Homem que recusou tratamento para tumor, em virtude de sua religião, receberá tratamento inovador

Jose Mestre, que durante décadas recusou todas as cirurgia possíveis em seu rosto desfigurado, em virtude da sua opção religiosa (ele é Testemunha de Jeová), teve suas esperanças reavivadas por um médico britânico através de inovadoras técnicas médicas.


Jose Mestre, na época com 14 anos – início do tumor (à esquerda), e hoje (direita).

Relutante em aceitar transfusão sanguínea, Jose Mestre, que tem 51 anos, aprendeu a sobreviver com um tumor, que nasceu em seu lábio ainda na adolescência e hoje ocupa quase a totalidade de seu rosto. Veja vídeo.

O tumor atualmente tem quase 1m de comprimento e pesa cerca de 12 kg. O tumor já deixou Jose cego de um olho e transforma suas refeições em um verdadeiro calvário. Como ela já começa a bloquear suas vias aéreas, os médicos temem por sua vida.

Segundo o site Telegraph, um grupo britânico de cirurgiões faciais, propôs tratar Jose, utilizando uma técnica revolucionária, que usará ondas ultrasonicas para coagular seu sangue antes da cirurgia.

Esta técnica deve permitir que o tumor seja removido sem risco de uma forte hemorragia – preservando sua doutrina religiosa, que proíbe transfusões sanguíneas, o único fator que tem dificultado a sua busca por tratamento. Veja vídeo.


Os irmãos de Jose Mestre não compartilham suas crenças religiosas

O Dr. Hutchison, diretor do “Saving Faces”, está muito otimista: “Creio que podemos retirar uma grande parte das lesões – cerca de 80 por cento”, disse ele. Veja vídeo.

– “The Man with No Face” (O Homem sem Face), um documentário sobre o caso, está sendo exibido no Discovery Channel.

– “Saving Faces” é o único programa no Reino Unido exclusivamente dedicado à redução mundial de doenças e lesões faciais.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!