Menina de 8 anos é uma das mais jovens divorciadas do mundo

Uma decisão do tribunal do Iêmen causou grande polêmica. Uma menina de 8 anos conseguiu o divórcio do marido, de 30 anos.

Casamentos de crianças são comuns no Iêmen e infelizmente não existe nenhuma legislação vigente que proíba esta prática. Segundo dados de uma universidade do país, esse tipo de casamento é motivado pela miséria e pobreza que a maioria das família das áreas rurais passam. Conceber o casamento a uma filha menor de idade pode render algum dinheiro.


Nayud no tribunal com sua advogada

Nayud Mohamad Naser afirma que abandonou a casa do marido há aproximadamente uma semana em função dos maus-tratos a que era submetida. Segundo seu relato, assim que conseguiu fugir, ela procurou ajuda no tribunal. Nayud contou ao juiz que sofria muito. Era constantemente agredida, maltratada, e obrigada a manter relações com o marido.

“Sempre tentava fugir, mas ele me perseguia, me pegava e fazia comigo o que desejava sem que eu entendesse ao certo o que estava acontecendo”. Nayud afirmou também que mesmo quando estava brincando, o marido a agredia e a trancava no quarto.


O homem da direita é seu pai, Mohammed Ali Al-Ahdal. À esquerda o marido de Nayud, Faez Ali Thameur

Segundo o Yemen Times, no veredito, o juiz não só autorizou o divórcio, mas também decretou a prisão do pai da garota e do marido.
Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!