Publicidade

Publicidade
02/02/2018 - 00:04

Fotos interessantes e as histórias por trás delas (Parte 118)

Compartilhe: Twitter

Confira outra sequência de fotos interessantes e suas histórias.

lado-04

O esqueleto de uma tartaruga

lado-01

Esta é uma foto que a NASA tirou de um ônibus espacial saindo da nossa atmosfera

 
 
 
lado-02

O interior de um violão

 
 
 

lado-03

Tijolos sendo colocados numa rua na Holanda

 
 
 





 

lado-05

O lado oposto de uma planta

 
 
 

lado-06

O outro lado de um teatro

 
 
 

lado-07

Vasos sanguíneos de uma mão

 
 
 

lado-08

Como parece um navio moderno sem água ao redor

 
 
 

lado-09

Baleia azul

 
 





 

lado-10

Um embrião humano precoce na ponta de uma agulha

 
 
 

lado-11

Este é o topo do Everest

 
 
 

lado-12

Scanner tomografia computadorizada sem a cobertura

 
 
 

lado-13

Globo ocular após transplante de córnea

 
 
 

lado-14

É assim que instalam grandes torres de linhas de energia elétrica

 
 





 

lado-15

Uma bateria de 9 volts nada mais é do que 6 pilhas AAA juntas

 
 
 

lado-16

O interior de uma bola de boliche

 
 
 

lado-17

É assim que geralmente ficam as pernas de um ciclista depois do Tour de France

 
 
 

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , ,

Ver todas as notas

23 comentários para “Fotos interessantes e as histórias por trás delas (Parte 118)”

  1. caca disse:

    simplesmente magnifico!

  2. Ernesto disse:

    Bela postagem, Imagens incríveis!

  3. Luiz disse:

    Valeu cara. Fiz transplante de córnea a 10 anos e é a primeira vez que eu vejo esta foto.

  4. Elve Cardoso Pontes disse:

    Sobre o olho, o correto é como a íris fica após o transplante de córnea. Já que a parte tranplantada é a que cobre a íris

  5. Apenas Alexandre disse:

    O topo do Everest parece bem poluído!
    Conheci uma mulher que passou por um transplante de córnea e um dos pontos estourou. Ela passou por maus bocados.

  6. Cesar Silva disse:

    Fantastica seleção!

  7. DMG disse:

    A dos trabalhadores na Holanda mostra como a tecnologia favorece a produtividade e economia de recursos. Poucas pessoas calçam uma rua em pouco tempo enquanto aqui no BR 10 trabalham, 4 olham e em uma semana se tem um pedaço de uma rua.

  8. Leitor disse:

    Frequento o teu site faz um tempão.

    As fotos são realmente interessantes
    e tenho até algumas delas salvas.

    Seria ainda mais legal se você descrevesse
    “as histórias por trás delas”, como o título diz,
    em pequenos comentários, no lugar de, por exemplo,
    “Baleia Azul”, que ficou meio sem explicação.
    Fica a dica :)

  9. Rodrigo Selis disse:

    Não é uma tartaruga, é um jabuti.

  10. Pablo disse:

    Nao comento nunca. Mas nao aguentei.. Sensacional esse blog

  11. Cher disse:

    Essa edição foi sensasional!

  12. Veejay disse:

    Well done One!

  13. Bob Ramos disse:

    Fabuloso…

  14. Renato Araujo disse:

    Porque você não publica meu comentário, man? Aquilo é o interior de um violão e não de uma guitarra.

  15. Vinicius disse:

    A bateria 9v é composta por 6 pilhas AAAA (4)

    • Jônatas Cartaxo disse:

      Isso não é verdade, apenas em baterias falsificadas. Em baterias originais há um único núcleo.

  16. Josiel disse:

    planta vitória régia,
    teatro: teatro amazonas

  17. Wili Caolho disse:

    esses cara ta q ta ein, só nóia e fofoquero

  18. diego disse:

    O lado oposto de uma planta: Vitória-Régia

    Como parece um navio moderno sem água ao redor: Novo Destroyer americano stealth (invisível ao radar) classe Sumwalt

  19. Flavio Amaral Torres de Santos Ney disse:

    Por que vcs não abre um blog e faz do jeito q vcs querem, oh bando de intrometido e palpitero sô, vai lava a calçada seus desocupado

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo