Publicidade

Publicidade
15/07/2016 - 00:03

Mulher acusa homem de ter roubado celular e só depois percebe que ele estava em sua bolsa

Compartilhe: Twitter

roubo_celular

Este flagra ocorreu num trem em São Paulo. Uma mulher acusou um homem de ter roubado seu telefone celular e tomou a iniciativa de tomar o aparelho dele. Após muita discussão e indignação por parte do acusado, ela percebeu que o celular esteve o tempo todo dentro da sua bolsa.




O que dizer dessa mulher que mal conheço e ja tenho nojo?

Dezenas de pessoas no trem e ela acusa quem? Ja que ninguem disse nada eu decidi falar. Sem contar que isso é o pouco que vemos no dia dia.

Enfim, ela acusou ele de ter roubado o celular dela e AINDA PEGOU O CELULAR DELE e quando vai ver o celular não saiu da bolsa dela.
Tentei ficar na minha mas não deu mano ahsuahsuahs

Ninguém merece esse tipo de gente respirando mesmo ar que eu

Racista!

Publicado por Felipe Feitosa em Terça, 12 de julho de 2016

Autor: - Categoria(s): Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

18 comentários para “Mulher acusa homem de ter roubado celular e só depois percebe que ele estava em sua bolsa”

  1. BRP says:

    Que feio…ficou chato hein minha senhora ?

  2. Éder says:

    Nunca, mas NUNCA acusem uma pessoa sem provas.

    “Eu acho” não funciona. Essa senhora (muito babaca por sinal) achou que tinha sido roubada, pagou de otária, racista e ainda deu um vexame horrendo.

    É um pesadelo ser acusado injustamente, eu fiquei consternado com a situação do rapaz, que apesar de tudo, se mostrou aliviado depois da “solução”. Atitude digna de um cara da paz…

    É muito fácil jogar a culpa em outra pessoa. Ela por nenhum momento pensou que tinha perdido, foi fácil acusar uma outra pessoa de ter roubado. Digo mais, esse tipo de gente merece ser processada, pois só ganham consciência na marra.

    É isso, uma cena que nos deixa triste por tanta imbecilidade, ignorância, burrice e etc.

  3. Danilo says:

    Sorte que a população em volta ajudou o rapaz.
    Com certeza eu chamava a polícia e prestava queixa para um processo.

  4. Geyson Monte says:

    O termo certo para esta infeliz é: FARIOBACA!!! Se é que entendem o significado disso.

  5. willian says:

    me aconteceu algo parecido a muitos anos atras fui roubado dentro da sala de aula sei quem foi mais sem provas fiquei calado não fiz fervo , uma certa vez no ônibus uma senhora acusou um rapaz de enfiar o dedo no cu dela isso mesmo no cu dela kkkk cara o rapaz fico vermelho estava do lado dele a senhora estava de saia ,feia pra cacete ate chegar no cu feio dela demoraria horas kkkk resumindo galera queria espancar ele a e eu disse que a senhora estava mentindo que o rapaz mal chegou perto se não estou ali o rapaz apanharia de graça tem gente que não merece viver em sociedade .

  6. Tiago says:

    Alguém já enviou, isso para o Brasil urgente, para Datena colocar isso em rede nacional.

  7. Alessandro says:

    A acusação não é de racismo e sim denunciação caluniosa se ela tivesse feito a ocorrência policial, artigo 339 do código penal.

    • Bruno says:

      Ela pode responder por calúnia (art. 138 do Código Penal), e difamação (art. 139 do Código Penal). Como ainda não movimentou a via oficial, não responde por denunciação caluniosa não. Sobre a injúria racial (art. 140, §3º do Código Penal), não dá pra afirmar que foi esse o motivo que levou ela a acusar ele, apesar de aparentemente isso ter sido relevante para motivar a atitude dela.

  8. Romeo Pinto says:

    Este caso em particular conseguiram gravar.

    Imaginem quantos casos semelhantes não acontecem no dia a dia.
    E isto porque nós não somos racistas.

  9. Ynna says:

    Nossa, que constrangimento. O rapaz não merecia passar por essa. O pior são as pessoas do ônibus, tão racistas quanto a mulher, pois só defenderam o rapaz quando ela achou o celular. Eles deveriam ter interferido antes, auxiliando a resolver o ocorrido, mas brasileiro gosta mesmo é de baderna e zueira. Lamentável!

  10. Junior says:

    Não sei quem é mais babaca. A mulher, por ter acusado sem provas, ou os idiotas que ficam gritando “é racismo, mete um processo”. Acho que esses últimos são mesmo os piores. É mais fácil conviver em sociedade com quem te acusa e se engana do que os “justiceiros”.

  11. Artur says:

    A mulher se enganou, quem nunca fez isso, pagou mico, foi otária, mas teve a coragem de mostrar o celular depois de tudo, a maioria não teria essa coragem, ficaria come ele escondido e iria embora. Errou feio mas não fugiu do que fez, meus parabéns a ela.

  12. Como eu sempre digo: Se o cara fosse Branco isso não teria acontecido.

    A mulher é burra de mais. Powwww

  13. Igor says:

    Racista é o cara que filmava. Ela acusou o cara pq era a pessoal mais próxima. Tudo hoje em dia é racismo e homofobia. Até quando? Geração mimimi dos infernos.

    • Aleluia says:

      Eis aqui o comentarista branco de classe média/alta…

      • João says:

        Eis aqui, o Aleluia.
        “Pessoa” que não se expõe mas gosta de tecer comentários.
        Se diz defensor das classes “oprimidas” mas não move um dedo para ajudar aos necessitados. Hipócrita e sem noção.

  14. Jessé says:

    Acho que ela deu dessas pq ele é francês pelo sotaque né.
    ela é xilofóbica galeres foi isso!

  15. Tiago Celestino says:

    Só ñ entendo porque as pessoas dão risadas. Cara, a mulher é racista, comentou um crime e as pessoas dando risadas. Deveriam é não deixa-la sair do trem enquanto a policia a conduzia para a delegacia.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo