Publicidade

Publicidade
13/12/2017 - 00:03

Jovem que injetou óleo nos braços foi internado para drenar substância

Compartilhe: Twitter

Synthol
Vocês lembram que há algumas semanas postei algumas fotos de um rapaz russo que havia injetado alguns vários mililitros de óleo nos braços? Pois bem, Kirill Tereshin, que foi destaque em alguns programas de TV, teve que ser internado para drenar todo o líquido que causou uma infecção que podia levá-lo à morte.

 
 

 





 
 
 
bracos-oleo-01

bracos-oleo-02

 
 

 





 
 
 

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “Jovem que injetou óleo nos braços foi internado para drenar substância”

  1. Ernesto says:

    Mais um estúpido! Imagine a dor que esse imbecil sentiu!

  2. Charles Oliveira says:

    Deu ruim. É importante mostrar para que, aqueles que pensam em usar deste procedimento tirem isso da cabeça.

  3. Cyrus says:

    Mas é muito imbecil mesmo… só quem injeta essas porcarias nos braços acha que fica fodão… Ficou um deformado quando aplicou e agora vai ficar um pior depois de tirar… otario

  4. Edson says:

    Que delicia em?

  5. luiz says:

    cara tem um chassi de frango e colocou um braço de cavalo….
    ele nao precisa de criticas, precisa de um tratamento mental

  6. Patrícia says:

    Ele já desmentiu tais fotos no instagram dele.

  7. Geime ouver says:

    Músculos Legítimos

  8. Leo Garzedim says:

    Tem mais é que o que? Isso! Tem mais é que se foder.

    E quanto à “Arlindo Anomalia” (mental) que apareceu em um monte de programas de TV ? Já se fodeu também?

  9. Renan says:

    Esse tratamento é pra Cancer! Como pegar Cancer: Coloque oleo nos braços. Seja Feliz!

  10. TOTAL ALIEN says:

    ESSE PATÉTICO RUSSO TEM QUE SER INTERNADO, PARA UM TRANSPLANTE DE CEREBRO, POIS O ATUAL É INÚTIL E INOPERANTE !
    NESSA SEQUENCIA LOGO MAIS ESTARÁ MORTO !

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo