Publicidade

Publicidade
29/07/2016 - 09:06

Confira quais foram as referências usadas na criação de Stranger Things

Compartilhe: Twitter

stranged

Para quem teve interesse em saber quais referências foram usadas na criação de Stranger Things, este vídeo vai ajudar a entender. Mas cuidado, porque obviamente contém spoilers.




Autor: - Categoria(s): Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

2 comentários para “Confira quais foram as referências usadas na criação de Stranger Things”

  1. Wilson Silva disse:

    Eu não consigo entender o que as pessoas estão vendo de tão interessante nesse seriado… Bobo pra cacete…

    • joao victor disse:

      Nostalgia é um termo que descreve uma sensação de saudade idealizada, e às vezes irreal, por momentos vividos no passado associada com um desejo sentimental de regresso impulsionado por lembranças de momentos felizes e antigas relações sociais. A palavra vem do grego νόστος (nóstos – “reencontro”) e ἄλγος (álgos – “dor, sofrimento”). A nostalgia já foi considerada uma condição médica no início da Era Moderna por ser associada com a melancolia, além de ser importante na literatura como um frequente tropo no Romantismo.[1]

      A nostalgia é diferente da saudade, pois a última (saudade) é direcionada a um alvo ou momento específico, e até pode ser superada pela presença ou repetição, já a nostalgia não pode ser superada no campo físico pois diz respeito somente a uma visão idealizada de passado que cada um possui.

      Por isso temos até mesmo videos de pessoas postando referencias antigas sobre esse seriado, uma das coisas que mais me chamou atenção nele foram as chamadas bem elaboradas para cada cena, os cortes, efeitos e a historia que lembra um pouco de “limbo” o jogo mais recente, e eu gosto de Syfy então foi uma boa pedida.

      Mas depende de cada um para entender essa interpretação de se posicionar como uma lembrança ou um gosto mesmo para poder assistir, você provável que não gostou de algo, mas não quer dizer que seja ‘bobo’ já que não se trata de uma pessoa para se usar o substantivo.

      Mas com certeza você deve ter visto todos os episódios para concluir que no ápice da serie tudo é “bobo”.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo