Publicidade

Publicidade
16/12/2015 - 08:47

Conheça a versão baiana do Tropa de Elite

Compartilhe: Twitter

rondesp

Uma produtora independente da Bahia decidiu que deveria entrar com tudo no mundo do cinema. Foi aí que que resolveu criar sua versão do Tropa de Elite – o “Rondesp Tropa de Elite Bahia”, que mostra a ação da polícia de elite, que realmente existe no estado, só que com atores. Bom, veja o trailer e deixe sua opinião.

Autor: - Categoria(s): Cinema, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “Conheça a versão baiana do Tropa de Elite”

  1. pedro bernardo says:

    Não é qualquer policia no mundo que tem capacidade de enfrentar Ninjas, um ponto a mais para a policia Baiana!

  2. renato says:

    A intenção foi fazer uma comédia não foi?

  3. Jaílton Casca Grossa says:

    Nossa, deu até preguiça

  4. Gustavo says:

    Tem até a participação do David Brazil!!!

  5. óxenti says:

    Cine Trash

  6. NoizPá says:

    E na hora que gritar:

    “CADE O BAIANO!!!”

  7. NoizPá says:

    E na hora que for gritar:

    “CADE O BAIANO?!”

    O que sera que vai acontecer?

  8. Anselmo says:

    “Meu Rei” tem alguém atirando em nossa direção, vai me acertar, acertou!

  9. Guilherme says:

    O tiro comendo souto e o “bixim” de boa no celular (1:19) rs…
    A galera da Bahia é única mesmo rsrs… qual é a expectativa de vida do baiano, uns 170 anos?
    Abraços e o filme eu quero ver…

  10. Leo says:

    Não achei de todo mal não… Se pudessem investir um pouco mais, quem sabe.

  11. João C. says:

    1 – Os cara tem um Ninja! E é branco!!!
    2 – No trailer no 1:18 enquanto o pessoal ta metendo o sarrafo, reparem no meliante a esquerda que está falando no celular. Acho que esquecerem de dizer pra ele que tavam filmando e o cara foi ligar pra patroa pra ver o que tinha que levar do super depois do trampo.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo