10 mistérios que ainda permanecem sem explicação

10. Efeito Placebo

O efeito placebo dá-se quando uma pessoa é tratada com alguma substância inerte ou inativa, a que se atribui certas propriedades (como as de cura de uma doença) e que, ingerida, pode produzir um efeito que suas propriedades não possuem. Quando um placebo é tomado, (principalmente com os conselhos de outras pessoas) faz com que a pessoa obtenha melhora, simplesmente porque ela estava esperando ou acreditava que iria funcionar. Algo semelhante, chamado efeito nocebo, ocorre quando o paciente pode, ao tomar uma substância inócua, sentir os mesmos efeitos colaterais que um remédio causaria.

Por que estes fenômenos ocorrem é um misterioso e eles são apenas uma das muitas coisas complexas relacionadas com o cérebro.

9. Panspermia

Como é que a vida na Terra começou? A ciência sugere que a vida começou quando o planeta tornou-se favorável para habitação. Uma outra hipótese é levantada pela panspermia, que sugere que “as sementes de vida” existem em todos os lugares, ao redor do universo, e que a vida na Terra começou quando estas “sementes” vieram parar aqui, provavelmente por um meteoro, e que, estas mesmas sementes foram levadas para outros locais habitáveis do universo. Algo semelhante a esta hipótese é a exogenese. Ela sugere que a vida foi trazida à terra há milhares de milhões de anos atrás, no entanto, ela não afirma que foi levada para outros lugares habitável.

No passado se acreditava que a vida na Terra teria começado a partir de uma matéria não viva, esse processo tem o nome de abiogênese, Stanley Milller e Harold Urey químicos da década de 50, conseguiram criar aminoácidos e outras moléculas importantes para a vida a partir de compostos simples que existiam na terra primitiva. Porém alguns cientistas acreditavam na possibilidade de a vida ter vindo de outros planetas.

Embora alguns sejam cépticos quanto à forma ao surgimento da vida, existe uma forte evidência de que certas formas de vida, como células e alguns tipos de bactéria podem existir realmente no espaço, talvez em um estado de dormência.

8. Extinção em massa

Desde a morte dos dinossauros, com o desaparecimento das criaturas, teorias sobre extinção em massa existem até hoje. Em alguns momentos, a causa parece evidente. Estamos destruindo a biosfera e a atmosfera, e os cientistas prevêem que nos próximos 100 anos, 50% de todas as espécies vivas deverão estar extintas. Mas, a verdadeira razão não é clara. Ela pode ter ocorrido devido à concorrência de outras espécies, dramáticas alterações climáticas, ou o impacto de um asteróide ou meteoro (este último sendo mais popular). Durante a extinção dos dinossauros, jacarés e tartarugas já existiam, mas eles sobreviveram, até os dias de hoje, enquanto que os dinossauros, os répteis marinhos e outros morreram. Por este e outros motivos, a extinção dos dinossauros é um mistério. Outras teorias populares incluem: – inundação, chuva de asteróides e aquecimento global.
7. Zumbis no Haiti

A prática de vodu no Haiti há muito tem sido considerada como um grande mal, e a base desta consideração, é que o vodu é usado para criar zumbis. Não os zumbis que conhecemos de Hollywood, mas zumbis, como seres humanos sub-conscientes, que fazem tudo o que é pedido.

Wade Davis, um biólogo canadense, descobriu uma série de informações sobre o assunto. Aparentemente, os zumbis tiveram origem na África, quando substâncias ou venenos eram injetados no sangue da vítima. Davis sinaliza fatos importantes. A zumbificação não é comum, é utilizada como uma espécie de punição severa, provavelmente para os que quebraram as sagradas leis do vodu.

6. Intuição

Se você não viu, como é que você sabe? Isso é intuição. Às vezes chamado de um sexto sentido, intuição é a capacidade de adquirir conhecimentos, sem uma clara fonte. Várias pessoas afirmam que, em determinados momentos, tem a sensação de que alguém está observando-as, e elas olham ao redor para descobrir. Alguns policiais conseguem olhar para os suspeitos de um crime e de alguma forma, perceber quem é o culpado, e depois descobrem que ele tinham razão.

Embora algumas pessoas afirmem que estas coisas são todas coincidências, outros acreditam que o cérebro humano tem uma habilidade especial para obter o conhecimento em torno deles, sem conciência. É um outro mistério da mente humana.

5. 2012

O que torna este ano tão especial? A antiga civilização Maya, da América Central, criou um calendário especial que marca eventos especiais. Segundo ele, é previsível que o fim do ciclo de vida humana ocorrerá em 21 de Dezembro de 2012, no solstício de inverno. Os Mayas eram bons em matemática e astrologia, previram um eclipse com precisão, que ocorreu centenas de anos depois. Por este motivo, algumas pessoas acreditam que eles tem razão sobre o fim do mundo. Outra coisa que deixa os cientistas intrigados, é que existem fenômenos previstos para acontecer no ano de 2012. Hoje, sabe-se atraves de instrumentos tecnologicamente avancados, que o centro da nossa galaxia contem um imenso buraco negro. Os maias criaram um simbolo o “Hunab Ku” que representa um buraco negro no centro da nossa galaxia, como eles obteram esta informacao ninguém sabe até hoje. Eles acreditavam que o nosso mundo passou por ciclos de morte e renascimento. Além disso, o calendário indiano, o Kali Yuga, termina aproximadamente na mesma hora. Coincidência?
4. Exoplanetas

Um exoplaneta (ou planeta extra-solar) é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol e, desta forma, pertence a um sistema planetário distinto do nosso.

Existem 277 exoplanetas registrados até hoje. No entanto, a maioria indicou sempre condições inóspitas à existência de vida tal como é concebida em nosso planeta. Os planetas detectados até agora são, em sua maioria, do tamanho ou maior do que Júpiter, e giram na maioria das vezes em órbitas muito próximas da estrela mãe.

3. Linhas de Nazca

Gravadas na terra sobre a Planície de Nazca, no Peru, as Linhas de Nazca são símbolos gigantes, perfeitamente desenhados. Alguns tem centenas de metros. Parecem que foram feitas pelas mãos de algum gigante, há dois mil anos atrás, e curiosamente, só podem ser visto a partir do ar.

Os pesquisadores afirmam que, quem os fez, provavelmente utilizou um balão de ar quente ou asas para voar e ver o seu trabalho. Os símbolos são parecidos com animais e plantas. Contudo, alguns são longas faixas de terra sem qualquer significado aparente. Um escritor chamado Erich Von Daniken acreditava que estas eram pistas de desembarque para naves espaciais alienígenas. Maria Reiche, uma astrônoma, diz que estas linhas podem ter sido utilizadas como uma agenda, ou uma maneira de mantê-los à par das estrelas e planetas. Há um desenho de um macaco, que tem uma cauda enrolada, semelhante à linha orbital do nosso sistema solar. Existem ainda algumas teorias confusas que sugerem que haviam gigantes, há 2000 anos atrás.

2. Estruturas megalíticas

Stonehenge é um monumento megalítico da Idade do Bronze, localizado próximo a Amesbury, no condado de Wiltshire, a cerca de 13 quilômetros a Noroeste de Salisbury, na Inglaterra.

Existem diversas lendas e mitos acerca da sua construção, atribuída a diversos povos: Egípcios, Fenícios, Gregos, Celtas, Romanos, Saxões, Dinamarqueses, Atlantes, Aliens e ao mago Merlin.

Uma das opiniões mais populares foi a de John Aubrey. No século XVII, antes do desenvolvimento de métodos de datamento arqueológico e da metodologia da pesquisa histórica, foi quem primeiro ligou este monumento, e outras estruturas megalíticas na Europa, aos antigos Druidas. Esta idéia, e uma coleção de falsas noções relacionadas, difundiram-se na cultura popular do século XVII, mantendo-se até aos dias atuais.

Ao analisar as pedras utilizadas, percebe-se que foram minuciosamente cortadas para que uma se encaixasse sobre a outra, formando os chamados trilitos. Embora já estejam bastante apagadas devido à ação do tempo, diversas pedras trazem desenhos ou inscrições rupestres feitas pelas antigas civilizações.

1. Criação do Universo

O universo é grande e desconhecido, possivelmente, o maior mistério é como ele foi criado. Os cientistas sugerem que houve uma enorme explosão há bilhões de anos atrás, chamado “The Big Bang”. Essa teoria é a mais aceita, e os cientistas estão procurando por trilhas de energia deixadas para trás à partir da explosão colossal que criou um trilhão de estrelas.

Ainda não existe uma prova concreta, mas a criação do universo é algo muito grande para acontecer de maneira simples. De um lado, os religiosos afirmam que Deus criou o universo, de outro, os cientistas dizem que houve uma grande explosão, e que existe energia do bang movendo-se no universo, por esse motivo, tentam localizar o epicentro. O debate está longe de terminar. Religião versus Ciência é provavelmente o maior conflito no mundo.

Listverse

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!