Publicidade

Publicidade
30/09/2019 - 00:03

Cada pixel dessas fotos mostram quantos animais de cada espécie ainda estão vivos; veja

Compartilhe: Twitter


Uma campanha encabeçada pela World Wildlife Fund (WWF) mostrou para nós o que significa a extinção de várias espécies usando as próprias fotos deles como parâmetro comparativo. Os pixels de cada imagem condizem com a quantidade de animais de cada espécies vivos no nosso planeta. Veja.

Cão selvagem africano – restam entre 3.000 e 5.500

 
 

Leopardo-de-amur – restaram cerca de 60

 
 

Tigre-de-amur – cerca de 450

 
 

Elefante asiático – entre 40.000 e 50.000

 
 

Tigre de bengala – cerca de 2500

 
 

Doninha-de-patas-pretas – cerca de 300

 
 





Rinoceronte negro – cerca de 5.000

 
 

Baleia Azul – entre 10.000 e 25.000

 
 

Bonobo – entre 10.000 e 50.000

 
 

Orangotango de Bornéu – entre 45.000 e 69.000

 
 

Elefante-pigmeu-de-bornéu – cerca de 1500

 
 

Chimpanzé – entre 172.700 e 299.700

 
 





Gorila da planície oriental – cerca de 17.000

 
 

Baleia-comum – entre 50.000 e 90.000

 
 

Pinguim de Galápagos – cerca de 2000

 
 

Panda gigante- cerca de 1864

 
 

Tartaruga verde – entre 3.000 e 5.500

 
 

Golfinho-de-hector – cerca de 7.000

 
 

Elefante indiano – emtre 20.000 e 25.000

 
 

Tigre da Indochina – entre 600 e 650

 
 

Golfinho do rio Indus – cerca de 1.100

 
 

Rinoceronte-de-java – cerca de 60

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , ,

Ver todas as notas

29 comentários para “Cada pixel dessas fotos mostram quantos animais de cada espécie ainda estão vivos; veja”

  1. diego says:

    Ai eu te pergunto, esses animais tão fazendo falta aonde? Tão fazendo falta pra quem? Seleção natural que chama né…

  2. Andre says:

    diego, seleção natural? Espécies aí extintas puramente pela ação humana, e tu vem me falar de seleção natural? Ignorância…

    • diego says:

      Tão fazendo falta na sua vida? Pq na minha, ta seguindo normal.

    • diego says:

      Primeiro resultado do google sobre animais já extintos:

      Tartaruga gigante de Galápagos
      Rinoceronte negro do oeste africano
      Limpa-folha-do-Nordeste
      Foca-monge-do-caribe
      Golfinho-do-rio-chinês
      Caburé-de-Pernambuco
      Ararinha-azul
      Ibex-dos-Pirineus
      Maçarico-esquimó
      Tigre-de-Java
      Tubarão-lagarto
      Mutum-do-Nordeste
      Rato-candango
      Tilacino
      Bandicoot-pés-porco
      Perereca-de-santo-andré
      Pombo-passageiro
      Tigre-do-Cáspio
      Lobo-de-Honshu
      Quagga
      Raposa-das-Falkland
      Cabra montesa
      Norfolk Kaka
      Leão-do-Cabo
      Rato-de-Fernando-de-Noronha
      Mamute
      Tigre-de-dente-de-sabre
      Arctodus
      Unicórnio-da-Sibéria
      Dinossauro

      E ai, tão fazendo falta esses aqui?

  3. Pedro says:

    KKKKKKKKKKKKKK ESSE DIEGO MANO, não é possível que exista gente tão burra

    • Fernando says:

      Em breve a seleção natural cuidará dele.

      • diego says:

        Pelo menos não preciso desejar a morte de nenhum ser humano. Uma discussão se ganha com argumentos, não com ofensas. Mas até agora, adivinha o que mais eu recebi???

  4. Marcos Vieira says:

    Acredito que quem não está fazendo falta aqui é o Diego. Mesmo assim não acho que ele deveria deixar de existir.
    Mas pensando bem…

    • diego says:

      É isso ai, estamos no aguardo.

      Mas até agora ninguém foi capaz de responder, qual a falta que esses animais ai fazem no mundo, qual o impacto ambiental a extinção dessas espécies trará para o mundo.

  5. Mulambo says:

    ñ entendi foi nada

  6. sheilo jailson says:

    realmente é inegável que a ação do homem tem afetado diretamente a extinção de muitas espécies, mas pior que isso é a extinção em ritmo acelerado dos insetos q está 8x mais rápida que de outras espécies (lembrando q eles são a única fonte de alimentação de muitos répteis, aves e anfíbios), sem eles geraria um colapso em todo ecossistema do planeta. e sem contar que o número de pragas aumentaria assustadoramente. Se não acredita, tem um artigo aqui e em vários outros sites: https://super.abril.com.br/ciencia/queda-no-numero-de-insetos-ameaca-causar-colapso-na-natureza/

    • diego says:

      Com vc eu concordo, vamos usar um exemplo bem prático: Se as abelhas forem extintas, muitas plantas, flores, frutos, deixam de se reproduzir, ou o pessoal ai puto comigo vai pegar um pincelzinho e fazer a polinização das plantas???

  7. Jaime says:

    Esse Diego nunca vai ser extinto, pois burro tem muito ainda.

  8. Pablo says:

    Ué Diego, vc tbm não faz falta e diferença, aliás, a extinção de pessoas como vc seria mais benéfica à sociedade rsrs

  9. Julio says:

    Boa Diegão! A verdade dói! kkk

    • diego says:

      Devido a quantidade de ofensas e desejos da minha morte, não sou capaz de entender se esse comentário é irônico ou verdadeiro.

  10. Dico says:

    Se o Diego morrer não vai me fazer falta!

    • diego says:

      Por favor, se eu morrer, quero ser cremado, pois o impacto ambiental é menor. Carbono é menos prejudicial do que necrochorume poluindo o lençol freático.

  11. João says:

    Poxa Diego, deixa a turma da lacração em paz. Não existe argumentos para refutar verdades.

  12. Mauricio says:

    Caracoles Mano…o pior, o mais triste, é ver que esse Diego não é um desses ignorantes semi analfabetos que pululam em qualquer seção de comentários. O cara escreve corretamente, sabe formular suas frases, expressa-se bem, apesar de exigir argumentos mas não fornecer nenhum que corrobore sua opinião sincrética. Isso é assustador, pois vivemos em um tempo onde o povo colocou um debilóide mal acabado na presidência do país, um tempo em que essas ideias egocêntricas e reacionárias tentam ser justificáveis e aceitáveis. Esse pobre (de espírito) rapaz deveria usar sua boa cultura e educação para tentar aprender um pouco mais sobre empatia…

  13. diego says:

    No momento, vamos ignorar qual o motivo para tais animais estarem em processo de extinção, seja por ação do homem, caça predatória, seleção natural, desastres naturais, não interessa o por quê. Por que estão sendo extintos não é o ponto do meu questionamento. Só quero saber, qual o impacto na vida das pessoas quando os ursos panda desaparecerem da face da terra? Esses e outros animais, estão fazendo alguma falta na sua vida?

  14. Giácomo Borges says:

    Diego.
    Apenas para esquentar o debate, e com todo respeito à sua opinião, as vezes animais que achamos que não vão nos fazer falta podem nos ser extremamente úteis.
    Uma grande gama de medicamentos que temos hoje e que ajudam a salvar vidas tem origem em outros seres que sequer imaginamos.
    Da saliva de algumas variedades de sangue sugas são produzidos alguns dos melhores anticoagulantes, o quimioterápico Adriamicina só existe porque auguem lá na Itália resolveu estudar alguns micro-organismos que existiam na terra perto do laboratório e descobriu que eles produziam uma substância capaz de matar células tumorais.
    De repente a enzima capaz de curar algumas das doenças que nos afligem hoje poderia ser fabricada no organismo de alguns dos animais da lista de extintos que você colocou, mas nunca saberemos…

    • diego says:

      Finalmente, alguém que não desejou minha morte e acrescentou algo ao debate.

      Com base na sua informação, só me veio uma coisa na cabeça: com a crescente onda de veganismo, tais substancias extraídas dos seres vivos deixarão de ser usadas. E algumas vezes, para poder estudar esses compostos, animais precisarão morrer em laboratórios.
      Mas é só não avisar os veganos ecochatos que por mim, tudo bem. Podem continuar os estudos.

      Eu só acho,que a extinção das espécies é inevitável. imagina se todos os animais criados por Deus ou pelo Big Bang (não sei em qual vc acredita), ainda circulassem pela terra, o planeta já não comporta 7 bilhões de pessoas, imagina somar ainda mais seres vivos.

      Certas coisas são inevitáveis, o mais forte sobrevive, até o dia que algo mais forte que ele apareça pra mais um estágio de extinção.

  15. Giácomo Borges says:

    * no comentário acima leia-se aLguém no lugar de auguém… rs,rs,rs…

  16. Gustavo says:

    Não é o caso de que falta faz ou que beneficio teremos com eles. O ponto é que direito temos em exterminar com as espécies. O caso é que superpovoamos o planeta e somos a atual praga.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo