Um cara é chamado de Nerd e dirige 2 mil Km só para agredir quem o “insultou”


O nerd, Russel Tavares

Russell Tavares, um nerd integrante da marinha americana ficou tão furioso depois de ser chamado de ‘nerd’ em uma sala de chat na Internet que dirigiu mais de 2 mil quilômetros para dar uma lição no cara que o ‘agrediu’. O cara saiu do Estado da Virgínia e foi até o Texas, postando fotos online durante toda a viagem, para mostrar para seus amiguinhos online que falava sério, exatamente como um nerd faria.

Não bastando, o Tavares chegou ao trailer onde John Anderson – o cara que tachou-o de nerd – morava e botou fogo. O nerd simplesmente ateou fogo na casa do outro. Anderson usava o nick Johnny Darkness, enquanto Tavares usava o muito nerd PyroDice.


Anderson e sua casa destruída após o ataque

De acordo com a polícia, Anderson não simplesmente chamou o maluco de nerd, mas ele também photoshopou uma imagem de Tavares para que parecesse um magrelo de galocha que segurava uma pistola e um laptop. O senhor Darkness ainda escreveu embaixo da figura ‘Revenge of the Nerds’ – em referência ao filme que fala dos companheiros do nerd.

Tavares conseguiu o nome verdadeiro e o endereço de Anderson através de um site que ele mantinha. Os policiais também disseram que o nerd planejava apontar uma arma para o computador de Darkness e dar um tiro.

Bem, no final das contas, Tavares pegou sete anos de cadeia e foi expulso da marinha – onde havia recebido diversas medalhas. Acabou com sua vida porque foi chamado de nerd.

Já a outra classe de nerds – os do tipo não pejorativo, como nós geeks – simplesmente baixam a cabeça e fazem um sinal negativo para toda essa história.

VIA

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!