Publicidade

Publicidade
16/12/2016 - 00:03

O que você verá é de doer os olhos: Lamborghini sendo destruída

Compartilhe: Twitter

destruindo_lambo

O que você verá é de doer os olhos. As autoridades japonesas destruíram uma Lamborghini Murcielago que vale alguns milhões de dólares. Motivo: a justiça definiu que o carro foi importado ilegalmente. Apesar da defesa, o proprietário teve que ver seu veículo ser completamente destruído.




Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video, Wowww Tags: , , ,

Ver todas as notas

10 comentários para “O que você verá é de doer os olhos: Lamborghini sendo destruída”

  1. jogras says:

    Zé, pede o cara do naointendo para arrumar seu link no site dele, tá mandando para uma pagina que não existe no ig

  2. Geyson Monte says:

    Como se o governo japonês fosse o mais certo e honesto do mundo. Escândalos explodem a todo momento lá.

  3. Alex Rodrigues says:

    Doer os olhos que nada… eu queria ser o motorista do trator
    kkkkkkkkk

  4. Ericson says:

    Ola Humberto, esse video não e no japao , eh chinês, a não ser que o veiculo foi enviado para uma desmanche chinês.

  5. Claudio Ueda says:

    Nao e no Japao!!!Parece ser em Taiwan ,pela resposta de um comentario que fiz no youtube!!!Pelo jeito quem postou o video tambem se confudiu!!!Nao falem que e dificil diferenciar japones,chines e asiaticos em geral!!!Eh como se um japones visse um video de Buenos Aires e falasse que eh Sao Paulo ou vice-versa!!!

  6. claudio says:

    Nao eh no Japao!!!!Eh em Taiwan!!!!

  7. aha says:

    Desulpe ae mas isso ae eh na china!
    Nao traduza simplesmente o que ta escrito procure a fonte.
    No japao o bens apreendidos vao pra leilao
    Sorry

  8. Victor says:

    Alguns milhões de dólares? Calma! A substituta da Murcielago, a Aventador, zero km custa menos de 500 mil dolares nos eua.

  9. edu says:

    Se quiser eu empresto o meu Chevette 85 pra ele kkkkkk

  10. sheilo jailson says:

    era mais fácil por num processador de carros, 10 seg e o carro vira farelo

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo