Publicidade

Publicidade

11/05/2009 - 00:01

Inglês ‘dá a luz’ ao irmão gêmeo depois de 30 anos

Compartilhe: Twitter

Quem lembra daquela cena de Alien, em que um alienígena rompe o peito do personagem de John Hurt? Foi o que mais ou menos aconteceu com um inglês, segundo classificou o diário The Sun.

Tudo começou quando Gavin Hyatt, um bombeiro de 30 anos, começou a sentir fortes dores na região abdominal e sangramento no seu umbigo. “Quatro médicos analisaram meu caso e todos ficaram intrigados com o caroço que eu carregava”.

Após uma rápida avaliação, os médicos imaginaram se tratar apenas de um cisto, mas nem poderiam imaginar a causa de tantas dores. Hyatt carregava seu irmão gêmeo no abdome. Isso mesmo – o rapaz trazia um gêmeo parasita de 4 cm que morreu no ventre da sua mãe ainda no início da gravidez e que permaneceu durante 30 anos nos seus tecidos.

Seu médico, Dr. Joe Santos, declarou ao The Sun que este é um caso extremamente raro, que normalmente ocorre na Ásia e ilustrou: “Foi como uma cena de Alien. Eu não acreditava em Gavin, quando ele dizia que algo estava saindo do seu umbigo, até que eu vi”.

Como uma forma de garantir a veracidade da história, Hyatt resolveu guardar o pequeno gêmeo num frasco.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Curiosidade, impressionante Tags: , , ,
04/12/2008 - 00:54

Menina de 1 ano está grávida

Compartilhe: Twitter

Sim, também achei a notícia esquisita quando a recebi do freguês Marcel, de Porto Alegre. De acordo com o site Timeturk, a mãe da menina estava inicialmente grávida de gêmeos, mas os médicos disseram que os fetos desenvolveram-se anormalmente, causando uma rara condição conhecida como ‘fetus in fetu’.

Em termos médicos, os bebês deveriam ter nascido no mesmo momento, porém, neste caso o feto cresceu dentro da barriga da irmã, colocando o caso como “único do mundo”, disse o jornal.

Para você ter uma idéia, o ‘fetus in feto’ é tão raro que só ocorre 1 caso em 500.000 nascimentos. É praticamente impossível. Curiosamente, esta não é a situação mais incomum, pois nesse momento os sauditas discutem se a retirada do feto pode ser considerado assassinato.

Em 2006, um indiano de 36 anos foi submetido a uma cirurgia, quando teve seu irmão gêmeo retirado. Os médicos inicialmente diagnosticaram o homem com um tumor gástrico, mas logo descobriram se tratar de um dos 90 casos da história de ‘fetus in fetu’.

Veja mais notícias e posts no Buteco da Net

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Curiosidade, impressionante Tags: , , ,
Voltar ao topo