Publicidade

Publicidade
30/09/2019 - 09:30

Os carros mais feios já comercializados

Compartilhe: Twitter

Fiat Multipla

Qualquer carro começa sua vida com um esboço e, mais tarde, se transforma num protótipo. Se tudo estiver ok e o projeto for aprovado, ele vai para a linha de produção. Mas parece que alguns deles pularam algumas etapas e se tornaram verdadeiros monstros automobilísticos. Confira alguns deles.

Dodge A100 Pickup

 
 

Nissan S-Cargo

 
 

Bond Bug

 
 

Reliant Robin

 
 

 





Nissan Cube

 
 


Corbin Sparrow

 
 

AMC Pacer

 
 

Talbot-Matra Rancho

 
 

Sebring Vanguard CitiCar

 
 

Lightburn Zeta

 
 

Suzuki X-90

 
 
 





Citroën Ami 6

 
 

Aston Martin Lagonda Shooting-Brake

 
 

Lightburn Zeta Sports

 
 

Marcos Mantis

 
 

Bufori Geneva

 
 

Mitsuoka Orochi

 
 

Plymouth Prowler

 
 

Volkswagen 181

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , ,

Ver todas as notas

7 comentários para “Os carros mais feios já comercializados”

  1. Mulambo says:

    Reliant Robin, tem um parecido na série do Mr. Bean q direto se lasca.

  2. Danilo Ferreira says:

    Certeza que a nova geração da Ducato foi inspirada neste Fiat Multipla…

  3. Ferdinand King says:

    Tem muito aí que eu até acho bacana e compraria com toda certeza! O Talbot-Matra Rancho achei bem bacana, perfeito pra cair na estrada como um motorhome. O Mitsuoka Orochi é um carrão mesmo e o Plymouth Prowler parece bem divertido. Mas gosto não se discute mesmo… talvez as outras pessoas iriam rir da minha cara se eu tivesse um desses, kkkkkk

  4. Pablo says:

    Eu tinha um super-trunfo com carros excêntricos, tenho quase certeza que tinha alguns desses aí. Hahahahaha
    Bateu uma nostalgia pesada aqui…

  5. roberta says:

    Sempre que eu vejo um Reliant Robin, me lembro desse episódio do programa Top Gear:
    https://www.youtube.com/watch?v=QQh56geU0X8

  6. Eros says:

    Faltou o carro do Walter White de Breaking Bad… Azteca.

  7. Leonardo Passos says:

    e o carro do ovo?

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo