22 Curiosidades sobre filmes que você provavelmente nunca notou

Se você é amante de cinema, vai curtir muito este post. Nele, você acompanha 22 detalhes surpreendentes de filmes que você provavelmente nunca notou.

Depois que Steven Spielberg convidou John Williams para compor a partitura de “A Lista de Schindler”, ele precisou tomar um ar do lado de fora por alguns minutos. Ao retornar, Williams respondeu que o filme precisava de um compositor melhor que ele. Spielberg então respondeu: “Eu sei, mas todos estão mortos”.

Em “Dia de Folga com Wallace e Gromit” (1989), os criadores fizeram Wallace dizer “Wensleydale” porque fazia seu rosto parecer mais legal e aparecia os dentes. Eles não imaginavam que a fábrica onde o queijo Wenskeydale é fabricado estava prestes a fechar as portas. O sucesso do filme trouxe com que ela se recuperasse no mercado.

Em “Hércules” (1997), Hades fala “Pessoal, pessoal, calma. É só metade do tempo”, exatamente na marca dos 46 minutos, ponto intermediário do filme de 92 minutos.

Em “Titanic” (1997), o casal mostrado na cama juntos, tendo aceitado seu destino é Isidor e Ida Straus, eles eram proprietários da Macy’s. Isidor se recusou a ocupar um lugar no bote para dar prioridade a mulheres e crianças. Ao ver sua reação, Ida disse que não deixaria o marido sozinho e que se fosse preciso morreria ao seu lado. Os dois foram vistos andando pela última vez de braços dados em direção à cobertura do navio.

Em “Duro de Matar” (1988), a expressão de desespero de Alan Rickman ao cair era completamente real. A equipe de dublês o instruiu para cair após contarem até 3, mas o soltaram no 1.

Este visual da ambulância em “Coringa” (2019) não lhe parece familiar?

Em “Up” (2009), Dug é o único cão a conseguir rastrear com sucesso o pássaro tropical, porque é o único cão de caça (Golden Retriever) do grupo. Todos os outros são cães de guarda.

Em “Thor: O Mundo Sombrio” (2013), um conflito na agenda de Natalie Portman não permitiu que ela refizesse a cena final do beijo. Chris Hemsworth desprezou uma lista de mulheres apresentada pela produção e escolheu sua esposa, que usava as roupas e a peruca de Portman para o beijo final.

No início de “Coringa” (2019), há um rosto bastante familiar no espelho. Notou?

Em “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban”, o Professor Lupin dorme durante a maior parte da viagem de trem para Hogwarts, a data é 1º de setembro de 1993. Realmente, havia lua cheia na noite anterior; ele estava exausto porque havia se transformado durante este período.

Em “Os Incríveis 2”, a pintura no quarto de Hotel onde Helen está é uma representação de sua separação da família.

Uma criança de 7 anos, por acaso, descobriu essa semalhança entre “Up” (2009) e “Carros 2” (2011).

Em “Coringa”, todos os relógios do filme marcam 11:11. Os fãs têm várias teorias sobre isso. Uma delas diz que o relógio não se move porque tudo está acontecendo na cabeça de Arthur.

Em “Homem-Formiga” (2015), o ator Garret Morris fez uma breve participação em uma das cenas. Morris foi a primeira pessoa a interpretar o Homem-Formiga na TV, em 1979.

Em “It, a Coisa”, Pennywise secretamente assistiu suas vítimas durante todo o filme. Às vezes, ele aparecia nos lugares mais inesperados. Curiosamente, nem os próprios personagens perceberam isso.

Em “Lilo & Stitch” (2002), foi usado exclusivamente o secular fundo em aquarela. A Disney resolveu fazer isso porque teve algumas falhas financeiras e pediu que os cineastas usassem seus próprios dispositivos, no estúdio da Flórida, contribuindo para um custo final de 80 milhões de dólares, metade do que foi gasto em “Monstros SA”, que usou animação em 3D. Os únicos filmes em aquarela são Dumbo e Branca de Neve.

Em “Show de Truman”, vemos Truman tomando doses altas de vitamina D no café da manhã. Isso é para neutralizar a deficiência de sol que o mundo em que ele habita possui.

Em “Guerra nas Estrelas” (1977), todas as cenas amplas de Luke voando em seu Speeder foram alcançadas colocando um espelho embaixo de um veículo sobre rodas.

Em “Avatar” (2009), a sala dos imperialistas tem a forma de uma bandeira americana.

Na cena de abertura de Wall-E (2008), existem turbinas eólicas e usinas nucleares construídas em cima de lixeiras para sugerir que a humanidade não aceitou energia limpa até que fosse tarde demais.

Este é o anel gigante usado em “Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel” (2001).

Em “ET”, Steven Spielberg decidiu filmar em ordem cronológica para ajudar os atores mirins a expressarem um pouco mais de emoção durante as última cenas, já que realmente seria a última vez que todos estariam reunidos naquele trabalho.

Crédito

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!