Publicidade

Publicidade
23/08/2019 - 00:01

Produtos que muita gente não precisa, mas gostaria de ter

Compartilhe: Twitter


Você certamente já deve ter comprando alguma coisa que não precisava, só porque achou legal – por impulso. Saiba que você não é o único e que realmente existem produtos fabricados com a intenção de seduzir sua vontade de comprar. Veja alguns exemplos.

 
 





 
 





Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “Produtos que muita gente não precisa, mas gostaria de ter”

  1. Júnior says:

    Alguém me explica o que é aquilo embaixo da sandália? É um abridor de lata?

  2. Vô Maza says:

    O chuveiro não é muito ecológico. Deve gastar 3, 4 vezes a quantidade de água de um chuveiro convencional.

  3. Gisele Franzoi says:

    Essa bicicleta com o carrinho de bebê adaptado é a coisa mais legal que eu vi nos últimos tempos!!

  4. Italo says:

    Alguém pode traduzir as lentes nos carrinhos de compra e imagem, que parece ser a sola de um tênis, abaixo do suporte de gato?

    • Priscila says:

      As lentes nos carrinhos possivelmente são para ajudar a ler as informações na embalagem, como por exemplo a data de vencimento.
      No solado do tênis é um abridor de garrafas.

      • Mevio says:

        Na verdade o que está embaixo do calçado é um abridor de garrafa, um produto inclusive que já foi vendido por um período aqui no brasil e se encontrava em qualquer loja que vendia reef, conheço várias pessoas que tinham e estranhamente usavam.

    • Samuel says:

      a leite é uma lupa, mesmo, pro pessoal mais velho que não consegue ler as letras miúdas

  5. Jaqueline says:

    O limpador de janelas e o marcador de livros com o dedo apontando a linha onde parou a leitura achei bem úteis…

  6. Carla says:

    Eu queria ter um chuveiro desses.

  7. Ueritom says:

    Que interessante!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo