acesso a informação, acharem que maconha faz mal é uma ignorância sem tamanho.

    O que no Brasil ainda da cadeia, outros países estão desfrutando dos diversos benefícios que uma PLANTA, assim como essas no seu quintal pode trazer pra vida humana.
    Largue mão do preconceito, abre outra aba ai no navegador e faça 5min de pesquisa, vai ver a diferença que pode fazer

  19. Li says:

    Sociedade mais hipócrita! Onde já se viu argumentos tão sem fundamentos a respeito da aparência física do rapaz! Alguém aqui sabe distinguir o sangue do negro e de um branco? ambos vermelhos porem de cor de pele diferente! E uma pessoa soro positivo? Sim uma pessoa aidética é magra pele ossos? com a pele acinzentada e cabelos falhados? GENTEEEEEE FAÇA O FAVOR DE PARAR DE POR ROTULOS NAS PESSOAS E COMPREENDER O INTUITO DESSE RAPAZ!!!!!
    O nível social dele não o deixou chegar morar na rua e o fazer um cidadão abandonado em uma cracolândia qualquer, ele não precisou prostituir se, enfim a conclusão é NÃO USE DROGAS NÃO IMPORTA QUAL SEJA!!!! NAOOOOOOOOOOOOO USEEEEEEEE DROGASSSSS!!
    Que Deus abençoe a vida desse rapaz e dos demais que contribuíram para a divulgação desse material chocante porem corriqueiro em quase todas as famílias possuem um dependente sofrendo e envolvendo toda a família em situações as quais ninguém gostaria de encontrar se!!!
    Ao invés de julgar ore!!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo