Publicidade

Publicidade
19/06/2017 - 00:04

Passageiro de avião filma momento em que avião faz pouso forçado em rio de Roraima

Compartilhe: Twitter

acidente-aviao

Um acidente de avião ocorrido semana passada foi registrado em vídeo por um dos passageiros. O monomotor da Paramazônia Táxi Aéreo apresentou pane elétrica e o piloto, Elcides Rodrigues Pereira, de 64 anos, foi obrigado a fazer um pouso forçado no rio Catrimani, na Terra Indígena Yanomami, em Roraima. A bordo da aeronave, além do piloto, estava o auxiliar de enfermagem Ednilson Cardoso, de 28 anos, que conseguiu se salvar do acidente. Ele contou que uma equipe de resgate da própria empresa aérea foi ajudá-los, mas infelizmente Elcides não conseguiu se salvar. Seu corpo foi achado pelo Corpo de Bombeiros três dias depois do acidente. Veja o vídeo.




Autor: - Categoria(s): Flagra, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

7 comentários para “Passageiro de avião filma momento em que avião faz pouso forçado em rio de Roraima”

  1. André disse:

    Meu amigo, que vídeo tenso!
    A calma e tranquilidade do piloto me surpreendeu, e infelizmente ele não sobreviveu. Que Deus o tenha.
    O rapaz que sobreviveu ainda teve de enfrentar um rio que sabe Deus que peixes têm ali, uma mata fechada, até ser localizado.
    Enfim, acidente tenso!

  2. PAULO disse:

    Paulada

  3. The Crow disse:

    …GRANDISSIMO PILOTO!!!
    Vale ressaltar que ambos sobreviveram a queda, infelizmente o amigo Elcides caiu da corda no momento que era içado por um helicóptero caindo na água, vindo a ser encontrado 3 dias depois.
    Foi realmente azar e despreparo de quem foi fazer o resgate.

    • Irwing Silva disse:

      Nossa, então os dois sobreviveram e ele morreu no resgate?

      Realmente uma pena, o piloto mostrou muita perícia e sangue frio para realizar uma manobra de tamanha complexidade e perigo.

  4. Estreety fait disse:

    Os caras sabem mesmo como aterrissar sem gasolina, se tivesse enchido o tanque até o talo não estaria passando por esses motivos

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo