Publicidade

Publicidade
01/03/2016 - 09:56

Jovem atira contra a própria cabeça e milagrosamente não morre

Compartilhe: Twitter

atirando_cabeca

Um sujeito teve a brilhante ideia de usar um revólver para disparar contra sua cabeça, obviamente acreditando que estava descarregado. O problema é que não estava!

Para sua sorte, a bala passou de raspão e ele só precisou tomar alguns poucos pontos. Nasceu novamente e o Darwin Award perdeu um participante.

LiveLeak-dot-com-547_1456796203-image_1456796581

LiveLeak-dot-com-547_1456796203-image_1456796586

Autor: - Categoria(s): Flagra, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

15 comentários para “Jovem atira contra a própria cabeça e milagrosamente não morre”

  1. Psycho says:

    Mané

  2. Felipe says:

    Dando uma olhada na cara dele pela foto logo dá para ver que não é uma pessoa normal.

  3. Daniel says:

    Pena que errou. Um idiota desses não é digno da vida.

  4. NEKOMATA says:

    JHENYO!

  5. Lauro says:

    Tem pessoas que necessitam urgente de um livro…

  6. charles says:

    Acho que ele queria cortar o cabelo de um jeito diferente

  7. Flutuante says:

    Vamos ver se com o tempo em que o buraco ficou aberto, arejou o cérebro e ele começou funcionar finalmente

  8. bigulim_duro_di_sujis says:

    deveria ter mirado no meio desta fuça,gastaram dinheiro à toa costurando este idiota.tenta de novo babaca

  9. Silvio says:

    Aguardando o Estatuto do Desarmamento aparecer!

  10. Valker says:

    Zé B.U.C.E.T.A…

  11. Alexandre says:

    Processo de seleção natural quase concluído, merece o Darwin Awards de prata.

  12. Cantarzo says:

    Droga, vai espalhar seus genes imbecis por ai!

  13. lucas says:

    porque que os caras filmam um negocio desses? ganhou uns pontos na cabeça e agora é capaz de ganhar um processo o burro

  14. renato says:

    otario

  15. Geyson Monte says:

    Tanta gente numa situação de penúria, tanta gente numa cama de hospital sem saber do amanhã. Essa alma sebosa devia encostar o cano no céu da boca e detonar. Não faria falta nenhuma.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo