Publicidade

Publicidade
30/07/2019 - 09:38

Esta foto é preto e branco, mas seu cérebro faz você enxergar colorida; entenda

Compartilhe: Twitter


Se você não notou, essa imagem está em preto e branco, mas possivelmente você deve ter visto colorida, não? Isso é possível porque o artista digital Øyvind Kolås adicionou linhas tracejadas coloridas nas fotos e seu cérebro, automaticamente, se encarregou de processá-las com cores. Se você observar bem, perceberá que todas possuem tons de cinza e o que realmente varia são as tais linhas.


Um usuário do Twitter chamado Leonel Page explicou o que acontece: “Esta é uma fotografia preto e branco, apenas as linhas têm cor. Aquilo que você vê é aquilo que o seu cérebro prevê, tendo em conta a informação imperfeita que recebe”.

 
 






E até mesmo quando ele colocou pontos o efeito foi o mesmo.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , ,

Ver todas as notas

9 comentários para “Esta foto é preto e branco, mas seu cérebro faz você enxergar colorida; entenda”

  1. Rodrigo says:

    Se tem cor nas linhas e as linhas estao nas fotos, entao as fotos sao coloridas.

  2. Pedro says:

    Só funcionou direito pra mim nas 2 fotos com as linhas horizontais (ou um pouco inclinadas) nas outras, só as roupas ficaram coloridas e na última não funcionou.

  3. Bruno says:

    Viu criar bolo para diabéticos sem açúcar, mas vou colocar pitadas de açúcar para enganar o cérebro deles e pensarem que é doce.

  4. Acompanhantes goiania says:

    Essas fotos são muito legais e dão uma impressão muito legal

  5. Michel says:

    Não sei não…

  6. Panda says:

    Podia ter pintando meus desenhos assim na escola ia ecomizar canetinha e poupar tempo.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo