Publicidade

Publicidade
21/03/2016 - 14:27

E assim nasce um ‘novo’ pneu

Compartilhe: Twitter

recauchutagem

Este vídeo é bem interessante. Ele mostra um pouco do processo de recauchutagem feito lá no México.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “E assim nasce um ‘novo’ pneu”

  1. Jonathan says:

    Esse processo deveria ser proibido, acredito que até seja…

  2. Edgar Marchetti says:

    Parece ser pneu aeronáutico, nesse caso o recondicionamento é legalizado e pode ser feito algumas vezes visando economia, já que uma unidade nova é muito cara.

  3. Robott says:

    Esse é o recauchutado ou o remold?

  4. Heleno says:

    Não é proibido, é até um bom negocio para quem quer economizar. https://www.youtube.com/watch?v=37ndDYJKt1E

  5. Alex Rodrigues says:

    Pode até ser um serviço “porco” que não trás segurança alguma e todo aquele bla bla bla

    mas eu tenho outra pergunta

    Lá no México as estradas são tão lixos como aqui no Brasil?

  6. Eduardo says:

    Acho que cabe um reparo. Essa é apenas UMA das etapas da reforma do pneu (chamada de cobertura). A reforma de pneus tem QUINZE processos. Da forma como está o vídeo, aparenta que um novo pneu nasce ‘apenas’ da colocação de uma banda de rodagem em cima do pneu velho, e isso não é verdade. Sei que não foi sua intenção, mas por desconhecimento desse negócio, muita gente acha que o processo é inseguro (é só ver os comentários) e não é verdade.

    O processo de reforma de pneus é legal, regulamentado pelo INMETRO e um pneu reformado é tão seguro quanto um pneu novo.

    Um pneu da linha pesada (de ônibus ou caminhão), se bem cuidado, pode ser reformado COM SEGURANÇA por até 3 ou 4 vezes, sua carcaça aguenta isso.

  7. Ronny says:

    Não é proibido mas não pode ser utilizado em eixo direcional. A vantagem é diminuir o lixo gerado por pneus velhos pela reutilização por mais vezes de uma mesma carcaça, a desvantagem é que essa capa pode se descolar como vemos seus restos espalhados nas estradas.

  8. Marcos says:

    Esse é o processo de recalchutagem ou recapagem. É uma tecnologia muito econômica e de boa qualidade. É utilizada em pneus de veículos de transporte e carga, é muito segura e amplamente utilizada por praticamente 90% da frota de caminhões que trafegam nas estradas brasileiras.

  9. Felipe Smith says:

    Pode ser um pneu “porco” mas é o ideal para rodar nas nossas estradas “porcas”

  10. Leo says:

    Já trabalhei com recapagem de pneus. É um processo legal e que possui um mercado muito amplo. Depois deste processo o pneu vai para a vulcanização onde a banda que foi colocada se junta ao corpo do pneu. Fica praticamente novo. Diversas empresas trabalham fornecendo essas bandas… Tipler, Bandag etc.

  11. Geyson Monte says:

    Eles descolam é pelo excesso de peso. Sabemos que nossas estradas estão destruídas porque caminhoneiros sempre colocam sobrecarga. Balança não existe mais por isso. Eu faço vista grossa e tudo bem.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo