Publicidade

Publicidade
09/11/2016 - 08:31

Fotógrafo amador recria fotos antigas com as mesmas pessoas décadas depois

Compartilhe: Twitter

fotos_novas_01

O paramédico Chris Porsz, que nas horas vagas é fotógrafo, foi atrás de várias pessoas que tirou fotos aleatórias na década de 70 e 80. A iniciativa tinha como objetivo registrar como elas estão hoje e o resultado é muito legal.

fotos_novas_02

fotos_novas_03




fotos_novas_04

fotos_novas_05




fotos_novas_06

fotos_novas_07

fotos_novas_08

fotos_novas_09




fotos_novas_10

fotos_novas_11

fotos_novas_12

fotos_novas_13

fotos_novas_14




fotos_novas_15

fotos_novas_16

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , , ,

Ver todas as notas

7 comentários para “Fotógrafo amador recria fotos antigas com as mesmas pessoas décadas depois”

  1. jaca says:

    Boa One!!

  2. Juliana says:

    Parabéns pelo post, como sempre muito bom!!!!

  3. 1911 says:

    Tem gente q não cresce, passa a vida toda na adolescência.

  4. Marcelo Mourão says:

    Engraçado é que as comparações 1 e 5 seguiram caminhos inversos!

    @Oneberto, sugestão: Colocar legenda ou numeração nas imagens para facilitar a conversa nos comentários!

  5. bnê says:

    Não é que passam a vida toda na adolescência, ou não se entregam ao padrão que nos é imposto, como disseram em dois comentários acima. Acontece que, conforme você vai envelhecendo, a cabeça não acompanha o que acontece com corpo. Na mente a gente nunca se sente velho, como acontece com o corpo. Tenho 63 anos, meu corpo até dá para o gasto, embora meio cansado, já meu cérebro não se acha assim, não me sinto velho. O mesmo acontece com meu pai com 87 anos, disse ele.

  6. Geyson Monte says:

    Gostei muito desta ideia, mas a que me chamou a atenção foi a do rapaz da muleta. Ele ficou velho mas não deixou o bom humor de lado. Assim como o punk com a mesma camisa. Muito bom o resultado ONEberto!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo